Ceará estima vacinar população de 18 a 59 anos com 1ª dose até agosto

São 1.243.049 pessoas nessa faixa etária cadastradas até 7 de junho.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou nesta terça-feira (8) que existe uma projeção de vacinar a população em geral de 18 a 59 anos, com primeira dose, até o fim do mês de agosto, se “todos os cenários forem favoráveis”. Isso considerando o número de pessoas cadastradas no Saúde Digital, 1.243.049 até 7 de junho, as negociações de compra direta de vacinas de outros laboratórios e o recebimento regular de imunizantes distribuídos pelo Ministério da Saúde.

Em live nesta manhã, a secretaria municipal da Saúde ressaltou que os faltosos de fases anteriores da vacinação contra a Covid-19 serão chamados por idade para receber o imunizante em Fortaleza, conforme afirmou o coordenador da Rede de Atenção Primária e Psicossocial, Erlemus Soares, durante transmissão nas redes sociais nesta terça-feira (8).

“Os faltosos de outras fases agora serão chamados pela idade, então aguarde. A gente começou dos 59 anos, estamos descendo para 58 e assim sucessivamente. Você, faltoso de outra fase, seja trabalhador da saúde, seja comorbidade, seja força de segurança e salvamento, aguarde, você será sim chamado pela idade”, disse Ermelus.

Atualmente a capital cearense está na quarta fase da vacinação e no último domingo (6) passou a imunizar o público em geral contra o novo coronavírus, iniciando pelas pessoas de 59 anos, em ordem decrescente de idade. Por conta disso, cinco categorias deixam de ser prioritárias na vacinação e serão imunizadas com o restante da população.

Fonte: G1/Ceará 

 

Prefeitura no CE anuncia sorteio de kit erótico para o Dia dos Namorados, mas cancela após polêmica

A Prefeitura de Santa Quitéria, no Ceará, através da Secretaria de Cultura e Juventude da cidade divulgou uma ação para o Dia dos Namorados com sorteios de kit erótico e cortesia para motel entre os prêmios. A promoção, divulgada na rede social da pasta, causou grande repercussão e foi cancelada na manhã desta terça-feira (8).

O secretário Salvador Ferreira de Holanda divulgou em sua rede social uma nota de esclarecimento, informando sobre o cancelamento do sorteio após a secretaria ser “alvo de uma chuva de desinformação”.

“A ignorância leva muitos a distorcer a verdade. A todos os nossos seguidores que acompanham o nosso trabalho ao longo desses seis meses, achamos necessário, esclarecer esse ocorrido. E a todos que estavam participando do referido sorteio, pedimos desculpa por ter que encerrar o mesmo. Pois a falta de informação de alguns levou a esse cenário. Em tempos de dificuldades e incertezas continuaremos com nosso objetivo, que é não deixar a cultura morrer”, afirma um trecho da nota escrita pelo secretário.

Ainda segundo Salvador, o sorteio foi pensado com o objetivo de ajudar o comércio da região diante da crise causada pela Covid-19. “A Secretaria de Cutura, juntamente com o comércio do nosso município, preparou e organizou a agenda para nossos casais. Como sabemos, nosso país passa por uma crise financeira muito grande e nosso comércio está precisando de uma ajuda. (…) Com isso, em parceria com alguns parceiros, com o objetivo de ajudar ambas as partes, criamos um sorteio co brindes ofertados pelas referidas lojas”, explica o secretário no comunicado.

Sorteio

 

Regras do sorteio do Dia dos Namorados divulgada pela Secretaria de Cultura de Santa Quitéria. — Foto: Instagram/ Divulgação
Regras do sorteio do Dia dos Namorados divulgada pela Secretaria de Cultura de Santa Quitéria. — Foto: Instagram/ Divulgação

Segundo a publicação divulgada no perfil da Secretaria de Cultura, o sorteio seria feito em parceria com empresas locais, para presentear usuários que acompanham o perfil da secretaria.

Os prêmios foram divididos em quatro categorias: o 1º lugar ganharia um jantar romântico em um restaurante da cidade; o 2º lugar seria presenteado com um buquê de flores; o 3º, um kit erótico; e o 4º lugar seria contemplado com uma cortesia para um motel.

Para participar do sorteio, que estava previsto para acontecer na próxima quinta-feira (10), era necessário curtir a foto do sorteio, seguir o perfil da Secretaria de Cultura e dos três patrocinadores, além de marcar duas pessoas nos comentários.

