Governo do Ceará vai adquirir 28 mil notebooks para professores da rede estadual

Foi aprovado na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (10), o projeto de lei do Governo do Ceará que autoriza o poder Executivo a adquirir e a ceder notebooks aos professores da rede estadual de ensino a fim de assegurar condições para a criação de conteúdos e a prática de atividades necessárias à aprendizagem remota. A Secretaria da Educação (Seduc) vai comprar 28 mil notebooks, os quais serão destinados a professores efetivos e temporários.

“É de fundamental importância garantir aos professores, em especial considerando os desafios para a educação decorrentes da Covid-19, condições para que possam ministrar aulas, criar conteúdos e executar as demais atividades escolares de forma remota/híbrida, garantindo-se o direito constitucional à educação de qualidade”, destaca o governador Camilo Santana no texto enviado à Assembleia. Ainda segundo o chefe do Executivo estadual, os notebooks serão um suporte essencial mesmo após a pandemia, haja vista que as novas tecnologias passaram a compor o cenário educacional no que diz respeito ao papel do professor, do aluno e da gestão escolar.

De acordo com a secretária da Educação, Eliana Estrela, a medida vai possibilitar melhores condições de trabalho aos docentes, influenciando na preparação das aulas e de outras atividades pedagógicas. “A disponibilização de notebooks para os professores é mais um importante investimento do Governo do Ceará no processo de ensino e aprendizagem das escolas da rede estadual”, afirma a secretária.

Ceará Educa Mais

Também nesta quinta-feira começou a tramitar na Assembleia Legislativa o projeto de lei que dispõe sobre o Programa Ceará Educa Mais. A iniciativa reúne ações destinadas à estruturação, ao desenvolvimento e à implementação de estratégias de gestão com o objetivo de aprimorar e fortalecer o processo de aprendizagem na rede pública estadual de ensino.

Entre as ações previstas pelo Ceará Educa Mais estão o Ensino Médio Integral integrado à Educação Profissional e a Política de Ensino Médio em Tempo Integral. Ao lado dessas, têm-se também ações que buscam assegurar aos estudantes o desenvolvimento de competências e habilidades para aprender no contexto da cultura digital, a partir da integração das novas tecnologias.

Juazeiro terá mais 7 dias de medidas restritivas contra a Covid-19

O prefeito Glêdson Bezerra vai reeditar, nesta sexta-feira, 11, o decreto com medidas mais restritivas com vistas à redução da Covid-19 em Juazeiro. Com vigência até o próximo dia 18 de junho, o novo decreto considera, ainda, a possibilidade de colapso no sistema de saúde tanto municipal quanto regional.

A prorrogação do decreto foi definida após reunião entre os integrantes do Comitê de Avaliação, nessa quarta-feira, 9, e, em segundo momento, nessa quinta-feira, 10. Neste, presentes o prefeito Glêdson Bezerra, o procurador geral do Município, Walberton Carneiro, e o superintendente da Autarquia Municipal de Meio Ambiente -Amaju, Eraldo Oliveira.

Segundo o chefe do Executivo juazeirense, nos últimos dias, houve redução nos casos de internamento tanto em enfermaria quanto em UTI mas, infelizmente, disse o prefeito, “ainda não nos permite a flexibilização das normas adotadas para conter o avanço da pandemia no nosso Município.”

Glêdson alertou a população para a necessidade de continuar mantendo o distanciamento social, o uso de máscaras e álcool gel. Lembrou, por fim, que continua a proibição da venda de bebidas alcoólicas e que a fiscalização será criteriosa quanto ao cumprimento dessa determinação.

Dom Gilberto Pastana, bispo da diocese de Crato, receberá título de cidadão Cratense

O Bispo Diocesano Dom Gilberto Pastana de Oliveira, da Diocese do Crato, será agraciado com o Título de Cidadão Cearense concedido pela Assembleia Legislativa do Ceará. A partir de proposta do Deputado Estadual Fernando Santana (PT), que é caririense e vice-presidente da Casa, os parlamentares votaram e aprovaram hoje (10) que o reverendo seja honrado com a cidadania estadual.

