Projeto ‘Incrível Máquina de Livros’ estimula troca de obras literárias no Recife

Até a segunda-feira (21), o Recife recebe o projeto “Incrível Máquina de Livros”, que incentiva a leitura por meio da troca de livros. O carro da iniciativa, que já esteve em 21 cidades de 13 estados brasileiros, está estacionado no Boulevard Rio Branco, no Bairro do Recife, na região central da capital.

A máquina tem capacidade de “transformar” até mil livros por dia, sendo no máximo três por participante. As pessoas podem inserir um livro usado, em boas condições e, apertando um dos botões, receber um novo livro. Há opções de obras para o público infantil e adulto. Neste sábado (19), a ação segue até as 20h. No domingo (20), a máquina funciona das 11h às 20h e, na segunda-feira (21), das 9h às 18h.

Entre as centenas de títulos disponíveis estão clássicos da literatura mundial e brasileira, escritoras infantis de sucesso como Eva Furnari e Ana Maria Machado, além das obras dos autores indicados ao Pêmio Jabuti. Os livros transformados, que podem ser novos ou usados, sempre são uma surpresa.

Os livros inseridos pelas pessoas seão disponibilizados futuramente para outras pessoas e, por isso, não são aceitos gibis, livros didáticos e livros técnicos.

Leitores podem trocar livros já lidos por outros na 'Incrível Máquina de Livros, estacionada no Centro do Recife (Foto: Ana Regina/TV Globo)Leitores podem trocar livros já lidos por outros na 'Incrível Máquina de Livros, estacionada no Centro do Recife (Foto: Ana Regina/TV Globo)

Leitores podem trocar livros já lidos por outros na ‘Incrível Máquina de Livros, estacionada no Centro do Recife (Foto: Ana Regina/TV Globo)

Fonte: G1 Nordeste

Após 12 anos sem partos, criança nasce em Fernando de Noronha

Uma mulher de 22 anos deu à luz uma criança em casa, no bairro da Floresta Velha, em Fernando de Noronha, na madrugada deste sábado (19). Havia 12 anos que não eram realizados partos na ilha. A mãe, uma dona de casa que preferiu não se identificar, informou que não sabia que estava grávida.

O nascimento de crianças não é autorizado no arquipélago. A Secretaria de Saúde informa que o hospital de Fernando de Noronha não tem as condições necessárias para assistir partos.

A administração da ilha divulgou uma nota sobre o assunto, em que confirma o caso e diz que não há registro de qualquer atendimento de pré-natal ou assistência semelhante à família nas unidades de saúde locais. (Veja íntegra abaixo)

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população de Fernando de Noronha é estimada em 3.016 pessoas. Os dados são de 2017.

Surpresa

Para a mãe da criança, o nascimento foi uma surpresa. “Eu fiz exame [de gravidez] e deu negativo. Eu não senti nada durante toda a gestação. Na noite de sexta-feira tive uma cólica e, quando fui ao banheiro, vi um negócio descendo por entre minhas pernas. Aí foi na hora em que o pai da criança chegou e pegou. Era um bebê, uma menina. Eu fiquei paralisada, não sabia que estava grávida”, contou.

O pai da menina também afirmou não saber da gravidez da mulher. “Eu ainda estou nervoso. Eu não sabia de nada, ela acordou a mãe dizendo que estava com uma dor. Nós ligamos para o Samu, mas não deu nem tempo da ambulância chegar. Eu fiz o parto, acho que foi Deus”, emocionou-se o frentista.

O homem, que não tem carro, levou a filha caminhando até o Hospital São Lucas. A mãe da garota também foi levada para o hospital, na ambulância. A mulher já tem outra filha e o primeiro parto foi realizado no continente.

“Se eu soubesse que estava grávida não teria minha filha aqui. Eu teria feito o pré-natal e tomaria as vacinas. Ainda bem que foram feitos os exames e não deu nada. Eu não arriscaria a minha vida nem da milha filha”, disse.

