O Município de Farias Brito premiará, com 1 salário mínimo, 103 Professores de 12 Escolas Municipais por terem alcançado melhor desempenho no SPAECE 2018.

Serão premiados os professores das turmas de 2° , 5° e 9° ano que obtiverem nível desejável/  adequado em língua portuguesa e matemática.

A bonificação é extensiva a todos os professores de cada turma premiada.

O programa crescendo com o meu município foi instituído no ano de 2017 e  busca  incentivar e valorizar alunos e professores da rede pública municipal.

Fonte: assessoria

Morre Gabriel Diniz em acidente aéreo: cantor tinha agenda confirmada para a Expocrato e Festa do Pau da Bandeira em Barbalha

Por Rafael Pereira/Agência News Cariri

Cantor Gabriel Diniz morreu na tarde dessa segunda-feira (27) em um acidente aéreo em Sergipe. Dono do hit “Jenifer” havia feito um show em Feira de Santana (BA) no último domingo.

De acordo com informações, ele e mais três pessoas morreram no avião, um bimotor que caiu em um mangue, localizado em Estância , município de Sergipe.

A agenda do cantor já estava confirmada para o Festival Expocrato, em Julho, e a Festa de Santo Antônio de Barbalha em junho desse ano. A produção do cantor foi uma das primeiras a confirmar sua participação na Expocrato ainda em abril. Gabriel Diniz iria cantar no dia 18 de julho, em uma quinta-feira, na mesma noite em que cantam Bruno e Marrone e Léo Santana.

Na festa de Barbalha, o cantor iria se apresentar no dia 05 de junho. A música “Jenifer” se tornou um dos hits mais tocados nas redes sociais e nas rádios do país se tornando um sucesso.

Com dólar alto, gasto de brasileiros no exterior recua 10% nos quatro primeiros meses do ano, diz BC

Os gastos de brasileiros no exterior somaram US$ 5,8 bilhões de janeiro a abril deste ano, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (27) pelo Banco Central (BC).

Com isso, registraram queda de 10,2% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando totalizaram US$ 6,47 bilhões.

Dólar alto

A queda dos gastos de brasileiros lá fora acontece em um momento em que o dólar tem ficado em patamar alto.

Nos quatro primeiros meses do ano, a moeda norte-americana subiu 1,21%, fechando abril em R$ 3,9211. Nas últimas semanas, chegou a bater em R$ 4,10, mas, nesta segunda-feira, opera ao redor de R$ 4,02.

Com o dólar em patamar elevado, as viagens de brasileiros ao exterior ficam mais caras. Isso porque as passagens e as despesas com hotéis, por exemplo, são cotadas em moeda estrangeira. O papel moeda também fica mais caro.

Além da taxa de câmbio, o nível de atividade, que tem impacto no emprego e na renda do brasileiro, também é outro fator que influencia o nível de gastos no exterior.

Mês de abril

Somente no mês de abril, os gastos de brasileiros no exterior somaram US$ 1,493 bilhão. Com isso, foi registrada uma queda de 2,9% frente ao mesmo período de 2018, quando as despesas lá fora somaram US$ 1,538 bilhão. Também foi o menor valor, para meses de abril, desde 2017 (US$ 1,324 bilhão), ou seja, em dois anos.

Gastos de estrangeiros no Brasil

Em abril deste ano, informou o Banco Central, os estrangeiros gastaram US$ 472 milhões no Brasil, com queda frente ao patamar registrado no mesmo mês de 2018 (US$ 499 milhões).

Já nos quatro primeiros meses de 2019, informou a instituição, as despesas de estrangeiros no Brasil totalizaram US$ 2,283 bilhões, contra US$ 2,433 bilhões no mesmo período do ano passado.

Para estimular o turismo no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro assinou recentemente um decreto para dispensar o visto de visita para turistas de Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão que viajarem ao Brasil.