Fonte: G1/Ceará 

Juazeiro do Norte vai antecipar primeira parcela do décimo terceiro salário dos servidores municipais

A partir da próxima sexta-feira, 11, os servidores públicos de Juazeiro do Norte estarão com a primeira parcela do 13º salário disponível em suas contas.

O anúncio foi feito nessa segunda-feira, 7, pelo prefeito Glêdson Bezerra, através de comunicado oficial, em suas redes sociais.

São mais de R$ 6,6 milhões de reais disponibilizados pela gestão municipal para os 7.002 servidores contratados, efetivos e comissionados.

O montante de recursos deve servir para aquecer o comércio local.

O prefeito destaca o esforço que foi feito para conseguir levantar os recursos e efetuar o pagamento, após sanar todas as dívidas ao longo desse primeiro semestre.

Após chegada de novo lote de AstraZeneca, Nova Olinda inicia vacinação do público geral

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

O município de Nova Olinda recebeu, na noite desta segunda-feira (07), um novo lote de vacinas contra a Covid-19. Foram enviadas, pela Secretaria Estadual de Saúde, 80 doses da Astrazeneca, que será utilizada exclusivamente na vacinação de pessoas com idades entre 18 e 59 anos.

Nas redes sociais, o prefeito Ítalo Brito (PP) comemorou a chegada de mais vacinas. “Continuamos a trabalhar arduamente, para vacinar a maior quantidade de pessoas possível. Desde o início da pandemia nossa cidade sempre se destacou por excelentes índices de vacinação, assim como hoje é uma das poucas cidades da região do cariri, que não foi preciso entrar em Isolamento social rígido”, escreveu o gestor em seu perfil oficial no Instagram.

Com o novo lote, a cidade iniciou ainda ontem a vacinação do público geral, que será cada vez mais imunizado à medida que mais doses forem enviadas ao município.

Mais 2,3 milhões de doses da Pfizer começam a chegar ao Brasil hoje

O primeiro voo com 526 mil doses de vacina contra a covid pousa nesta noite (8), em Campinas (SP), conforme o Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que mais 2,3 milhões de doses da vacina covid-19 da Pfizer começam a chegar nesta terça-feira (8) ao Brasil. O primeiro voo com mais 526 mil doses pousa nesta noite, no Aeroporto de Viracopos, Campinas (SP).

Conforme o cronograma, outras duas remessas de 936 mil unidades do imunizante do laboratório serão enviadas para o país ainda nesta semana.

Vale ressaltar que o governo federalcomeçou a distribuir ao país uma outra remessa de imunizantes da Pfizer, com o mesmo quantitativo (2,3 milhões), mas que chegou na semana passada. Ainda na segunda-feira (7), São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas e o Distrito Federal receberam suas parcelas na divisão. Já os demais estados devem receber suas remessas até quarta (9).

De acordo com o planejamento do Ministério da Saúde, deverão ser entregues no mês de junho mais de 12 milhões de doses do fármaco da Pfizer. Para o período de julho a setembro, estão previstas mais 84,4 milhões.

A pasta distribuiu até o momento 102,9 milhões de vacinas. Deste total, foram aplicadas 71,6 milhões, sendo 48,8 milhões da 1ª dose e 22,8 milhões da 2ª dose. Foram imunizados completamente (1ª e 2ª doses) até o momento quase 11% da população.

Fonte: R7

“Peça ao prefeito, clemência ao povo de Caririaçu”, desabafa vereadora

Por Ronuery Rodrigues 

A Vereadora Adriana Calixto (PSD), repercutiu nesta segunda-feira,7,na Câmara de Caririaçu o panorama da saúde pública da cidade serrana. A parlamentar pediu providência sobre os animais soltos nas ruas da cidade e indagou sobre o Comitê de enfrentamento à Covid-19. Veja vídeo

Em seu tempo regimental, Adriana afirma que tem recebido diversos pedidos de ajuda da população em relação a saúde. “Mas infelizmente não tem como a gente não colocar os problemas da saúde aqui. Não tem como ,senhor presidente. Somos vereadores, os problemas nos chegam e a saúde de Caririaçu está na UTI, há tempos estava e depois dessa pandemia piorou”, desabafou.

Adriana classificou como caótica a gestão da saúde e apresentou problemas como: falta de barreira sanitária para conter a Covid-19, ausência de profissionais de saúde e de medicamentos no Hospital Geraldo Lacerda Botelho e  desorganização no cronograma de vacinação Covid-19.Nas redes sociais, a gestão Edmilson Leite tem recebido diversas críticas, inclusive de aliados. Populares classificam a vacinação no município como uma “bagunça”.