O reverendo é natural de Boim, no Pará, e foi ordenado Sacerdote em 27 de Julho de 1985, em Santarém, no mesmo estado natal. Desde maio de 2016 reside na cidade do Crato onde foi, inicialmente, Bispo Coadjutor da Diocese e hoje é Bispo Diocesano, tendo sido nomeado pelo próprio Papa Francisco.

“Dom Gilberto Pastana tem desenvolvido um edificante trabalho pastoral à frente daquela Diocese, pregando a palavra do evangelho com muita dedicação e amor a todos, não só aos caririenses, mas a toda a população de nosso Estado, tornando-se um reconhecido e admirado líder religioso, merecedor desta homenagem que ora lhe tributa a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará”, destaca Fernando Santana.

Saiba Mais
Dom Gilberto Pastana estudou Filosofia e Teologia em Belém, na Universidade Federal do Pará e no Instituto de Pastoral Regional (IPAR). É mestre em teologia pelo Teresianum em Roma, com especialização em Teologia Espiritual.

Após ter sido ordenado Sacerdote, atuou em importantes instituições religiosas no Brasil, como Pároco de Nossa Senhora Aparecida, Vice-Reitor do Seminário Maior Inter-diocesano São Gaspar, Vigário da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima e Diretor da Rede Vida de Televisão.

Fonte: Roberto Crispim

Prefeito de Nova Olinda se reúne com governador Camilo Santana e garante construção de rodoviária e obras de pavimentação asfáltica

O prefeito da cidade de Nova Olinda, Dr. Ítalo Brito, esteve reunido com o governador Camilo Santana na tarde desta quinta-feira (10), na capital Fortaleza, em busca de melhorias para o município. Segundo o gestor, recursos serão investidos em obras de pavimentação asfáltica de importantes vias da cidade para que haja um melhor fluxo de carro e pessoas, além da construção de uma rodoviária e construção da base do SAMU.

Segundo o prefeito, que faz parte dos associação dos prefeitos da região do Cariri, a intenção do município também é poder sediar a base do Raio na região. Nas redes sociais, Dr. Ítalo destacou a importância da reunião com o governador e as melhorias adquiridas para a população de Nova Olinda.

“Acabo de ser recebido pelo Governador Camilo Santana, onde solicitei a ampliação de pavimentação em ruas diversas nos bairros mais novos, como Lagoinha e Boião; a construção de nossa rodoviária, que nos possibilitará receber nossos turistas com maior conforto, além de criar empregos; a base do SAMU e o asfaltamento de nossas principais ruas. Pela Associação dos prefeitos, apresentei a ideia do consorciamento dos municípios menores, possibilitando sediar base do Raio,” disse.

Quem tem direito e como pedir desconto no financiamento de imóvel na Caixa

Redução no valor das parcelas pode chegar a 75%, enquanto a pausa nas cobranças pode ser aplicada por até seis meses

A Caixa Econômica Federal anunciou condições especiais para pagamento das parcelas de financiamento habitacional em virtude da crise provocada pela pandemia. Com isso, o banco vai permitir a redução ou suspensão do valor mensal a ser pago temporariamente.

A redução no valor das parcelas pode chegar a 75%, enquanto a pausa nas cobranças pode ser aplicada por até seis meses.

“Essas medidas proporcionam às famílias a possibilidade de se reorganizarem para voltar a pagar integralmente a prestação mensal”

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Tire dúvidas sobre o procedimento e como solicitá-los.

REDUÇÃO DO VALOR 

QUEM PODE SOLICITAR A REDUÇÃO NO VALOR DAS PARCELAS? 

Segundo a Caixa, tem direito ao desconto temporário, os clientes que possuírem imóvel financiado com o banco nas modalidades Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ou pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). 

QUALQUER TIPO DE FINANCIAMENTO PODE SER CONTEMPLADO PELO BENEFÍCIO DA CAIXA?  

Não. As duas condições especiais de negociação de contratos são destinadas apenas para os clientes que possuem financiamento habitacional. 