Fonte: Noticias ao minuto

Tesouro Direto registrou vendas líquidas de R$ 1,182 bi em abril

As vendas líquidas realizadas pelo Tesouro Direto em abril somaram R$ 1,182 bilhão, resultado de vendas totais de R$ 2,609 bilhões menos os resgates de R$ 1,427 bilhão do período. No mês, foram realizadas 490.453 operações de venda de títulos a investidores.

De acordo com o balanço do Tesouro Direto divulgado nesta segunda-feira, 27, o título mais demandado pelos investidores foi o indexado à Selic (Tesouro Selic), cuja participação nas vendas de abril atingiu 49,8%. Os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com juros semestrais) corresponderam a 32,6% do total das vendas e os prefixados, 17,6%.

Com relação ao prazo de emissão, 13,9% das vendas no Tesouro Direto em abril corresponderam a títulos com vencimentos acima de 10 anos. As vendas de papeis com prazo entre 5 e 10 anos representaram 80,5% do total e as com prazo entre 1 e 5 anos, 5,6% do total.

Segundo o balanço, a utilização do programa por pequenos investidores pode ser observada pelo número de vendas até R$ 5 mil, que correspondeu a 85,2% das transações ocorridas no mês. O valor médio da operação foi de R$ 5,321 mil.

Estoque

Com o resultado de abril, o estoque do Tesouro Direto atingiu o montante de R$ 59,3 bilhões, um aumento de 2,95% em relação a março e de 23,95% na comparação com abril de 2018.

O maior volume de títulos do estoque são dos remunerados por índices de preços, 55,6% do total. Em seguida, os títulos indexados pela taxa Selic, com participação de 29,2% do estoque e os prefixados, com 15,2%.

Com relação ao prazo, 15% dos títulos do estoque do Tesouro Direto vencem em até um ano. A maior parte, 34,3%, é composta por títulos com vencimento entre 1 e 5 anos. Outros 32% são de títulos com prazo entre 5 e 10 anos, e 18,8% de papeis com vencimento acima de 10 anos.

Fonte: Noticias ao minuto

Compra parcelada pode deixar orçamento fora de controle

Sem que o consumidor se dê conta, compras parceladas podem comprometer mais do que o desejado no orçamento. É o que indica pesquisa do aplicativo Guiabolso feita com 278 mil usuários: 20% deles tinham pelo menos uma parcela de alguma conta para pagar no mês e, destes, um terço tinha mais de 51% da renda comprometida com as parcelas.

Além disso, 20% das pessoas que tinham parcelas a pagar no mês da pesquisa, feita em março, ainda teriam parte do orçamento dos próximos meses comprometida com as compras parceladas. Para 17% dos consumidores desse grupo as parcelas só terminariam depois de mais de 50 meses.

“A gente percebe que o custo do parcelamento pode ser a organização financeira da pessoa”, diz Thiago Alvarez, cofundador do Guiabolso. Ele explica que, mesmo quando não há desconto para o pagamento à vista, parcelar a compra pode não ser uma boa opção. “Ainda que financeiramente haja uma vantagem em postergar um gasto sem juros, planejar os próximos meses fica mais complicado”, afirma.

Para Angela Nunes, da Associação Brasileira de Planejadores Financeiros (Planejar), o problema está na falsa impressão de que determinadas compras cabem na renda mensal apenas por oferecerem parcelas de menor valor.

“Consumo não é uma questão matemática, mas sim de comportamento. Ao ver o valor a pagar por mês e fazer contas mentais, as pessoas acham que o orçamento é elástico”, explica. A planejadora aconselha que, caso opte por parcelar alguma compra, o consumidor já lance o valor nos meses seguintes no planejamento do orçamento. “É preciso lembrar que, quando parcelamos, estamos adquirindo dívidas.”

Conselhos

Em um planejamento que separe 50% dos recursos para gastos essenciais, 15% para investimento e 35% para gastos de estilo de vida – o que incluiu lazer e objetos de desejo -, Thiago Alvarez indica que as compras parceladas não ultrapassem de 15% a 20% do orçamento.

Essa porcentagem ficaria dentro dos gastos com estilo de vida e, preferencialmente, destinada às compras de bens duráveis como eletrodomésticos e móveis. Para quem já se complicou com o parcelamento, a planejadora Angela Nunes indica que, em casos extremos, seja traçada uma “estratégia de guerra”.

“Se a pessoa chegou no nível de comprometer mais de 100% do orçamento com essas compras (o que aconteceu com 16,72% das pessoas pesquisadas que tinham parcelas a pagar), será necessário buscar fontes de renda extra e verificar se empréstimos de longo prazo podem liquidar as dívidas contraídas comprometendo menos do orçamento”, diz. Neste último caso, o empréstimo seria usado para antecipar as faturas do cartão de crédito, serviço que tem uma das maiores taxas de juros do mercado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Fonte: Noticias ao minuto

UFCA abre edital para concurso público com 25 vagas em nível médio e superior

Por Rafael Pereira/Agência News Cariri

Está aberto o edital do concurso público para técnicos administrativos da Universidade Federal do Cariri (UFCA) com 25 vagas em 18 cargos. As inscrições começam na próxima quinta-feira, dia 06 de junho, e segue até o dia 23 de junho. A distribuição dos candidatos a concorrer as vagas são para nível médio e superior.

Segundo a UFCA, “O concurso, com validade de 02 (dois) anos, prorrogável, terá vagas de nível médio para os cargos de Assistente em Administração (06), Revisor de Textos em Braile (01), Técnico de Laboratório – Área Biotério (01), Técnico em Eletricidade (01), Técnico em Enfermagem (01) e Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais (02). Já as áreas de nível superior contemplam os cargos de Administrador (02), Arquivista (01), Assistente Social (01), Engenheiro – Área Elétrica (01), Engenheiro de Segurança do Trabalho (01), Estatístico (01), Médico – Área Pediatria (01), Médico – Área Psiquiatria (01), Pedagogo (01), Psicólogo (01), Sociólogo (01) e Técnico Desportivo (01).”

As inscrições serão feitas no site da Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento a Pesquisa (Fastef), responsável pela realização do concurso. A inscrição será efetivada com o pagamento gerado em boleto.

A previsão da data de aplicação das provas será em 04 de agosto em Crato e Juazeiro do Norte. Caso haja bastante inscritos, a prova poderá ser feita em municípios próximos. Serão dois turnos para aplicação das provas no dia, em 3 horas de duração.

Essas e outras informações, confira no edital clicando nesse link.  

Homem é preso após esfaquear várias vezes mulher gestante durante discussão por aparelho celular em Crato-CE

Por Agência News Cariri

Uma lesão corporal seguido da prisão do acusado foi registrada na cidade de Crato-CE na manhã desta segunda-feira, dia 27.  A vítima identificada por Irislania Naira, de 19 anos, que está nos últimos meses da gestação, foi atingida por vários golpes de faca após uma discussão com seu namorado identificado por Marcelo Souza, de 21 anos.

De acordo com informações, ele foi até a residência dela e após tomarem café da manhã foi iniciada uma acirrada discussão por um aparelho celular que ele havia dado para a vítima e queria de volta para vender.  Em um determinado momento após ela negar entregar o celular ele pegou uma faca e desferiu  vários golpes  contra a gestante, que caiu ao solo ferida.

Após cometer o crime, ele empreendeu fuga por um matagal, enquanto a mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e o SAMU para o Hospital São Camilo, ficando sob cuidados médicos. Em uma rápida operação, as autoridades passaram a iniciar buscas por ele, conseguindo localizar o mesmo momentos depois sendo dada voz de prisão para ele que foi conduzido para a  DRPC de Crato-CE onde ficou a disposição da justiça.