Camilo e Fernando Santana recebem dirigentes do Icasa para discutir apoio ao Clube

O vice-presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Santana, juntamente com dirigentes do Icasa, foram recebidos pelo governador Camilo Santana na manhã desta quarta-feira (03), em seu gabinete, no palácio da Abolição. Na reunião, foi discutido a viabilização de apoio ao Verdão do Cariri, que está na briga pelo título da Fares Lopes e conseguiu acesso à elite do campeonato cearense.

Outra pauta do encontro foi a inauguração da Arena Romeirão, que está prevista para ser finalizada até o fim deste ano. “Também tratamos de outros assuntos que dizem respeito ao futebol na região do Cariri e em nosso Estado”, escreveu Fernando Santana em suas redes sociais.

Estiveram presentes na reunião, o diretor de futebol do Icasa, Kleber Lavor, Elizabete Gonçalves, assessora do clube e o vice-presidente do conselho deliberativo, Zacarias Silva.

Mais de 800 processos por erro médico tramitam na Justiça do CE; entenda como a lei define a conduta

Morte da influenciadora digital de Juazeiro do Norte Liliane Amorim, 26, após complicações de um procedimento estético trazem discussão a tona. Para Conselho, aumento da judicialização pode se relacionar com maior cobrança de pacientes e defasagem em cursos de formação

A família da influenciadora digital de Juazeiro do Norte, Liliane Amorim, 26, que morreu no dia 24 de janeiro após complicações de um procedimento estético, pretende processar o médico que realizou a cirurgia. Casos em que a Justiça cearense é acionada para resolver situações do tipo, porém, não são incomuns. Atualmente, existem 818 processos em tramitação no Ceará referentes a indenizações por danos morais e materiais decorrentes de erro médico, de acordo com levantamento do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE).

O Tribunal não informou as datas em que os processos foram abertos. Contudo, dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que 608 novos processos relativos a erro médico foram abertos no Ceará, entre 2014 e 2019, seguindo uma tendência crescente. Em 2014, foram apenas quatro processos. Já em 2018, o maior da série analisada, começaram a tramitar 245 procedimentos. Em 2019, o número voltou a cair para 62 processos. O Conselho informou que os dados de 2020 ainda não foram consolidados.

Ainda conforme o CNJ, 75% dos processos de indenização por erro médico no Estado ocorrem por danos morais, correspondendo a 455 dos 608 registros. Os 25% restantes, sobre 153 registros, são relativos a danos materiais, como despesas hospitalares e medicamentos. O Conselho explicou, contudo, que pode haver duplicações, porque o mesmo processo pode constar tanto como dano moral quanto por dano material.

Advogada da família fala em negligência

No caso de Liliane Amorim, a advogada da família, Débora Araújo, acredita que houve negligência. Segundo ela, o médico Benjamim Alencar “não orientou como deveria” a paciente no período pós-cirúrgico, quando ela relatava dores após uma lipoaspiração.

Em nota, a assessoria do médico negou erros no atendimento da influencer e declarou que foram cumpridas todas as normas técnicas para a realização do procedimento cirúrgico e do pós-operatório.

Insucessos podem ocorrer, diz SBCP

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) ponderou, também em nota, que, mesmo com as regras médicas sendo “criteriosamente cumpridas dentro da ética e zelo profissional, insucessos podem ocorrer por fatores imprevisíveis que fogem ao controle do médico e da Medicina”. Contudo, lembra que somente “a análise da conduta profissional, dos fenômenos orgânicos da paciente, somados às condições estruturais na realização do procedimento elencado” pode esclarecer as dúvidas sobre cada caso.

O que é o erro médico?

Conforme explica o advogado Ricardo Madeiro, presidente da Comissão de Saúde da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Ceará (OAB-CE), o erro médico se caracteriza como um ato que envolve, necessariamente, negligência, imprudência e/ou imperícia por parte do médico, implicando em um nexo de causalidade. Ele pondera, contudo, que nem todo mau resultado em uma cirurgia significa erro médico, já que todo procedimento médico, por mais simples que seja, envolve riscos.

 

“Há consequências oriundas do ato médico. Pode acontecer um insucesso, mesmo que esse ato seja envolto de diligência, de prudência e de perícia. Então, não pode ser atribuído erro médico nesses casos”, explica.

 

O comprometimento do resultado, avalia o especialista, também pode derivar da própria vítima, que pode concorrer para o resultado quando, por exemplo, não segue à risca as recomendações médicas.