COMO SOLICITAR A REDUÇÃO DO PAGAMENTO? 

Para solicitar, o cliente deverá baixar o aplicativo Habitação Caixa e clicar no banner referente ao desconto temporário ou ligar através do telefone 0800-104-0104

QUAL O PERCENTUAL DE REDUÇÃO NO VALOR DAS PARCELAS CONCEDIDO PELA CAIXA? 

O desconto pode ser superior a 75%. 

A REDUÇÃO SERÁ APLICADA DURANTE QUANTO TEMPO? 

O prazo do desconto dependerá do percentual concedido. Se a redução na parcela for de até 25%, o prazo é até 6 meses. Já se for entre 25% e 74,99%, o prazo é até 3 meses. 

QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA OBTER O DESCONTO? 

Para desconto de até 25% não é exigida nenhuma documentação comprovatória. Já para clientes que solicitarem entre 25% e 74% será exigida uma autodeclaração de perda de renda.  

Já quem precisar de desconto superior a 75% será necessário apresentar documentos formais que comprovem a perda de rendimento mensal. 

COM O FIM DO PERÍODO DE DESCONTO, COMO SERÁ FEITA A COBRANÇA DO VALOR QUE DEIXOU DE SER PAGO? 

A Caixa explica que os valores que não foram pagos durante os meses em que foi concedido o desconto serão incorporados ao saldo devedor do contrato e diluídos no prazo remanescente. 

O PRAZO DO FINANCIAMENTO VAI AUMENTAR PARA QUEM TIVER A PARCELA REDUZIDA TEMPORARIAMENTE? 

As condições contratuais não serão alteradas para quem solicitar o benefício. Ou seja, tanto o prazo de financiamento quanto a taxa de juros estabelecida no contrato inicial serão mantidos. 

SUSPENSÃO DAS PARCELAS 

QUEM PODE SOLICITAR A SUSPENSÃO DO PAGAMENTO DAS PARCELAS MENSAIS? 

Somente os clientes que estiverem recebendo o Auxílio Emergencial ou o Seguro Desemprego. 

COMO SOLICITAR A SUSPENSÃO DO PAGAMENTO? 

Assim como na redução do valor da parcela, o cliente deverá baixar o aplicativo Habitação Caixa e clicar no banner referente a suspensão das parcelas ou ligar através do telefone 0800-104-0104

POR QUANTO TEMPO O PAGAMENTO PODERÁ SER SUSPENSO? 

A pausa nas cobranças do financiamento habitacional poderá ser concedida por até seis meses. 

QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA SUSPENDER O PAGAMENTO DAS PARCELAS? 

O banco não vai exigir nenhum outro documento já que o Auxílio Emergencial e o Seguro Desemprego são pagos pela Caixa.  

COMO SERÁ FEITA A COBRANÇA DAS PARCELAS QUE DEIXARAM DE SER PAGAS? 

Assim como para quem tiver o valor da parcela mensal reduzido temporariamente, os valores que deixarem de ser pagos durante a concessão do auxílio serão incorporados ao saldo devedor do contrato e diluídos no prazo remanescente. 

Público infantil do Cariri é beneficiado com a ampliação da Ortopedia Pediátrica no Hospital São Raimundo

Referência nos atendimentos em traumato-ortopedia para a região do Cariri, e municípios de estados vizinhos, o Hospital São Raimundo (HSR), no Crato-CE, integrante da Fundação Leandro Bezerra de Menezes (FLBM), ampliará os serviços de Ortopedia Pediátrica na unidade. O início dos atendimentos deve acontecer a partir do dia 16 deste mês.

De acordo com a Diretora do HSR, Isabela Geromel, a ampliação do serviço tem a parceria de uma clínica particular e atenderá as necessidades de atendimento dessa especialidade na região. “Hoje nós estamos agregando esse serviço à Ortopedia Pediátrica e o trabalho será desenvolvido com um parceiro que tem know-how em atendimento a crianças com necessidades especiais. Estamos abrindo um canal importante, que tem demanda reprimida, inclusive por profissionais, na região”, destacou Isabela. A diretora falou, ainda, sobre o funcionamento do serviço, até então particular, e de como o HSR pretende expandi-lo à rede pública. “São especialistas que vem de outras cidades e estados. Nesse primeiro momento, os atendimentos acontecerão a cada quinze dias, iniciando um trabalho ambulatorial de atendimento particular e convênio, mas levaremos as possibilidades de atendimento ao serviço público para as secretarias de saúde”, afirmou a gestora.

