Prefeito de Cedro recebe ameaças de morte e registra boletim de ocorrência

Foto: Reprodução

Publicidade

O prefeito da cidade de Cedro, no Centro-Sul do Ceará, Joãozinho de Titico (PDT), registrou, no domingo (15), um boletim de ocorrência após receber ameaças de morte.

Os recados amedrontadores foram dados em pichações no cemitério São João Batista, em Cedro, com referências a símbolos nazistas, e uma frase pichada em outro prédio público, direcionada ao prefeito: “Joãozinho tem que morrer”.

Em vídeo, publicado nas redes sociais, o gestor afirma que as providências estão sendo adotadas. “(Venho) tranquilizar aqui a comunidade cedrense. Estamos tomando aqui algumas providências, inclusive para fazer a apuração desse crime”, disse o prefeito.

Joãozinho do Titico fez a denúncia na Delegacia de Polícia de Iguatu, e afirmou ter conversado com o secretário de Segurança Pública do Ceará, Samuel Elânio. O caso ficará a cargo da Delegacia de Cedro.

No último sábado (14), vândalos picharam imagens sacras, túmulos e paredes do cemitério São João Batista, com desenhos de suásticas nazistas. A frase com a ameaça direta ao prefeito foi encontrada nas obras de um equipamento de Cedro, no domingo (15).

Publicidade

Leia também