Nota oficial

A Administração de Fernando de Norornha divulgou uma nota oficial sobre o nascimento. Confira a íntegra:

“Neste sábado (19), a unidade hospitalar de Fernando de Noronha realizou atendimento a uma criança recém-nascida, trazida pelo seu pai, e sua genitora. A mãe, que deseja não ser identificada, entrou em trabalho de parto em sua residência, e após o genitor auxiliar no procedimento, o mesmo encaminhou a criança para a unidade hospitalar. A família informa não saber da existência da gravidez, assim como inexiste atendimento de pré-natal ou qualquer outra assistência semelhante nos registros das unidades de saúde em nome da família.

A Superintendência de Saúde ressalta a importância de se fazer o pré-natal, para monitoramento e controle de índices glicêmicos, hipertensão, diabetes, anemia, doenças transmissíveis e etc, incluindo exames de imagem, como USG, que avalia as condições físicas da criança no útero. Todos os cuidados do pré-natal visam identificar qualquer complicação com antecedência, podendo assim serem tomadas medidas emergenciais para garantia da saúde, tanto da mãe como do bebê”.

Campanha de ajuda

Muitos moradores estão comemorando o nascimento da criança, e a família já começa a receber doações. “Eu vim trazer roupinha para a noronhense que nasceu hoje. Para a gente é uma alegria ter uma noronhense nascendo na ilha, finalmente depois de tanto tempo. Estamos nos mobilizando para ajudar a família”, informou a empresária Dora Costa.

Fonte: G1 Nordeste

Para conter alta do dólar, BC fará atuação extra nesta segunda-feira

Com o objetivo de tentar conter a alta do dólar, o Banco Central anunciou que reforçará sua atuação no câmbio na próxima segunda-feira (21). Segundo nota divulgada pela autoridade monetária, serão ofertados 15 mil contratos adicionais de swap cambial no leilão realizado entre 9h30 e 9h40.

A operação equivale à venda de dólares no mercado futuro. Como cada contrato vale US$ 50 mil, a venda totalizará US$ 750 mil nessa intervenção extra.

O BC já vem realizando a chamada rolagem cambial, através da qual renova operações antigas e evita um aumento ainda maior da demanda por dólar.

A autoridade monetária afirmou ainda que poderá rever os montantes a serem vendidos e realizar outras atuações, se necessário.

Em nota, a autoridade monetária disse ainda que sua atuação no mercado cambial é separada da política monetária.

“O Banco Central reitera que eventuais impactos de choques externos sobre a política monetária são delimitados por seus efeitos secundários sobre a inflação (ou seja, pela propagação a preços da economia não diretamente afetados pelo choque). Esses efeitos tendem a ser mitigados pelo grau de ociosidade na economia e pelas expectativas e projeções de inflação ancoradas nas metas.” Com informações da Folhapress.

Fonte: notícias ao minuto

Convocados pelo INSS têm até esta segunda-feira para agendar perícia

s 59,1 mil beneficiários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez que foram convocados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm até esta segunda-feira (21) para agendar a perícia de revisão do benefício. A marcação deve ser feita por meio do telefone 135, das 7h às 22h.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, apenas 11,7 mil pessoas marcaram a perícia. Caso não seja feito o agendamento, o benefício é suspenso. A meta do governo federal é fazer um pente-fino em 1,2 milhão de benefícios por incapacidade ao longo 2018, sendo 273.803 de auxílio-doença e 995.107 de aposentadorias por invalidez.

“Cumprir os prazos estabelecidos é importante para evitar bloqueio do benefício. O MDS faz uma ampla divulgação das convocações para que ninguém seja prejudicado, zelando para que cada revisão pericial médica seja realizada dentro dos mais estritos preceitos éticos e de justiça”, afirmou ao G1 o ministro de Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame.

Quem foi convocado

Os beneficiários que precisam fazer a perícia, mas não foram localizados (seja por endereço desatualizado ou dados incorretos);

Quem recebeu a carta do INSS sobre a necessidade da perícia, mas não agendou a consulta no prazo determinado.

Quem não precisa fazer

Pessoas com mais de 60 anos;

Quem tiver 55 anos e recebe benefício há pelo menos 15 anos.

Fonte: notícias ao minuto