Por isso, segundo Madeiro, é importante que cada caso seja analisado individualmente, com a devida escuta das partes, análise de prontuário e a junção de provas que confirmem as alegações de negligência, que é o desleixo ou desatenção na ação; de imprudência, que configura descuido ou ação precipitada; ou de imperícia, que é a falta de conhecimento técnico para realizar o procedimento.

Se houver a comprovação de que o médico foi negligente, imprudente ou imperito, o paciente ou seus familiares podem solicitar o pagamento de indenização cível. Para isso, não é preciso que tenha ocorrido óbito.

Averiguação com rigor e provas documentadas

O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (Cremec-CE), Helvécio Neves Feitosa, salienta que erro médico não é sinônimo de “mau resultado”. Para ele, todo processo do tipo precisa ser averiguado com rigor e a partir de provas documentadas. “Não pode ser presumido, tem que ser comprovado. Há necessidade de todo um procedimento de apuração para estabelecer essas relações”, destaca.

“Proliferação excessiva de cursos de Medicina”

Na leitura de Helvécio, a maior judicialização dos casos, nos últimos anos, pode estar relacionada a dois fatores. Um deles é o maior nível de informação da população e, consequentemente, de cobranças diante de insatisfações. O segundo é a possível defasagem na formação de novos profissionais após a “proliferação excessiva de cursos de Medicina” no País, desde o início dos anos 2000. “A avaliação da qualidade desses cursos deveria ser bem rigorosa porque a formação pode não se dar a contento, e isso preocupa”, explica.

Riscos envolvidos

Segundo o médico, toda intervenção cirúrgica está sujeita a respostas individuais de cada organismo e a eventos adversos não previstos, como infecções hospitalares. Logo, é importante que o paciente esteja consciente e esclarecido dos riscos envolvidos.

 

“Isso às vezes assusta, mas é necessário. Ele precisa consentir sobre o procedimento ao qual vai ser submetido e ser informado numa linguagem desprovida de tecnicismo. Não podemos prometer resultado, mas devemos envidar nossos esforços para ter um bom resultado”, indica Neves.

 

Quando algum suposto erro médico chega ao conhecimento do Cremec-CE, seja por denúncia dos afetados como por apuração própria, entra em aplicação o Código de Processo Ético-Profissional (Cpep). O profissional é submetido a uma sindicância que pode se tornar um processo paralelo ao judicial, tendo direito a ampla defesa e ao contraditório. Caso seja condenado, está sujeito a medidas que variam da advertência confidencial à cassação do registro profissional. Em segunda instância, ele pode recorrer da decisão ao Conselho Federal de Medicina (CFM).

Fonte: Diario do Nordeste

Governo do Ceará reconhece trabalho dos profissionais da segurança ao promover milhares de policiais e bombeiros militares

Somente nesta quarta-feira foram promovidos mais de 3 mil praças e oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

O Governo do Ceará atingiu nesta quarta-feira (03) a marca de 21.866 promoções de policiais militares e bombeiros, realizadas desde o ano de 2015. Todas as ascensões foram baseadas na lei elaborada pelo governador Camilo Santana, que participou da solenidade que promoveu mais 3.075 militares estaduais, transmitida nas redes sociais. “Foram quase 22 mil profissionais promovidos ao longo desses anos. Na minha primeira eleição, em 2014, eu percorri o Ceará e a maior reclamação dos policiais era que entravam na corporação, muitos saíam e, praticamente, não eram reconhecidos com as suas promoções”, lembrou o governador. “Me comprometi que se fosse eleito governador, um dos meus primeiros atos seria mudar isso e reconhecer o trabalho desses profissionais da segurança pública do Ceará. Quantos profissionais já foram promovidos mais de uma vez, fruto desse compromisso que honramos?”.

Ao assinar o ato de promoção dos militares, Camilo Santana ressaltou que também serão realizadas solenidades regionais de promoção, ainda que oficialmente os mais de 3 mil militares estejam sendo promovidos hoje, a partir da publicação no Diário Oficial do Estado. “Mesmo que sejam realizadas de forma virtual, faço questão de que cada um tenha o seu momento de promoção, de reconhecimento e de valorização. Eu faço sempre questão de participar e reconhecer o trabalho de vocês”. As outras solenidades virtuais acontecerão na Região Metropolitana, em Juazeiro, Sobral, Crateús, Russas e Quixadá. A cerimônia foi realizada no Palácio da Abolição e replicada em 14 outros locais, como quartéis e batalhões militares, de forma online.

