Pelo menos dez ônibus foram incendiados em Fortaleza durante o início da tarde desta quarta-feira (19). As ações ocorreram em diversos bairros. Foram registrados ataques no Barroso, na Aerolândia, Siqueira, entre outros. Um carro da Cagece e da Enel também foram alvo dos bandidos.

Algumas empresas deram ordem para os motoristas pararem de circular. Segundo informações preliminares, o terminal do Antônio Bezerra, da Parangaba e do Papicu estão impedindo a entrada e saída de coletivos. Segundo foi informado pelos fiscais dos terminais, não há previsão de normalização do serviço.

Até o momento, não houve registro de feridos. O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Fortaleza (Sintro) está levantando o total exato de veículos atacados, mas até o momento, há registro de pelo menos 10 ônibus incendiados.

A motivação dos ataques seria uma retaliação a transferência de detentos do Carrapicho para a CPPL II. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ainda não se pronunciou sobre o caso.

COMENTAR