Prefeito Zé Aílton Brasil presta apoio às famílias atingidas pela enchente do Canal do Rio Granjeiro

Por Agência News Cariri

Desde quando o canal do Rio Granjeiro transbordou na noite da ontem,18 de março, o prefeito José Ailton Brasil (PP), acompanha de perto o  trabalho de limpeza das ruas, bem como tem prestado toda assistência às famílias atingidas pela enchente.

Entre as medidas previstas pela municipalidade está o pagamento de um aluguel social para as famílias que perderam suas casas.

De acordo com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, as famílias já foram retiradas do local e foram levadas para as novas residências através do aluguel pago pelo município.

Elas serão acompanhadas pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social e serão  inclusas no programa de moradia popular Minha Casa, Minha Vida ( São Bento I e II), que está sendo construído em Crato.

O prefeito municipal José Ailton não tem medido esforços desde a madrugada, inclusive solicitou que a equipe de limpeza fosse duplicada para evitar transtornos a população.

Parte de via de obra de duplicação cede no Porto das Dunas

Parte da via que faz parte da duplicação da CE-025, no sentindo Porto das Dunas-Fortaleza, próximo a segunda rotatória da rodovia, cedeu nesta segunda-feira (18), formando uma enorme cratera no local. O acidente aconteceu durante a chuva forte que atingiu a região.

O local passa por obras que foram retomadas pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER) em fevereiro deste ano e prevê a duplicação de aproximadamente 7 quilômetros da CE-025, no trecho Rótula Cofeco – Entroncamento Avenida Oceano Atlântico.

De acordo com o funcionário público aposentado, Manuel Djacir Braga, quem transita diariamente pela região, não há sinalização separando o local das obras de duplicação, que fica no acostamento, da pista antiga da CE-025.

Ainda conforme ele, como a iluminação no local não é boa e falta sinalização, o motorista não tem como visualizar a parte da pista que está em obra, “nem os buracos e a enorme parte do asfalto que cedeu”.

Segundo o Departamento Estadual de Rodovias (DER) a empresa responsável pelas obras de duplicação da CE-025 foi acionada para que as devidas providências sejam tomadas.

Fonte : G1.com

Católicos celebram Dia de São José em Sergipe

Nesta terça-feira (19) os católicos celebram o Dia de São José. E de acordo com a Arquidiocese de Aracaju celebrações especiais serão realizadas na capital e em municípios do interior do estado.

Confira a programação:

Bairro São José, em Aracaju

12h30 – Missa solene presidida pelo arcebispo emérito, Dom José Palmeira Lessa

16h – Recitação do Terço de Nossa Senhora

18h – Missa solene presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom João José Costa

19h – Procissão pelas ruas do bairro

20h – Bênção do Santíssimo Sacramento

Pinhão

19h – Missa solene presidida pelo padre Marcos Rogério

Malhador

16h – Procissão e bênção do Santíssimo

Conjunto João Alves – Nossa Senhora do Socorro

19h30 – Procissão pelas ruas do bairro, seguida de missa solene presidida pelo padre Adilson do Patrocínio.

Fonte: G1.com

Parte do teto de estrutura da Uespi de Picos cai e atinge micro-ônibus

Parte de uma estrutura da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) no campus Professor Barros Araújo, localizado em Picos, cedeu na noite de domingo (17). O fato foi constatado quando alunos chegaram para a manifestação sobre a greve na segunda-feira (19) e encontraram a estrutura caída.

Segundo a aluna Renata Celestino, o teto cedeu em cima de um microônibus, mas não deixou nenhum ferido. A reitoria da Uespi informou ao G1 que está apurando as possíveis causas do ocorrido e trabalhando na manutenção do teto.

Confira a nota na íntegra

A Administração Superior da Universidade Estadual do Piauí, em relação ao desabamento do teto de uma parte da estrutura do prédio do campus Professor Barros Araújo, em Picos, esclarece que a estrutura que desabou não integra o projeto arquitetônico do prédio. A construção foi realizada sem conhecimento prévio e autorização da reitoria da instituição.