Emocionada, Adriana Calixto disse que o requerimento estava sendo feito aos colegas vereadores, já que a gestão não a responde. “Por Cristo, por Deus do céu. Vocês! é um apelo que eu tô fazendo a vocês, esse requerimento eu tô fazendo a vocês,  vereadores, porque meus requerimentos não chegam a secretaria de saúde, e se chega não tem resposta”.

E continua, “Peça ao prefeito clemência ao povo de Caririaçu. A ala da Covid tá um caos. Os pacientes ficam lá, a família não sabe o que tá acontecendo. Nós sabemos que a família Leite nenhum vai precisar desse hospital. Eles tem plano de saúde, eles tem Unimed, mas o nosso povo não têm”, falou em prantos.

China desenvolve vacina contra covid-19 por inalação

A China se encaminha para a aplicação de uma nova vacina contra o SARS-CoV-2 por meio de inalação. A epidemiologista e virologista Chen Wei e a empresa de biotecnologia CanSino Biologics Inc. desenvolveram o medicamento e destacam várias vantagens em relação à injetável.

Eles informam que, nesta nova vacina, é necessário apenas um quinto da quantidade da vacina injetável do vetor do adenovírus da covid-19. Por outro lado, o produto não requer armazenamento e transporte em caixas frigoríficas.

“Se a vacina for inalada por aerossol, pode formar uma imunidade da mucosa, além da imunidade humoral e celular, normalmente formada pela vacina injetável”, disse Chen Wei, citada pela Euronews. Os investigadores apostam na inalação por aerossol para reforçar a imunidade da mucosa.

O imunizante inalado combina a mesma tecnologia já aplicada pela empresa durante a investigação de uma vacina inalada contra tuberculose e a vacina injetável contra a covid-19, também produzida em seus laboratórios.

“Uma vacina inalada poderá ser mais eficaz do que as injetadas, pois o SARS-COV-2 entra no corpo humano por meio das vias aéreas. Uma vacina inalada pode ativar anticorpos nas vias aéreas, oferecendo proteção extra” diz Xuefeng Yu, executivo da CanSino Biologics.

A atual vacina injetável é de 0,5 mililitros por dose, explicou o especialista de Xangai Tao Lina, citado no Global Times. Segundo ele, a vacina inalada, desenvolvida pela equipe de Chen Wei, pode atingir o mesmo efeito protetor com apenas uma dose de 0,1 mililitro, “isso significa que tem maior eficiência imunológica”.

“A maior eficiência da pode vir da forma como a vacina entra no corpo”, destacou Tao. “É inalado diretamente, o que mimetiza a infecção natural do vírus respiratório COVID-19, e então forma uma imunidade da mucosa”, explicou.

A pesquisadora Chen Wei acrescenta que o imunizante aplicado por inalação poderá reduzir custo da produção e, consequentemente, ficar mais acessível a todos.

Os laboratórios podem produzir cinco vezes mais vacinas inaladas com a mesma capacidade de produção de vacinas injetáveis, o que contribuirá para acelerar a vacinação na China.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL / RTP

Covid-19: Saúde distribui 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer

Seis estados brasileiros e o DF recebem doses ainda nesta segunda

O Ministério da Saúde começa hoje (7) a distribuir um novo lote de 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 a estados e municípios. Ainda hoje, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas e o Distrito Federal receberão suas parcelas na divisão.

Já os demais estados devem receber suas remessas até a próxima quarta-feira (9). As vacinas são destinadas para a imunização dos públicos prioritários que estão recebendo as aplicações segundo o plano de operacionalização: pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e trabalhadores do ensino básico.

O Ministério da Saúde acrescentou que estados e municípios também poderão direcionar as doses para outros segmentos, como trabalhadores de aeroportos e portos, parte das forças de segurança e salvamento e Forças Armadas.

De acordo com o planejamento do Ministério da Saúde, deverão ser entregues no mês de junho mais de 12 milhões de doses da vacina da Pfizer. Para o período de julho a setembro, estão previstas mais 84,4 milhões de doses.

O Ministério distribuiu até o momento 102,9 milhões de doses. Deste total, foram aplicadas 71,6 milhões de doses, sendo 48,8 milhões da 1ª dose e 22,8 milhões da 2ª dose. Considerando a população, foram imunizados completamente (1ª e 2ª doses) até o momento pouco mais de 10% da população.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL