Juazeiro do Norte registra 3 mortes e 143 novos casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24 horas

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria da Saúde, confirmou mais três óbitos por coronavírus no município, na tarde desta terça-feira (11).

Os óbitos ocorreram nos dias 09 e 10 de agosto. Trata-se de um homem, de 98 anos, sem comorbidade; e duas mulheres, de 61 e 90 anos, ambas com comorbidades.

Até a tarde desta terça-feira (11), o Município notificou 32.424 pacientes, dos quais 95 são casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames, 20.020 casos descartados e 12.309 casos confirmados. Entre os pacientes confirmados há 98 hospitalizados, 2.627 em isolamento domiciliar, 9.341 que já estão recuperados, e 243 óbitos.

Passageiros com mais de 37,5 graus são barrados na rodoviária de Juazeiro do Norte

As empresas de transporte terrestre que voltaram a operar na rodoviária de Juazeiro do Norte proibiram o embarque de passageiros que estejam com temperatura igual ou superior a 37,5 graus. A medida atende ao protocolo de segurança determinado pelo governo do estado no plano de reabertura das atividades econômicas.

A medição da temperatura ocorre no momento do check-in. Se o resultado estiver acima do limite permitido, os passageiros são orientados a procurar uma unidade de saúde da cidade e não poderão viajar. O controle do fluxo de entrada e saída dos ônibus é feito pela própria companhia, mas a triagem também é acompanhada por técnicos da Vigilância Sanitária do Município.

Juazeiro: prefeitura denuncia ataque de “exército” de perfis fakes

Em nota veiculada no portal do município nesta terça-feira (11), a prefeitura de Juazeiro do Norte denunciou o que classificou como “um verdadeiro exército de perfis fakes (perfis falsos) e grupos articulados”, que estariam agindo nas páginas oficiais e de personalidades públicas da administração municipal de Juazeiro no Facebook e Instragram. “O intuito tem sido promover constantes ataques e acusações sem provas, além de usarem palavras de baixo nível, com comportamento inaceitável.

Esses mesmos perfis têm agido de forma deliberada, inclusive adotando táticas articuladas e agressivas. Todas as providências serão tomadas em relação a esses perfis e às acusações infundadas, junto aos órgãos cabíveis.
Desde que os perfis foram criados que críticas e sugestões, e até mesmo reivindicações, são expostas de forma constante nas páginas e encaminhadas aos setores respectivos para que se possa atender ao usuário, numa prestação de serviço a mais para a população”.

As acusações vão de calúnia, difamação, injúria, deixando claro a postura de que há grupos agindo de má fé, no intuito e macular a imagem de agentes públicos.

As contas em sua maior parte estão sem fotos, com perfis identificados como o politicagem JN. Outras têm desenhos e paisagens, além daquelas com pessoas que atacaram a administração e personalidades durante as lives ou transmissões ao vivo. Normalmente em alguns desses perfis sequer há publicações.

Os administradores das páginas destacam que desde o início da administração vêm atuando de forma aberta, democrática e as páginas têm o objetivo de prestar serviços à comunidade, além de compartilhar ações voltadas para o atendimento da população, prestando relevante serviço ao público.

Camilo premia Zé Ailton por bons resultados na educação municipal

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

O Governador Camilo Santana (PT) premiou na manhã desta terça-feira (11) o prefeito do Crato, Zé Ailton (PT), pelos resultados satisfatórios obtidos no Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Estado do Ceará (Spaece) do ano passado. Pela primeira vez na história, mais de 50% das escolas cratenses alcançaram nível desejável de alfabetização.

Em sua fala, o governador também ressaltou que o município teve duas escolas da rede avaliadas com nota dez, algo inédito. “Isso é fruto de todo o esforço da equipe da educação, liderada pela prefeito Zé Ailton Brasil, que não tem medido esforços para investir nessa área fundamental para o desenvolvimento do município”, disse Camilo.

A solenidade de premiação também contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, e da secretária da Educação, Eliana Estrela. Os prefeitos e secretários municipais da Educação de outras cidades também participaram através de links ao vivo, disponibilizados em todas as Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes).

