Mais de 30 mil capturas foram realizadas pelas Forças da SSPDS/CE entre janeiro e novembro de 2021

Entre janeiro e novembro de 2021, as Forças de Segurança do Ceará realizaram 30.077 capturas, sendo 2.620 ações somente no mês de novembro. Os dados são fornecidos e consolidados mensalmente pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), instituição vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE).

“Esse dado significativo é resultado de uma estratégia que uniu as áreas operacionais e de inteligência, aumentando a efetividade das ações com prisões, capturas, apreensões de drogas, armas e outros bens ilícitos. É importante destacar, ainda, a intensificação nas investigações realizadas pela Polícia Civil e o trabalho de caráter preventivo e ostensivo da Polícia Militar”, destaca o secretário da SSPDS/CE, Sandro Caron.

Considerando as ações realizadas em novembro, foram 2.162 prisões e apreensões em flagrante, além de outras 458 capturas por intermédio de mandados judiciais, totalizando 2.620 capturas. A maior parte das ações é relacionada ao tráfico de drogas, que correspondem a 399 ocorrências no período. A média é de algo em torno de 87 pessoas capturadas por dia em todo o Ceará.

As capturas, segundo o secretário Sandro Caron, mostram que a integração entre as Polícias traz impactos positivos no bem-estar da população cearense.

Áreas Integradas de Segurança

A Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) foi a região com maior número de capturas em novembro. No período, foram 299 prisões e apreensões. A AIS 19 abrange as cidades de Abaiara, Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Aurora, Barbalha, Barro, Brejo Santo, Campos Sales, Caririaçu, Crato, Farias Brito, Jardim, Jati, Juazeiro do Norte, Mauriti, Milagres, Missão Velha, Nova Olinda, Penaforte, Porteiras, Potengi, Salitre e Santana do Cariri.

Em seguida, aparece a AIS 14, com 288 capturas no último mês de novembro. A AIS abrange as cidades de Alcântaras, Barroquinha, Camocim, Cariré, Carnaubal, Chaval, Coreaú, Croatá, Forquilha, Frecheirinha, Graça, Granja, Groaíras, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Martinópole, Massapê, Meruoca, Moraújo, Mucambo, Pacujá, Santana do Acaraú, São Benedito, Senador Sá, Sobral, Tianguá, Ubajara, Uruoca e Viçosa do Ceará.

Fonte: Governo do Ceará

Mais duas Unidades de Ensino serão reinauguradas em Juazeiro nesta quarta-feira (08)

Com a utilização de recursos próprios do município, totalizando um investimento de R$723.083,72, a Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria Municipal da Educação, vai reinaugurar mais duas Unidades Escolares, nesta quarta-feira, 8, às 9h. Os dois equipamentos passaram por manutenções.

A Escola Municipal de Educação Infantil Zuila Morais atende 165 crianças do Infantil II ao Infantil V, já a Escola Maria de Lourdes Lopes de Sousa conta com 494 alunos, do 1° ao 9° ano, ambas estão localizadas na Vila Três Marias.

Através do monitoramento realizado pela rede física da Seduc, onze escolas já passaram por intervenções e adequações nas suas estruturas, com previsão de mais sete serem entregues até o final deste mês.

De acordo com a titular da Educação, Pergentina Jardim, a ideia é contribuir e qualificar cada vez mais para a aprendizagem dos alunos, por meio de um ambiente escolar que ofereça boas condições de uso. “Todas as escolas que passaram por essas manutenções apresentavam danos significativos e necessitavam de um olhar para sua infraestrutura” ressalta a gestora.

Fonte: Ascom Juazeiro do Norte

Presépio em tamanho real é exposto na Praça Padre Cícero em Juazeiro do Norte

A abertura do Natal da Esperança, promovido pela Prefeitura de Juazeiro do Norte, aconteceu nesse domingo, 5, e dentro da programação teve o lançamento da exposição “Natal Sensorial”. Um presépio, em tamanho real, convida o público a uma experiência sensorial, a partir das texturas, cheiros, sons e cores, que remetem ao momento do nascimento de Jesus.

A exposição “Natal Sensorial” foi idealizada pela Shanadú Ateliê Escola, com a autoria de Francisco dos Santos e curadoria de Edvânia Martins. De acordo com Edvânia, as peças são um convite para que o observador, através de sensações, faça uma viagem no tempo.

As esculturas, produzidas em fibra de vidro, retratam, de forma realista, os animais, os Três Reis Magos (Melquior, Baltazar e Gaspar), São José, Maria e Jesus.

A exposição ficará na Praça Padre Cícero até o dia 6 de janeiro.