Comunica ainda que a direção do campus está apurando as possíveis causas do ocorrido, ao tempo em que segue trabalhando na manutenção e reparos.

Fonte: G1.com

Homem perde controle de sua moto e cai no canal do Rio Granjeiro em Crato

Por Agência News Cariri

Um acidente foi registrado por volta das 11:00 h dessa terça feira (19). Um motociclista identificado como “Téo” vinha descendo o bairro Lameiro, em Crato, para sua residência conduzindo sua motocicleta Honda CG fan, de placa NUR-6307.

Segundo informações ele tentou atravessar uma passagem muito estreita nas margens do  canal, mas por conta da intensidade da água e da forte chuva a passagem diminuiu muito o jovem insistiu em fazer a travessia mas acabou deslizando e caindo dentro do canal do Rio Granjeiro, em um abismo de aproximadamente 15 a 20 metros.

Nossa equipe de reportagem do site News Cariri esteve no local acompanhando todo o socorro da vítima. Uma equipe do SAMU e do corpo de bombeiros foi acionada depois de muito trabalho conseguiram fazer o socorro da vítima que foi levado ao hospital São Camilo, em Crato.

A moto ficou parcialmente destruída e o jovem teve várias escoriações pelo corpo. Na noite de ontem um caso parecido aconteceu: um jovem tentou fazer a travessia por uma passagem molhada com seu cavalo, mas acabou sendo arrastado pela correnteza. Uma equipe dos bombeiros fizeram o socorro da vítima que não teve a mesma sorte do motocicleta e morreu no local.

Mostramos tudo para você, acompanhe o nosso portal

Desde da noite de ontem duas equipes do portal News Cariri está acompanhando de perto toda força tarefa que está ajudando na limpeza da cidade e o mostrando de perto todos os prejuízos acusados pela chuva no centro do Crato

Homem é preso em Fernando de Noronha por importunação sexual

Um homem, de 35 anos, foi preso em flagrante de Fernando Noronha, acusado de praticar importunação sexual contra uma jovem de 19 anos. Os dois são moradores da ilha. Segundo denúncia feita na delegacia, o homem perseguiu a mulher e cometeu o crime na segunda-feira (18), às margens da rodovia BR-363, região da Vila da Vacaria.

“Ele passou a mão nos seios da moça. A jovem se encaminhava para o trabalho, no raiar do dia, por volta de 5h30. Tudo indica que o acusado já aguardava por ela, não é o horário desse homem passar naquele lugar. O acusado puxou a mulher pelos cabelos e passou a mão nos seios dela, quando a moça se assustou e correu”, conta o delegado Rodrigo Maciel.

O delegado informa também que o ato se enquadra no crime de importunação sexual. “O caso se enquadra no artigo 215 do código penal, é um artigo novo, entrou em vigor no final de 2018 para salvaguardar mulheres que são importunidades sexualmente na rua”, explica.

Rodrigo Maciel explica ainda que a pena pelo crime varia de um a cinco anos de reclusão e não cabe fiança em delegacia. Por conta disso, o acusado foi transferido, nesta terça-feira (19), da ilha para o Recife, onde passa por uma audiência de custódia. Caberá ao juiz avaliar se o acusado permanece preso.

Fonte: G1.com

Engenheiros da ANA vão escoar 50% do volume da barragem Granjeiros para evitar rompimento, no interior do Ceará

As equipes que trabalham para conter o risco de rompimento da barragem Granjeiros,localizada entre Ubajara e Ibiapina, interior do Ceará, vão abrir um novo sangradouro construído na estrutura para escoar 50% do volume do reservatório nesta terça-feira (19), às 10h. Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), que coordena o trabalho, o processo será gradativo e a vazão “controlada” para evitar grandes impactos.

Desde o último sábado (16), cerca de 513 famílias que vivem no entorno do Rio Jaburu, nas proximidades da barragem, estão sendo retiradas do local em caráter preventivo, após alerta da Prefeitura de Ubajara sobre risco de rompimento da estrutura. São cerca de 3 mil pessoas. Parte delas buscou abrigo em casas de parentes, outra foi transferida para o Santuário da Mãe Rainha, no Bairro São Sebastião. Lá, as famílias recebem assistência da prefeitura e de voluntários.