Trump deve fazer anúncio sobre vacina contra covid-19

Conselheira da Casa Branca diz que presidente dos EUA fará atualização hoje, depois de a Rússia informar que registrou primeira vacina no mundo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, receberá informações sobre os esforços norte-americanos em direção a uma vacina contra a covid-19 ainda nesta terça-feira (11) e provavelmente fará um anúncio para atualizar a população sobre este tema, disse a conselheira da Casa Branca Kellyanne Conaway, depois da Rússia anunciar que aprovou uma vacina contra o novo coronavírus.

“O presidente está recebendo uma atualização sobre a vacina aqui na Casa Branca hoje, e estou certa que ele vai anunciar isso em um evento aberto à imprensa e também provavelmente em um briefing à imprensa ainda hoje”, disse ela em entrevista à Fox News.

Fonte: R7

Ceará tem resultado histórico e alcança nível desejável de alfabetização em todos os municípios

Em evento transmitido ao vivo pelas redes sociais, com link em todas as regiões do Ceará, foram apresentados dados que apontam 92,7% das crianças alfabetizadas ao término do 2º ano fundamental

O Governo do Ceará realizou, nesta terça-feira (11), a entrega do Prêmio Escola Nota Dez às 362 escolas públicas cearenses que se destacaram no ano de 2019. Durante o evento, foram divulgados os resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Estado do Ceará (Spaece) do ano passado. Pela primeira vez na história, todos os 184 municípios cearenses atingiram o nível desejável de alfabetização. Os números mostram que 92,7% das crianças encontram-se alfabetizadas ao término da alfabetização.

A solenidade de premiação contou com a presença do governador Camilo Santana, da vice-governadora Izolda Cela, e da secretária da Educação, Eliana Estrela. Os prefeitos e secretários municipais da Educação também participaram através de links ao vivo, disponibilizados em todas as Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes).

Camilo Santana pontua que os resultados são fruto de um trabalho de cooperação. “Mesmo num momento desafiador de pandemia que atinge o mundo inteiro, não poderíamos deixar de reconhecer o esforço dos nossos educadores, secretários e prefeitos, que têm enxergado na educação um caminho de transformação social e de oportunidades às nossas crianças e jovens”, ressalta.

“O Ceará é um exemplo para o país, reconhecido por instituições internacionais, sendo um orgulho para toda a população, pelos resultados e conquistas na educação. A cada ano o desafio é maior, pois buscamos superar as metas anteriores. Nesse esforço, criamos o Programa Cientista Chefe, uma parceria com universidades estaduais e federais com o objetivo de construir caminhos e ferramentas para melhorar a qualidade da educação nos níveis Fundamental e Médio”, conclui o governador.

Izolda Cela observa que o investimento na melhoria da qualidade da educação é uma ação estratégica do Governo cearense. “Esse compromisso move a todos nós. O regime de colaboração faz com que unamos esforços para que as ações cheguem da melhor maneira possível onde precisam chegar, abrangendo as crianças, os jovens e suas famílias. Nesses tempos de pandemia, é muito importante a reinvenção de cada secretaria no sentido de garantir a aprendizagem, para que sigamos no nosso compasso de melhoria sempre. Quero parabenizar e desejar sucesso a todos. Que continuem escrevendo essa história bonita da educação do Ceará”, enaltece.

Eliana Estrela considera que, mesmo ocorrendo de maneira virtual, a premiação tem o mesmo significado simbólico do evento realizado de forma presencial anualmente. “Não poderíamos deixar de reconhecer o esforço e a dedicação deste time da educação, formado por professores, gestores, servidores, secretários, gerentes do Paic e demais equipes, além dos prefeitos dos 184 municípios cearenses. Agradecemos a todos que fazem este trabalho, que têm um olhar sensível às crianças e à juventude, para que aprendam na idade certa”, destaca.

Vencedores

Em sua 12ª edição, o Prêmio Escola Nota Dez foi entregue às 150 escolas públicas com os melhores desempenhos de Alfabetização, a outras 150 do 5º ano, além de 62 escolas de 9º ano do Ensino Fundamental (EF). A premiação tem como base os resultados da alfabetização ao término do 2º ano, e das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, ao final do 5º e 9º anos, a partir de informações do Spaece. Os avanços são provenientes do Programa Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic), desenvolvido por meio da Secretaria da Educação (Seduc), em parceria com os 184 municípios cearenses.

As escolas receberão o prêmio em dinheiro equivalente a R$ 2.000,00 por cada aluno avaliado. Por outro lado, as unidades de ensino que ainda precisam melhorar seus resultados serão apoiadas, com o valor de R$ 1.000,00. O pagamento das premiadas é feito em duas parcelas. A primeira equivale a 75% do valor total devido à escola, após a aprovação pela Seduc do Plano de Aplicação de Recursos Financeiros, enquanto a segunda só será repassada após a escola atender às seguintes condições: comprovação da execução da ação de cooperação técnico pedagógica com as escolas que tenham obtido os menores resultados; manutenção ou elevação do bom desempenho alcançado e melhoria dos resultados da escola apoiada.

Relação das escolas premiadas no 5º ano de 2019

Relação das escolas premiadas no 9º ano de 2019

Critérios

De acordo com o Spaece 2019, 275.609 alunos do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental de 4.347 escolas públicas participaram da avaliação externa da Seduc, que identifica e analisa o nível de desempenho dos estudantes.

Em geral, para conquistar a premiação, todas as escolas de 2º, 5º e 9º anos devem atender aos seguintes critérios: ter, no momento da prova, pelo menos 20 alunos matriculados na série e avaliados, além de ter, no mínimo, 90% de participação de alunos. No 2º ano, a pontuação deve ficar entre 8,5 e 10, enquanto as do 5º e 9º ano devem ficar entre 7,5 e 10,0, em Português e Matemática.

Resultado histórico

Em 2007, apenas 14 municípios estavam no padrão desejável em alfabetização das crianças ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Em 2019, os 184 municípios alcançaram o padrão desejável.

Quanto ao 5º ano, em 2008, nenhum município cearense apresentou média no nível adequado em Língua Portuguesa e Matemática. Em 2019, o resultado do 5º ano cresceu. Em Língua Portuguesa, 125 municípios estão no nível adequado e em Matemática, 78 municípios atingiram o mesmo nível.

No 9º ano, é possível identificar que em 2017, apenas 01 município encontrava-se em nível adequado em Língua Portuguesa e 01 em Matemática. Em 2019, 09 municípios alcançaram esse nível em Língua Portuguesa e 10 em Matemática.

Mais uma vez, o Ceará obteve avaliação positiva em todos os municípios nesta etapa da educação básica. Essa melhoria alcançada nos níveis de alfabetização e do Ensino Fundamental deve-se à boa combinação dos esforços de todos os municípios cearenses com o apoio estadual.

Desempenho na alfabetização

Em 2019, o Ceará obteve o melhor desempenho histórico na alfabetização e no ensino fundamental desde que o Spaece passou a avaliar o processo de aprendizagem, a partir do 2º ano, em 2007. A análise dos resultados de 2019 demonstra o crescimento nos níveis de aprendizagem do Ensino Fundamental no estado.

Com relação ao 2º ano, a avaliação, em 2019, mostra que 92,7% das crianças encontram-se alfabetizadas ao término dessa série. Em 2007, início da implantação do Programa, esse percentual era de apenas 39,9%. É possível identificar também uma redução gradativa nos padrões não alfabetizados. Em 2007, esse percentual era de 47,4% e, em 2019, caiu para 2,6%. A mudança revela uma consolidação do processo de alfabetização das crianças no Ceará.
Em 2019, a aprendizagem dos alunos do 5º ano, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, melhorou em relação ao ano de 2008. Em Língua Portuguesa, o percentual de alunos no nível adequado subiu para 58%, enquanto, em 2008, o nível era de 6,9%. Em Matemática, passou para 44%, diferente dos 3,6% iniciais.

O Ensino Fundamental II, que inclui as crianças do 6ª ao 9º ano, teve seu acompanhamento pelo Spaece, a partir de 2012. Naquele ano, o percentual de alunos no nível adequado em Língua Portuguesa era de 8,6%, subindo, em 2019, para 24%. Já em Matemática, o percentual de alunos no nível adequado passou de 3,9%, em 2012, para 15%, em 2019.

Mais Paic

Desde 2015, o Governo do Ceará desenvolve o Mais Paic – Programa Aprendizagem na Idade Certa. Essa medida tem como finalidade ampliar o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do EF, passou a atender também do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II nas escolas públicas cearenses. As estratégias para alcançar a melhoria nestes níveis de ensino incluem o acompanhamento das escolas, a formação de professores e a utilização de material didático.

SPAECE – Escalas

A escala da alfabetização (2º ano) é constituída por cinco padrões, representados pelas seguintes pontuações: até 75 pontos – não alfabetizado; de 75 a 100 – alfabetização incompleta; de 100 a 125 – intermediário, de 125 a 150 – suficiente e acima de 150 – nível desejável.

Os resultados do 5º e 9º ano, por sua vez, são identificados a partir de quatro padrões de desempenho, sendo para Língua Portuguesa: até 125 pontos – muito crítico; de 125 até 175 – crítico; de 175 até 225 – intermediário, e acima de 225 – nível adequado. Para Matemática, os padrões de desempenho dos alunos são expressos através dos seguintes níveis: até 150 pontos – muito crítico; de 150 até 200 – crítico; de 200 até 250 – intermediário, e acima de 250 – nível adequado.

Proficiência

A proficiência é uma medida que representa um conjunto de habilidades adquiridas pelos estudantes. No caso do Spaece, habilidades em língua portuguesa e matemática.

Conforme a escala de proficiência do Spaece, a média da rede pública cearense na alfabetização alcançou 210,4 pontos, estando no nível desejável de aprendizagem.

No 5º ano, a média conquistada pela rede pública em Língua Portuguesa foi de 234,9 pontos, correspondente ao nível adequado. Em Matemática, atingimos 241,6 pontos, nível intermediário.

Ainda de acordo com o Spaece, no 9º ano, obtivemos os seguintes resultados para Língua Portuguesa e Matemática: 263,6 e 263,4 pontos, respectivamente. Os números indicam que o trabalho desenvolvido está no caminho certo para alcançar os melhores resultados no final do ensino fundamental e garantir que os estudantes cearenses estejam preparados para o ingresso no Ensino Médio.

Ceará ultrapassa 8 mil mortes pela Covid-19 e tem 190 mil casos confirmados

Fortaleza e Caucaia concentram os maiores números de mortes: 3.743 e 321, respectivamente.

O Ceará ultrapassou, nesta terça-feira (11), as marcas negativas de 8 mil mortes por Covid-19 e 190 mil casos confirmados da enfermidade. São 8.011 óbitos e 190.550 diagnósticos positivos. Há 161.997 pessoas recuperadas da doença no Estado. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizada às 10h36 pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

A marca de 180 mil casos confirmados foi ultrapassada no dia 5 de agosto, há seis dias. Já o período entre os 170 mil e 180 mil casos foi de cinco dias.

A plataforma contabiliza ainda 85.437 casos suspeitos e 602 mortes em investigação. Já foram notificados 553.782 casos desde o início da pandemia. O Ceará já aplicou 530.010 testes para detectar o novo coronavírus.

As cidades com maior incidência de casos confirmados são Acarape (8.607,4), Frecheirinha (6.409,9), Chaval (5.838,2), Groaíras (5.836,6)e Moraújo (5.272,8).

Fortaleza foi o primeiro epicentro da doença e concentra 3.743 óbitos e 44.194 casos confirmados. A incidência da doença na capital é de 1.655,6.

Em seguida está Juazeiro do Norte, com 11.904 diagnósticos positivos e 235 óbitos. A cidade do Cariri, que diminuiu em 61% as médias de casos e mortes em uma semana, tem incidência de 4.341,2. Sobral, na Região Norte, registra incidência de 4.957, com 10.357 pessoas infectadas 289 mortes pela Covid-19.

Na macrorregião de Fortaleza, as cidades com maiores índices são Maracanaú (5.678 casos, 234 mortes e 2.491,6 de incidência) e Caucaia (5.305 casos, 321 mortes e 1.467,9 de incidência). Em Maranguape, que tem 3.292,8 de incidência, já foram registrados 4.247 diagnósticos positivos e 109 mortes.