A enfermeira auditora do HSR, Myllene Muniz, relata a dificuldade dos pais, em encontrar esse tipo de serviço na região. “Como no Cariri não havia um serviço mais amplo em ortopedia pediátrica, muitos pais tinham que se deslocar até Fortaleza ou Recife para realizar o atendimento. Pensando em um melhor conforto para essas crianças e para os pais, a direção do Hospital resolveu implantar um serviço mais amplo de Ortopedia Pediátrica, no HSR”, relatou Myllene.

Para a ortopedista pediátrica e neuromuscular do HSR, Andréia Queiroz, a ideia é oferecer um serviço seguro e de qualidade, que possa proporcionar a recuperação da criança, de traumas ou problemas congênitos, confortavelmente. “Conforto, excelência no atendimento, pontualidade, acolhimento, comodidade e segurança; é o que queremos oferecer aos pais dos pacientes que virão ao HSR para tratamentos clínicos e cirúrgicos de ortopedia infantil e neuromuscular. A estrutura e a equipe profissional tratará a criança nas mais diversas complexidades, desde displasia do quadril até fraturas, luxações, deformidades descobertas na gestação (pé torto congênito, mielomeningocele, paralisia cerebral e as consequências ortopédicas). Reabilitá-las após algum acidente de trânsito ou doméstico e levar mais conforto e qualidade de vida tanto para ela, quanto para toda família é nosso objetivo”, ressaltou Andréia.

O serviço de Ortopedia Pediátrica do HSR, já vinha sendo realizado por profissionais com experiência em tratamento do Pé Torto Congênito, atendendo um público alvo, porém, em baixa escala. Agora o serviço abrangerá outras patologias na criança.

Estabelecimentos públicos e privados devem fixar placas de enfrentamento à LGBTfobia

Enfrentar a violência LGBTfóbica passa por dizer que o preconceito não é permitido naquele espaço e que homofobia é crime. Nesse sentido, no mês do Orgulho LGBT+, o Governo do Ceará incentiva a instalação de placas, que devem ser afixadas nos espaços públicos e privados, que enfrentam a LGBTfobia. A instalação das placas é lei, que foi sancionada pelo governador Camilo Santana no último mês. A lei de autoria do deputado Elmano de Freitas (PT) foi publicada no Diário Oficial no mês passado.

“Nós temos atuado com políticas públicas para a população LGBT+ em diversas áreas, tanto nas formações com profissionais da saúde e educação, como na ampla divulgação da campanha Ceará de Todxs, que já percorreu diversos municípios cearenses, reforçando a importância da visibilidade e da luta pela defesa de direitos. E esta é mais uma ação que estaremos juntos, acompanhando e fortalecendo essa luta para combater todos os tipos de LGBTfobia no Estado do Ceará. Não vamos tolerar e nem aceitar a violência contra pessoas LGBT”, pontua a titular da SPS, Socorro França.

A lei determina que as placas devem ser fixadas no lado externo ou em uma das entradas dos estabelecimentos, de forma que fiquem visíveis para o público presente. A placa deve ter o tamanho mínimo de 50 cm x 50 cm e deve dizer que “É expressamente proibida a prática de discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero”. A SPS disponibiliza modelo aqui.

Programa Mais Infância Ceará é apresentado em simpósio nacional para comunidade acadêmica da Saúde

O Programa Mais Infância Ceará, instituído política pública estadual, foi apresentado, nesta quinta-feira (10), durante o I Simpósio Nacional de Saúde da Estácio Ceará, como parte da programação do VI Universo Estácio, que segue até esta sexta-feira (11). As ações e resultados do trabalho realizado pelo Governo do Ceará na área do desenvolvimento infantil foram destacados, em evento virtual, para a comunidade acadêmica da área da Saúde e a sociedade em geral.

“A comunidade acadêmica tem um papel importantíssimo na construção de uma sociedade mais justa e humanitária. Por isso, fico extremamente feliz com a oportunidade de apresentar o trabalho que já realizamos no Ceará, com foco no desenvolvimento infantil. É muito importante a parceria do Governo do Ceará com as faculdades e universidades, pois juntos caminhamos na busca de benefícios em prol da população cearense”, destaca a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

O evento, promovido pelo Centro Universitário Estácio do Ceará, reúne anualmente alunos, professores, colaboradores e convidados da sociedade civil, que, por meio de palestras, debates e mostras de projetos, discutem temas importantes que contribuem em pesquisas, extensão e responsabilidade social. Neste ano de 2021, o encontro tem como tema: Vida, Saúde e Educação.

O reitor do Centro Universitário Estácio do Ceará, Josué Viana, ressaltou a importância de se investir na infância. “A participação da primeira-dama Onélia Santana, apresentando os projetos sociais na Primeira Infância, foi a âncora para trazer ao conhecimento de nossa comunidade acadêmica, as ações efetivas das políticas públicas voltadas à valorização da vida no período mais crítico do desenvolvimento cognitivo e socioemocional do ser humano. Ficou evidente a relevância das crianças no impacto dos indicadores sociais, principalmente sobre os mais vulneráveis,. Reafirmamos nosso compromisso, enquanto instituição de ensino superior, de colaborarmos ativamente em iniciativas dessa natureza”, afirma.

Sobre o Programa

Criado em agosto de 2015, defende a necessidade de se ter um olhar especial e mais dedicado à infância, a partir de um diagnóstico da situação do Estado na área e do mapeamento das ações voltadas para o segmento nas diferentes secretarias estaduais. O Governo do Ceará atingiu a marca de 273 equipamentos entregues direcionados ao desenvolvimento infantil, em parceria com os municípios. A iniciativa, que abrange os 184 municípios cearenses, está estruturada em quatro pilares: Tempo de Nascer, Tempo de Crescer, Tempo de Aprender e Tempo de Brincar. Em janeiro deste ano, foi sancionada a lei que atualizou e consolidou a iniciativa como política pública de Estado, promovendo e desenvolvendo ações intersetoriais para o desenvolvimento infantil.

Programa “Bolsa Jovem Barbalha” é aprovado pela Câmara de Barbalha

Jovens barbalhenses em situação de vulnerabilidade social terão a oportunidade de adentrar no mercado de trabalho através de aperfeiçoamento em estágios remunerados nas administrações municipais e estaduais. O Projeto Bolsa Jovem ficará sob a coordenação da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e da Secretaria de Administração, foi aprovado na tarde desta quarta-feira, 9, na Câmara de Vereadores com a unanimidade de 14 votos.

O objetivo é investir em pessoas e capacitar agentes de transformação. Serão ofertadas formações em diversos campos dentro dos Governos que visam promover o desenvolvimento de competências sociais e profissionais. Muitos jovens terão a oportunidade de, pela primeira vez, terem contato com o mercado de trabalho formal, além de desenvolver e potencializar habilidades técnicas profissionais em diversos campos.

A STDS informou que em breve irá divulgar as áreas de atuação, assim como a data das inscrições. De acordo com o projeto apresentado, alguns requisitos são exigidos para a participação no Projeto Bolsa Jovem Barbalha ter entre 15 a 29 anos de idade; estar cursando ou tenha concluído o ensino médio e esteja matriculado em um curso técnico/profissionalizante, curso na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), nível superior ou de pós graduação; não ser beneficiado por outros programas de transferência de renda do município, estado ou união; residir em Barbalha; possuir renda familiar per capita de até meio salário mínimo; estar inserido no CadÚnico.

É importante frisar que as despesas da execução do Projeto Bolsa Jovem Barbalha correrão por conta de dotações orçamentárias do Governo do Estado do Ceará. O valor da bolsa é R$ 550,00.