A barragem é de origem privada, pertencendo à Agroserra Companhia Agroindustrial Serra da Ibiapaba. O proprietário da empresa, Avelino Forte, informou que “faz a manutenção regular e que não foi notificado sobre a falta de laudo que comprove a segurança do açude”.

A ANA informou que vem autuando a Agroserra desde 2017, devido as condições de abandono do local. A Agência embargou a represa até que todas as providências para garantir a segurança da barragem sejam tomadas.

‘Soltura progressiva’

Segundo o engenheiro de barragem da ANA que coordena as ações no local, Rogério Menescal, as águas vão ser escoadas gradativamente nesta terça e não vão atingir as propriedades da região. “Essa solução encontrada é pra fazer de forma bem controlada, pra que não haja nenhum impacto. Encontramos um local com boa resistência do solo pra justamente fazer uma soltura de forma progressiva”, afirmou.

Já o prefeito de Ubajara, Renê Vasconcelos, considera que a vazão pode causar alguns transtornos à comunidade, e acredita que será o “dia mais crítico”.

“Como o volume que vai sair é grande, é justamente nesse momento que a gente precisa que as pessoas estejam fora de suas casas. A gente só vai abrir o vertedouro auxiliar em definitivo quando tiver certeza que todas as pessoas da área de risco estejam evacuadas”, preveniu.

A retirada das famílias que vivem no entorno da barragem ainda está ocorrendo, uma vez que algumas pessoas apresentaram resistência para sair de suas casas, mesmo com o alerta oficial. Vasconcelos também afirmou que, se necessário, alguns podem ser retirados com ajuda de forças policiais.

“A ANA pegou um mapa atualizado das comunidades e o nível de risco. Algumas têm que ser evacuadas imediatamente e obrigatoriamente. Outras, têm equipes de plantão de sobreaviso. O mapa direciona o trabalho da Defesa Civil, voluntários e da prefeitura, pra saber quais comunidades precisam ser evacuadas e conduzidas, até contra sua vontade, e quais não precisam, mas precisa de uma equipe de transporte, assistente sociais e psicólogos prontos pra fazer, caso seja necessário. A gente tá fazendo por meio de protocolo legal”, justificou.

Fonte: G1.com

Clínica de bronzeamento de fita não suspendeu atendimentos após denúncias de queimaduras, diz delegada

Mais uma mulher denunciou a clínica de estética Divas Bronze, em Itabuna, no sul da Bahia, após queimaduras depois de uma sessão de bronzeamento natural, conhecimento como bronzeamento de fita. Com isso, subiu para 11 o número de mulheres que prestaram queixa na delegacia contra o estabelecimento.

Sobe para dez o número de denúncias de mulheres contra clínica após queimaduras durante bronzeamento com fitas na BA

Vítima de queimadura durante bronzeamento natural com fitas na BA fala sobre constrangimento: ‘Agressão física sem assistência’

A 11ª vítima, que não quis se identificar, foi até a delegacia na segunda-feira (18). Ela não quis gravar entrevista, mas disse que procurou a clínica Divas Bronze no final de fevereiro.

A delegada Ivete Albano, que é responsável pela investigação, disse que continua tomando depoimentos e que ainda essa semana deve ouvir também a responsável pelo bronzeamento que terminou em queimaduras.

Ela disse que o que vem chamando a atenção até o momento é que houve uma falta de cuidado da clínica, que não suspendeu os atendimentos mesmo depois dos primeiros relatos de que clientes tinham passado mal após o bronzeamento.

“No início, quando ela acha que não vai provocar nenhum dano ao corpo da vítima, isso aí é culposo. Mas ela não fazer nada para reverter aquela situação já constitui um dolo. Ela tem uma culpa inicial, culpa no precedente e dolo no consequente”, disse a delegada.