Veja outras informações da plataforma:

  • A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 69,13%;
  • A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 35,71%;
  • A letalidade da doença no Estado é de 4,2%
  • Houve 3 mortes confirmadas nas últimas 24 horas

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Veja como está o plano de retomada por região:

  • Fortaleza segue na fase 4 (cinemas e bares ainda não têm permissão de funcionamento)
  • Municípios da Macrorregião de Fortaleza avançam para a fase 4;
  • Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam na fase 2;
  • Macrorregião Norte segue para a fase 2;
  • Macrorregião do Cariri segue para a fase 1
Fonte: G1 / Ceará 

SOP avança na pavimentação do trecho Aracati – Boca do Forno

As obras de pavimentação entre os municípios de Aracati e Itaiçaba, passando pela localidade de Boca do Forno, avançaram mais uma etapa. Atualmente, está em execução o revestimento asfáltico no segmento, o que representa 71% dos serviços concluídos.

De acordo com o gerente de Obras Rodoviárias da Superintendência de Obras Públicas (SOP), Quirino Ponte, a expectativa é que esse trecho da CE-371 seja entregue neste segundo semestre. “É uma obra que vai ajudar a fomentar o transporte dos viveiros produtores de peixe e camarão, uma das principais atividades da região. Além de dotar a população de condição de trafegabilidade durante todo o ano no seu ir e vir ao lazer, aos negócios, à saúde e à educação”, afirma.

Ao todo, são 12,39 km de rodovia pavimentada, que vai se conectar ao intervalo já existente da CE-371, que vai de Itaiçaba à BR-166 passando por Palhano. O novo trecho está passando por serviços de terraplanagem, pavimentação, revestimento, drenagem, sinalização e proteção ambiental.

As obras visam proporcionar que todos os cearenses, em especial a população dos municípios de Itaiçaba e Aracati, contem com a estrada pavimentada e em boas condições de trafegabilidade. O investimento no trecho é de cerca de R$ 8 milhões, do Tesouro do Estado.

Aesp promove reunião virtual do Conselho de Ensino da Segurança Pública e Defesa Social

Nessa segunda-feira (10), a Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) realizou a primeira reunião virtual com os membros do Conselho de Ensino da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (Conesp) – órgão colegiado de caráter consultivo da Instituição de Ensino.

Em pauta, o Plano Anual de Capacitação (PAC/AESP) para 2020 e informes sobre adequações tecnológicas adotada pela Academia para a realização de ensino remoto emergencial mediado durante a pandemia do novo coronavírus.

Segundo o diretor-geral da Aesp e presidente do Conesp, Juarez Gomes Nunes Junior, mesmo sem uma data prevista para o retorno das aulas presenciais, a Academia já está se preparando para a retomada das atividades acadêmicas com segurança.

”Com o advento da pandemia nós tivemos que suspender as atividades de formação inicial e continuada, o que comprometeu o planejamento que tínhamos feito para as atividades educacionais do ano de 2020, e agora estamos nos reunindo para analisar o cenário atual e ver o que a ainda pode ser implementado este ano e quais serão as perspectivas de capacitação para o ano de 2021. É uma ação de planejamento para quando for o momento do retorno já estarmos preparados”, explicou Juarez Junior.

A reunião, que aconteceu pela plataforma Cisco Webex Meeting, contou com a participação de representantes de todas as vinculadas da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), entre eles: delegada Ivana Marques (DPGI/Aesp); tenente-coronel PM Klênio Sousa (SSPDS); capitão PM Anderson Duarte (Supesp); coronel PM Durval Beserra Filho (PMCE); coronel BM Humberto Dias (CBMCE); delegada Teresa Cruz (PCCE); perita geral adjunta Verbena Matos (Pefoce), além da equipe técnica da Aesp.

Atividades Educacionais na Aesp

As aulas presenciais na Aesp estão suspensas desde março, quando foi declarado estado de emergência no Ceará, mas desde junho as atividades dos cursos de pós-graduação latu senso acontecem de forma remota.