Fonte: Ascom Juazeiro do Norte

“Dor não passa”, diz parente de reféns mortos em Milagres; tragédia completa 3 anos sem julgamento

A madrugada do dia 7 de dezembro de 2018 é uma das mais trágicas da história do Ceará. Há três anos, uma intervenção policial a ataques a bancos na cidade de Milagres, Interior do Ceará, deixava 14 mortos, sendo seis reféns. Cinco deles amigos e familiares de Regina Magalhães, que até hoje aguarda punição para os envolvidos enquanto diz já não saber mais “se a Justiça será feita ou não”.

A ação penal que envolve 19 PMs denunciados pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) foi movimentada pela última vez há pouco mais de dois meses. Anteriormente, em setembro deste ano, uma decisão apontou que “os agentes assumiram conscientemente o risco de produzir as mortes ao efetuarem três dezenas de tiros de fuzis contra pessoas indefesas, que tentavam se abrigar por trás de um poste”.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o processo está em andamento. Não há data prevista para designação de audiência de instrução e julgamento. O TJ não informou a situação de cada um dos réus.

Já a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) informa que os policiais militares envolvidos no caso ocorrido no município de Milagres “encontram-se afastados do serviço operacional desde o referido episódio”.

Os processos disciplinares para apuração na seara administrativa dos profissionais envolvidos na ocorrência encontram-se na fase de instrução processual, conforme portarias publicadas no Diário Oficial.

VIDA APÓS AS PERDAS

Na semana passada, Regina viu o sobrinho de 10 anos participar dos jogos escolares e ganhar a competição. O menino decidiu dedicar a vitória ao irmão Vinícius Magalhães, em quem se inspirava. Vinícius, 14, o pai e empresário João Batista Magalhães,46; a cunhada de João, Claudineide Campos, 41; acompanhada do marido, Cícero Tenório, 60, e do filho Gustavo Tenório, de 13 anos, eram reféns e foram mortos em 7 de dezembro de 2018.

“É muito triste ver uma criança que tinha um pai maravilhoso passar por tanta dor com apenas 10 anos. Espero em Deus que a vida não tire mais nada dele e que o fortaleça a cada dia. Uma dor imensurável que nunca vai passar. Sempre é uma tristeza acordar todos os dias e ter que renovar essa ausência. Foram cinco vidas arrancadas de nós da forma mais triste e cruel”, desabafa Regina.

“Eu soube que tinham policiais envolvidos pelas reportagens mesmo. Não sei se a Justiça aqui será feita, e se houver não trará eles de volta. Mas espero que os responsáveis sejam realmente punidos e suas consciências doam pra nunca mais ninguém ter que passar por isso”

Questionada sobre se em algum momento recebeu apoio por parte do Governo do Ceará, Regina fala que cinco meses após a chacina a família recebeu uma ligação com oferta de apoio psicológico por teleconferência. “Dispensamos. Meses depois? Demorou. Quem tivesse de pirar já tinha pirado naquele momento, mas graças a Deus, temos uma base muito fortalecida na fé e Deus nos sustentou. Ele nos sustenta até hoje, é nosso apoio, nossa fortaleza”.

O advogado das famílias das vítimas, Estefferson Nogueira, diz que está em fase de conclusão o processo cível movido contra o Estado do Ceará. Conforme a acusação, os familiares aguardam ansiosamente uma reparação mínima dos danos. “Causa-nos surpresa que até o momento o Estado não trouxe nenhuma proposta de acordo. As famílias estão desamparadas e aguardam por Justiça”, destaca o advogado.

DENÚNCIA

Além dos militares, também foi denunciado o vice-prefeito de Milagres, Abraão Sampaio de Lacerda. A acusação foi ofertada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) em abril de 2019 e aceita pela Justiça no mês seguinte. Em 17 de setembro de 2019, a Justiça proferiu decisão determinando a proibição dos policiais de realização de serviço externo ou ostensivo e de participação em operações policiais.

Fonte: Diário do Nordeste

Secult de Barbalha conclui revitalização do Casarão Hotel

A sede da Secretaria de Cultura e Turismo de Barbalha (Secult), o Casarão Hotel, passou por reparos em algumas de suas estruturas, com recurso da própria Pasta Municipal. As obras do restauro iniciaram no dia 12 de novembro e foram concluídas nesta terça-feira, 07 de dezembro.

O investimento para a restauração foi de R$ 31.582,90, aplicado na recuperação da estrutura de coberta, reparo de 4 salas, incluindo restauração de portas, pintura de pisos, paredes, teto e retoques na fachada. A construtora responsável foi a Yuri Ribeiro Braga Engenharia.

O Casarão Hotel é tombado pela Lei Estadual nº 16.237, de 30 de novembro de 1983. Foi construído em 1859 e sua última reforma foi em 2009. O prédio já foi sede da Universidade Regional do Cariri (URCA), entre 2008 e 2010, e recebeu, em 2001, a 1ª Bienal de Artes do Cariri. Hoje é sede da Secult, da Biblioteca Municipal e da União das Associações de Barbalha (UNAB).

Em 2022 o prédio completará 163 anos de existência. O monumento abriga muitas histórias e sua conservação é de essencial importância para o patrimônio cultural e arquitetônico da cidade de Barbalha.

Fonte: Ascom Barbalha

Crato promove blitz educativa em prol da Campanha do Laço Branco

Levando a conscientização à sociedade, e principalmente aos homens no combate a violência, foi realizada na manhã da segunda-feira, 06, no Centro da cidade, uma blitz em alusão a Campanha do Laço Branco, atividade da Campanha dos 21 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência contra a Mulher.

Durante a blitz, foram distribuídos panfletos e adesivos com o objetivo em chamar a atenção da população para ações de educação e conscientização no que diz respeito a violência contra a mulher.

Na ocasião, o vice-prefeito do Crato, André Barreto, ressaltou que essa Campanha do Laço Branco é de fundamental importância, principalmente pelo fato de que a região do Cariri ostenta índices de violência contra a mulher muito altos. “Nós estamos nessa luta, e queremos que vocês, homens, juntem-se a nós para combater esse tipo de violência, reduzindo casos que são expressivos no nosso município”, reforçou.

A atividade foi promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense (CMDMC), e contou com o apoio do Centro de Referência da Mulher (CRM), DEMUTRAN, Guarda Civil Metropolitana (GCM), e Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Estiveram presentes, os secretários de Desenvolvimento Agrário e de Serviços Públicos, Carlos Freires e Tota Lobo, respectivamente.

Fonte: Ascom Crato

Juazeiro: Sedest lança Programa Jovem Bolsista na comunidade do Horto

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho – Sedest, lançou nessa segunda-feira, 6, o Programa Jovem Bolsista.

Destinado para jovens de 15 a 29 anos, em situação de vulnerabilidade social, o programa contempla os participantes com um curso de qualificação. Eles receberão uma bolsa no valor de R$300 dividida em 3 parcelas, além de material didático, fardamento e lanche.

Serão 50 bolsistas, divididos em duas turmas, nos cursos de Auxiliar de Manutenção de Equipamentos de Informática e de Vendedor do Comércio de Mercadorias.

As aulas acontecerão na Escola Modelo Vereador Francisco Barbosa da Silva, na Comunidade do Horto, com os alunos da própria unidade e, também, por jovens acompanhados pelo Cras da localidade.

O Programa Jovem Bolsista é realizado em parceria com a Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Ceará – SPS. Como requisito para o ingresso, é necessário que os participantes estejam cursando o oitavo ou nono ano do ensino fundamental, ou ainda, que estejam cursando ou tenham concluído o ensino médio na rede pública de ensino.

De acordo com a diretora do Setor de Trabalho e Renda da Sedest, Amanda Lívia Aquino, o programa oferece uma qualificação que pode melhorar as condições na busca por empregos.

Fonte: Ascom Juazeiro do Norte

Bolsonaro distorce proposta da Anvisa sobre passaporte da vacina e diz que agência quer ‘fechar o espaço aéreo’

O presidente Jair Bolsonaro distorceu nesta terça-feira (7) a proposta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que o Brasil adote o chamado passaporte da vacina para a entrada de viajantes.

Ao discursar a um grupo de empresários, em evento organizado pelo setor da indústria, Bolsonaro afirmou que a agência quer “fechar o espaço aéreo”.

Procurada, a agência negou ter feito essa proposta. No último dia 1º, a Anvisa reforçou a recomendação enviada à Casa Civil para que o Brasil adote medidas mais rígidas no acesso de viajantes ao país. A intenção é evitar o aumento dos casos de Covid-19 após a descoberta da variante ômicron.

“Eu vejo o ministro Gilson Machado, que não está presente aqui, trabalhando com o turismo. Ninguém tem o que nós temos. Estamos trabalhando agora com a Anvisa, que quer fechar o espaço aéreo. De novo, porra? De novo vai começar esse negócio?”, declarou Bolsonaro.

“Ah, ômicron. Vai ter um montão de vírus pela frente, um montão de variantes pela frente. Peço a Deus que eu esteja errado, mas temos que enfrentar”, prosseguiu o presidente.

Estava prevista para esta segunda (6) uma reunião na Casa Civil entre representantes do governo e da Anvisa para discutir o assunto. O colunista do g1 Gerson Camarotti informou que a reunião foi cancelada de última hora.

O pedido da Anvisa

No pedido enviado à Casa Civil no início deste mês, a Anvisa propôs:

 

A Anvisa argumentou que o cenário é preocupante, entre outros motivos, porque os países no sul da África mais atingidos pela ômicron têm baixa cobertura vacinal. Ao não exigir o comprovante de vacinação, o país, então, poderia facilitar a entrada de pessoas não vacinadas e que poderiam estar carregando o vírus.