Vítimas

Segundo o depoimento das vítimas à polícia, depois das denúncias, muitas mulheres começaram a pesquisar se os procedimentos adotados na clínica de bronzeamento estavam de acordo com a legislação.

Elas desconfiam que as queimaduras podem ter relação com irregularidades, como a utilização de produtos manipulados e a exposição ao sol excessiva e fora do horário recomendado.

Entre as vítimas, uma técnica de enfermagem, que também não quis se identificar, mostrou as marcas deixadas pelo procedimento à equipe da TV Santa Cruz.

“Muitas dores, ardores, coça muito. Agora está uma fase de estar coçando muito e a gente tem que ter muito cuidado. Então, é preciso saber o que colocaram na gente”, disse a vítima.

Caso

As primeiras vítimas começaram a prestar queixa na Delegacia da Mulher, na semana passada, doze dias depois de terem sido queimadas ao passar por um bronzeamento natural na clínica Divas Bronze, que fica no bairro São Caetano, em Itabuna.

Até esta terça-feira (19), 11 mulheres prestaram queixa e fizeram exames de corpo de delito. Desde a semana passada a clínica está fechada. A delegada disse ainda que já intimou a funcionária da clínica responsável pelo procedimento. O depoimento dela está previsto para acontecer ainda esta semana.

Em nota enviada à produção da TV Santa Cruz, a dona da Divas Bronze, Joelma Silva, disse que a empresa tem todos os alvarás e licenciamentos necessários, e que os produtos que ela usa são liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A polícia não informou quando ela irá prestar depoimento.

Fonte: G1.com

MP-AL sugere cortar luz e água para forçar moradores que se recusarem a sair da área de risco no Pinheiro

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) deu um prazo de 5 dias para a Prefeitura de Maceió responder à notificação para retirada imediata dos moradores da área vermelha do Pinheiro. A recomendação sugere até o corte de energia, água e gás para forçar a saída de quem insistir em permanecer nas áreas de risco.

A informação foi passada à imprensa durante uma entrevista coletiva nesta terça-feira (19) na sede do do Centro de Apoio Operacional (Caop), no Farol. O documento foi entregue nesta manhã ao prefeito Rui Palmeira (PSDB).

A medida de segurança se deve à gravidade da situação no bairro, onde tem surgido diversas rachaduras em ruas e imóveis há um ano. Especialistas estudam as causas do fenômeno, mas ainda não há informação oficial sobre a origem do problema.

“Constatamos que ainda existem muitas famílias no bairro, e além dessas famílias, comerciantes. Já tínhamos feito uma recomendação e a prefeitura estava fazendo de forma lenta, nós resolvemos fazer a recomendação para que a prefeitura, por meio dos seus órgãos competentes, promovam um meio para que sejam desocupados imediatamente os prédios da zona vermelha e que seja feito o isolamento da área, proibindo a passagem de veículos pesados, exceto os autorizados”, disse o promotor de Justiça José Antônio Malta Marques.

O G1 entrou em contato com a prefeitura de Maceió e aguarda posicionamento.

Ainda segundo o promotor, caso haja resistência dos moradores, a prefeitura deve realizar ainda os cortes de energia, água e gás, para que os eles não insistam em ficar no local.

A área de risco do bairro foi dividida pela Defesa Civil em três cores, vermelha, laranja e amarela, cada uma representando um grau de risco, sendo a vermelha a mais grave.

Porém, de acordo com a recomendação do MP, as áreas laranja e amarela também deverão ser evacuadas até a quadra chuvosa, que tem início em 15 de abril, com um período de chuvas fortes no estado.

“O Ministério Público está preocupado porque estamos tratando de vidas e a grande preocupação é salvaguardar as vidas dos moradores”, afirmou Malta Marques.

A força-tarefa do MP é composta pelos promotores de Justiça José Antônio Malta Marques, diretor do Caop; Adriano Jorge Correia, do Núcleo de Perícias; Jorge Dórea, do Núcleo de Defesa do Meio Ambiente; Max Martins, da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor; e Jomar Amorim, da Promotoria de Justiça de Direitos Humanos.

Fonte: G1.com