Após manifestação, prefeitura de Juazeiro do Norte se pronuncia sobre aprovados no concurso público do município

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, por meio da Procuradoria Geral do Município, informa que a homologação do concurso público municipal em meio à pandemia da Covid -19 comprometeu a convocação dos aprovados.
De acordo com o Conselho de Governança Fiscal do Ceará, é recomendável a não convocação de aprovados em concurso público enquanto perdurar a pandemia.
Entretanto, em razão da urgente necessidade, visto a situação de emergência em saúde a qual afeta o município, a administração decidiu convocar os profissionais deste segmento para as ações de enfrentamento.

Embora haja este período de espera, o município comunica que está dentro do prazo de convocação dos aprovados que é de 02 anos contados da homologação.

Ceará não registra morte de profissionais da Saúde por Covid-19 há quase um mês

Mais de 14 mil foram infectados e 24 morreram desde o início da pandemia no Estado. Comitê Internacional da Cruz Vermelha lança campanha para conscientizar a população

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) lançou ontem a campanha “Valorize o Essencial”, que tem como objetivo combater a estigmatização e fomentar o respeito e o apoio às mulheres e homens que estão trabalhando na pandemia. Segundo dados do Ministério da Saúde publicados no início deste mês, 232.992 profissionais de saúde foram diagnosticados com coronavírus e 196 morreram oficialmente por Covid-19 no Brasil. No Ceará, de acordo com informações atualizadas na tarde de ontem pela plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), 14.659 receberam resultado positivo e 24 morreram desde abril, com o último registro de óbito feito no dia 14 de julho. No entanto, apesar de trabalharem salvando vidas, muitos sofrem com o preconceito e a estigmatização.

“A campanha que lançamos tem como objetivo reconhecer e valorizar os profissionais não só da saúde, mas também da assistência social e educação no setor da saúde, ainda que estes estejam menos expostos. Trabalhamos em duas vertentes: junto aos profissionais e gestores municipais e estaduais, dando orientações para reduzir a tensão e o estresse neste momento tão difícil. A outra vertente é a atuação com a população. Infelizmente, temos recebidos vários relatos de profissionais que são xingados na rua e até agredidos só porque trabalham em hospitais”, afirma Lívia Schunk, responsável técnica do programa Acesso Mais Seguro para Serviços Públicos Essenciais do CICV, em entrevista ao O POVO.

“Felizmente, aqui no Ceará, não tivemos conhecimento de profissional de saúde agredido por trabalhar na pandemia. Mas nossa categoria é, sem dúvida, a que mais tem adoecido e morrido”, indica Ana Paula Lemos, presidente interina do Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE). Segundo informações do IntegraSUS, dos 24 profissionais que morreram de Covid-19, oito eram enfermeiros e três, auxiliares e técnicos de enfermagem.

“O motivo é porque estamos em maior número dentro das equipes de saúde – no Ceará, somos de 75% a 80% da força de trabalho da saúde. Outro fator é que somos a categoria que fica ‘beira-leito’ com o paciente. É diferente do médico, que faz a avaliação de um paciente internado mas não precisa estar ao lado dele o tempo todo. Quem faz a assistência é a equipe de enfermagem, o que acaba a vulnerabilizando. E finalmente, há o fato das equipes estarem sobrecarregadas em longos plantões”, enumera.

A técnica de enfermagem Kacia Medeiros, 39, deixou de trabalhar depois de perder o marido para a doença. Francisco Cesar Bernardo da Silva tinha 51 anos e era maqueiro no Instituto Dr. José Frota (IJF). “Ele foi um dos primeiros a morrer de Covid-19. A morte dele repercutiu muito na mídia – inclusive teve gente no hospital que deu entrevista dizendo que ele não queria usar máscara e por causa disso pegou. Mas ele se protegia, sim. Só que ele dava muitos plantões, vivia no hospital. Dizia que não queria deixar os colegas sobrecarregados. Em uma dessas horas, ele pode ter pego, talvez do primeiro paciente que chegou lá. Vai saber. Resta agora só a dor e a revolta”, lamenta.

Fonte: OPOVO