Assinada pelo governador Camilo Santana em 22 de abril de 2015, a lei que permite as promoções foi aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais e sancionada no dia 25 de maio do mesmo ano, durante a solenidade de comemoração dos 180 anos da Polícia Militar do Ceará. A medida institui um fluxo regular e automático na carreira dos oficiais e praças estaduais.

Além do reconhecimento ao mérito de cada um dos promovidos, a promoção, de acordo com a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, representa também o aumento de responsabilidade. “Na medida em que se sobe mais um degrau, aumenta a responsabilidade de cumprir os nobres objetivos perante a instituição e com a sociedade cearense, para que possamos garantir o cumprimento da lei e de defesa da democracia, para o bem de todos”, disse a vice-governadora, destacando que uma das causas defendidas pelo Estado é a valorização das pessoas.

Apenas em 2015, o total de promovidos foi de 8.891 militares, se transformando na maior da história das duas corporações, com 10 cerimônias realizadas em nove cidades: Fortaleza, Sobral, Crateús, Canindé, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Iguatu, Russas e Quixadá. Apenas 29 militares seriam beneficiados naquele ano caso a nova lei não tivesse sido proposta.

Sandro Caron, secretário estadual de Segurança Pública, avaliou que as promoções são um merecido reconhecimento ao trabalho dos homens e mulheres que fazem a segurança pública do Estado do Ceará. “Sempre mencionamos os significativos investimentos feitos pelo Governo do Estado em equipamentos e materiais de tecnologia de ponta. Mas é muito importante, também, todo esse trabalho que vem sendo feito, de reconhecimento aos homens e mulheres da segurança pública. Porque sabemos que não há nada mais importante para o sucesso de uma instituição de segurança pública, do que ter profissionais bem selecionados, capacitados e valorizados, segundo o seu merecimento”, disse o secretário, completando que este é um dia de festa e de comemoração.

O coronel Ronaldo Roque, comandante geral do Corpo de Bombeiros, ressaltou que este é um dia de júbilo para o sistema de segurança do Ceará. “É um momento em que a gente percebe que o homem é fundamental nas instituições. A partir do momento que trabalho com a valorização, eu trabalho com a melhoria na qualidade do serviço”, avaliou o comandante. “A promoção para nós significa esse momento único e singular de emoção, mas acima de tudo o momento em que a gente percebe o valor que possui cada um nas tropas. A gente percebe no olhar de cada um a emoção e vontade de contribuir”, apontou o coronel Ronaldo Roque.

Coronel Márcio Oliveira, comandante geral da Polícia Militar do Ceará, falou que o momento tão esperado chegou nesta manhã para muitos dos profissionais. “Um novo degrau é alcançado. A ascensão profissional que é almejada pelos militares estaduais efetiva-se hoje com as merecidas promoções”. A promoção para o militar, de acordo com o secretário, além da ascensão na carreira, representa o reconhecimento da meritocracia. “É a certificação da qualificação e o aperfeiçoamento do profissional de segurança pública. Representa o reconhecimento dos relevantes serviços prestados ao povo do nosso Estado. Que a excelência seja o nosso farol e que as promoções efetivadas hoje, sirvam de incentivo para que continuemos trabalhando em prol da segurança pública do nosso Estado”, exclamou o comandante Márcio Oliveira.

Reconhecimento

O recém promovido segundo-tenente César, comemorou a ascensão na carreira. A felicidade, de acordo com o policial militar, se estende a toda a família, que sempre acreditou na chegada deste momento. “Somos só felicidade por esse reconhecimento que parte do Governo do Estado ao nosso trabalho”.

Ricardo Souto, agora subtenente do Corpo de Bombeiros, após mais de 25 anos na corporação também não escondia a alegria e emoção. “É um sentimento de satisfação em contribuir com a sociedade, exercendo papel heroico, porque a gente dá a própria vida pelas outras vidas”, falou. “Sabemos que temos sempre a recompensa de Deus por dar o melhor e, nos emociona também receber o devido reconhecimento pelo Estado”.

Crato: mutirão de limpeza busca reduzir mosquitos e pragas

O ano teve início com a intensificação da limpeza pública, em Crato. A Coordenação de Serviços Públicos está realizando mutirões de limpeza por todo o município, como medida preventiva à proliferação de focos de mosquitos, como dengue, insetos e pragas. Nesta semana, o mutirão deu início aos trabalhos de desobstrução das vias, podas e capinação, no bairro Seminário.

Durante a quadra chuvosa é comum o crescimento de vegetação nos bueiros e meios-fios da cidade, onde muitas vezes, também é descartado resíduos de forma incorreta, gerando assim um problema de saúde pública por atrair insetos e pragas. Para evitar esses problemas, a Coordenação de Serviços Públicos tem intensificado as ações de limpeza urbana, desde o início do ano.