Ainda na nota, a Anvisa disse ter identificado rotas aéreas que conectam, indiretamente, o Brasil aos países incluídos nas restrições de voos. Há trajetos conectando o Brasil e essas nações que passam por Etiópia, Catar, Emirados Árabes Unidos e Turquia.

O documento também apontou que um novo pico de casos gerado pela variante ômicron poderia ser freado pelo aumento da população vacinada com a dose de reforço – mas deixa claro que o próprio governo federal tem prejudicado essa possibilidade ao não cobrar o mesmo cuidado dos estrangeiros.

Fonte: G1

MP vê prescrição e opina por arquivamento de denúncia contra Lula no caso do triplex do Guarujá

A Procuradoria da República no Distrito Federal opinou pelo arquivamento do caso do triplex do Guarujá, envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na manifestação, a procuradora da República Marcia Brandão Zollinger aponta para a prescrição dos crimes que, em tese, teriam sido cometidos pelo ex-presidente, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que considerou suspeita a atuação do ex-juiz Sérgio Moro no caso e anulou a condenação de Lula.

Com a anulação da condenação, a investigação foi encaminhada para a Justiça Federal em Brasília. Além disso, a investigação teria que recomeçar do zero e não seria possível reaproveitar provas colhidas no processo original, de Curitiba.

Segundo o MP, as penas aplicadas pela Justiça anteriormente nesse processo mostram que o prazo para punir Lula prescreveu. Isso porque elas são reduzidas pela metade para acusados com mais de 70 anos – Lula tem 76 anos.

O MP avalia, portanto, que não será possível concluir a investigação e o processo dentro do prazo fixado pela lei para a prescrição e, por isso, decidiu que não apresentará nova denúncia contra o ex-presidente Lula no caso do triplex e opinou pelo arquivamento.

“Analisando as penas, tem-se que Luiz Inácio Lula da Silva teve a pena reformada pelo STJ, tornando-a definitiva pelo crime de lavagem de dinheiro em 3 anos e 4 meses de reclusão e pelo crime de corrupção passiva em 5 anos, 6 meses e 20 dias. Aplica-se, no caso, o prazo prescricional previsto o art. 109, incisos II e III, do Código Penal, reduzidos pela metade, restando prescrita a pretensão punitiva estatal”, aponta Zollinger.

Fonte: G1

Xuxa reencontra ator com quem gravou cena erótica em “Amor, Estranho Amor”

A apresentadora Xuxa Meneghel, 58, reencontrou o ex-ator mirim Marcelo Ribeiro, com quem contracenou em cena erótica de “Amor, Estranho Amor”, filme de 1982. Nas filmagens, a artista tinha 18 anos e Ribeiro tinha 12, por isso a cena se tornou polêmica por ter sido realizada com um menor de idade, gerando acusações de pedofilia e pornografia.

O encontro da dupla aconteceu no contexto das gravações de um documentário sobre a carreira de Xuxa, que será lançado no Globoplay e está sendo encabeçado por Pedro Bial. Conforme informações da Patrícia Kogut, colunista do jornal O Globo, o jornalista também promoveu uma reunião entre a apresentadora e sua ex-agente Marlene Matos, com quem teve uma conturbada relação profissional.

Xuxa e Marcelo assistiram à controversa cena juntos, ao lado de Bial, para conversarem sobre o assunto, durante uma cena do documentário. Até 2018, a gaúcha pagou mais de R$ 345 mil por ano para possuir os direitos do filme, e também conseguiu na Justiça impedir a distribuição do filme em vídeo após a exibição nos cinemas. A obra foi transmitida na televisão pela primeira vez em fevereiro deste ano, no Canal Brasil.

“Filme errado com a pessoa errada”, diz Marcelo Ribeiro

Na trama de “Amor, Estranho Amor”, Xuxa interpreta Tamara, uma adolescente de 15 anos vendida para um prostíbulo. O personagem de Marcelo, chamado Hugo, tem 12 anos na trama e se envolve com Tamara. Hoje especialista de tecnologia da informação, Marcelo analisou que a obra virou controversa devido à classificação indicativa.

Em entrevista ao canal “Na Lata”, do YouTube, em fevereiro, Marcelo também revelou ter perdido trabalhos à época em razão do filme: “Sempre fui julgado por aquele papel que atuei. Eu não fiz nada. Só atuei. Fiz o filme errado com a pessoa errada e com o tema errado. As pessoas julgam”. “Eu não poderia ter sido inserido em um negócio pior na minha vida. Meu sonho era ser ator. Eu gostaria muito de ter feito vários trabalhos e ter seguido a minha vida como ator”, complementou.

Fonte: O POVO