De acordo com o Secretário de Serviços Públicos, Tota Lobo, esse é um trabalho preventivo, que vem sendo feito em todo o município por orientação do Prefeito Zé Ailton. Após finalizar no bairro Seminário, os mutirões acontecerão nos bairros Mutirão, Alto da Penha, Vila-Lobo, Pinto Madeira, São Miguel e Santa Luzia.

Por suspeita de Covid-19 agência bancária da Caixa Econômica no Crato-CE é fechada para procedimento de desinfecção

A Caixa Econômica da cidade do Crato-CE amanheceu fechada na manhã desta quarta-feira (3). Na porta do estabelecimento foi posto um aviso de suspensão (de forma temporária), dos serviços disponibilizados pela agência na cidade.

“Devido a pandemia do coronavírus buscando garantir a segurança de empregados e clientes comunicamos a suspensão temporária do atendimento prestado na agência Crato durante o dia 3”, diz o aviso.

Informações apuradas pela equipe de reportagem do News Cariri dão conta de que o motivo do fechamento temporário da agência, seria a necessidade de desinfecção do local, após um funcionário da agência ter testado positivo para Covid-19.

Segundo informações, os serviços devem ser normalizados já nesta quinta-feira (4). Contudo, os clientes que necessitarem dos serviços da agência durante o período de suspensão temporária, serão atendidos nas agências de Juazeiro do Norte, localizadas na Rua da Conceição, 361 e na Avenida Ailton Gomes, 2355.

Apesar da crise financeira, prefeitura de Juazeiro quita folha salarial em dia

O prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra, anunciou, na noite dessa terça-feira,2, que a folha de pagamento dos servidores, referente ao mês de janeiro, começa a ser paga hoje, rigorosamente em dia, estendendo-se até o quinto dia útil. Em mensagem nas suas redes sociais, ele destaca que isto só está sendo possível devido à redução de custos em diversos setores, como limpeza pública, gerência em equipamentos da saúde e, até mesmo, gastos com pessoal.

Segundo Glêdson, recebem seus salários, nesta quarta-feira, os servidores efetivos, concursados e comissionados da Secretaria de Educação. A partir de amanhã, haverá o desembolso para o restante do funcionalismo. “Com honestidade, transparência e determinação, vamos honrando os compromissos herdados e os atuais para, futuramente, investimos naquilo que o juazeirense espera da gente na infraestrutura, na saúde, educação”, enfatizou.

Centec oferta 760 vagas em cursos remotos gratuitos no Ceará

Vagas serão preenchidas por jovens e adultos a partir de 16 anos e com renda mensal familiar de até um salário-mínimo, beneficiários do Programa Mais Infância, desempregados ou pessoas em busca do primeiro emprego.

O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) abriu, nesta terça-feira (2), inscrições para 760 vagas em sete cursos remotos gratuitos. A relação dos estudantes selecionados será divulgada na próxima sexta-feira (5) e as aulas acontecerão de 8 a 19 de fevereiro.

As vagas são para os cursos de assistente administrativo, ferramentas digitais, noções de informática, noções de eletricidade com segurança, liderança, técnicas de instalações hidrossanitárias e técnicas de negociação e vendas.

Os interessados podem se inscrever no site do Centec. Podem concorrer as vagas moradores de qualquer município do Ceará, pois as aulas são transmitidas pela internet para preservar a saúde dos alunos, professores e demais colaboradores da instituição durante a pandemia.

As capacitações são ofertadas pelos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) do Centec em Acaraú, Brejo Santo, Boa Viagem, Campos Sales, Fortaleza, Fortim, Horizonte, Jucás, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Massapê, Piquet Carneiro, Quixeré e Viçosa do Ceará, sendo 40 vagas em cada curso.

Inscrição

 

O candidato deve acessar o Sistema de Inscrições do Centec, o SisGet, e realizar um cadastro para criação de login e senha. Como o sistema foi atualizado, pessoas que participaram dos cursos em 2020 deverão fazer um novo cadastro.

É muito importante informar o e-mail e telefone corretamente, pois, após a finalização das inscrições, é através dele que o professor entrará em contato para dar orientações sobre as aulas. Após concluir o cadastro, é só entrar no Sistema com o login e senha recém-criados e efetuar a matrícula no curso desejado.

Um e-mail institucional do Centec será criado para cada aluno aprovado, onde ele receberá as instruções de como participar da capacitação. O e-mail institucional do aluno será válido apenas para o curso e a turma escolhidos e durante o período das aulas, sendo desativado após o término do curso.

Critérios de seleção

 

As capacitações oferecidas pelo Centec, em parceria com a Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), tem o objetivo de favorecer a população que se encontra em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Por isso, as vagas serão preenchidas por jovens e adultos a partir de 16 anos e com renda mensal familiar de até um salário-mínimo, beneficiários do programa Mais Infância, desempregados ou pessoas em busca do primeiro emprego.

Além da lista de alunos classificados, na sexta-feira também será divulgada uma lista com 20 classificáveis.

Só é permitido que cada pessoa participe de um curso por vez e, após a conclusão, um certificado será enviado para o e-mail do aluno.

Como participar das aulas

As aulas são transmitidas ao vivo através dos aplicativos “Google Sala de Aula” e “Google Meet”. O aluno deverá ter um computador, notebook ou celular com acesso à internet (e baixar os aplicativos), com câmera e microfone para interação durante as aulas.

Fonte: G1/Ceará

Icó: Enfermeira fazia empréstimo com documentos de pacientes em UTI

Mulher de 36 anos obteve R$ 3,6 mil em empréstimo no nome de uma paciente. Ela foi afastada da função por determinação da Justiça e indiciada pela Polícia Civil.

Uma técnica em enfermagem da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Icó, no interior do Ceará, foi indiciada pela Polícia Civil por suspeita de fazer empréstimos com documentos de pacientes internados na UTI do local onde trabalhava. A servidora foi desligada da unidade de saúde na terça-feira (2) por ordem da Justiça. Uma vítima do golpe foi identificada.

Conforme a Polícia Civil, a investigação do caso começou há menos de um mês, quando uma mulher de 35 anos procurou a polícia para denunciar que recebia cobranças de uma empresa financeira. Ao verificar a data da aquisição, ela descobriu que o empréstimo foi feito em seu nome no período em que estava internada.

De acordo com o delegado Glauber Ferreira, titular da Delegacia Regional de Icó, a técnica de 36 anos fez um empréstimo de R$ 3,6 mil no nome da paciente. Para realizar o crime, ela tirou uma foto segurando o documento da paciente e solicitou o empréstimo de forma digital.

Devido ao período de pandemia, segundo o delegado, algumas financeiras estão realizando esse tipo de serviço de forma virtual. “O interessado envia os dados e solicita o empréstimo, que passa a ser cobrado junto com a conta de energia”, explicou o delegado.

Investigação de outras vítimas

 

A polícia investiga agora se a servidora cometeu o mesmo golpe usando documento de outros pacientes. “Continuamos com as apurações para identificar outras vítimas, visto que no período em que a suspeita trabalhou no local, mais de 400 pessoas foram internadas. Investigamos ainda se existem outras pessoas atuando em conjunto com a suspeita”, afirma Glauber.

A Polícia Civil orienta as pessoas que se internaram na Upa de Icó que, caso identifiquem cobranças não autorizadas de empréstimos, compareçam à sede da delegacia do município para prestar queixa sobre o caso.

Fonte: G1

SP: nova remessa de insumos da CoronaVac chega nesta quarta (3)

Lote com 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) permitirá a produção de mais 8,6 mil de doses do imunizante

A aeronave que trará uma nova remessa de insumos para produção da Coronavac tem previsão de aterrissagem às 23h30 desta quarta-feira (3) no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo.

O Boeing 777 da LATAM saiu por volta das 21h30 desta terça-feira de Pequim, na China, trazendo 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da fábrica da biofarmacêutica Sinovac Life Sciences que permitirá a produção de mais 8,6 milhões de doses do imunizante pelo Instituto Butantan. A expectativa é que as vacinas comecem a ser entregues ao governo federal no dia 25.

Para o dia 10 está prevista a chegada de outros 5,6 mil litros de insumos, para produzir mais 8,7 milhões de doses. Com esas duas cargas, o Butantan estima que a produção chegue a 600 mil doses diárias entre os dias 25 de fevereiro e 15 de março.

As doses previstas para produção com os insumos que chegam nos dias 3 e 10 deste mês somam, portanto, 17,3 milhões, que serão entregues em março. Junto às 10,1 milhões de doses já em circulação, somam 27,4 milhões as doses de CoronaVac, entre produzidas e a produzir.

O estado de São Paulo solicitou a liberação de outros 8 mil litros de insumos e aguarda a resposta do governo chinês.

Fonte: R7