Hospital Regional do Cariri é premiado como um dos melhores do país para se trabalhar

O Hospital Regional do Cariri (HRC), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Ceará, foi eleito a 6ª melhor empresa do Brasil para se trabalhar na categoria Saúde. Realizado anualmente pela Great Place To Work (GPTW), ranking premiou oitenta instituições da área, incluindo hospitais, clínicas, farmacêuticas e planos de saúde.

Ao todo, 237 empresas se inscreveram na categoria Saúde. Além de realizar pesquisas qualitativas e quantitativas com colaboradores e gestores das instituições, a GPTW analisou critérios como clima organizacional, relacionamento com lideranças, políticas de gestão de pessoas e ações que fortalecem os pilares de credibilidade, por exemplo.

Esta foi a terceira edição consecutiva do ranking em que o Hospital Regional do Cariri figurou entre os dez melhores hospitais do país. “Este prêmio tem um peso diferente, isso porque a conquista dele é, na verdade, uma validação da forma com que temos gerido nossas equipes, o que aumenta nossa responsabilidade de querer fazer ainda mais pelos nossos colaboradores”, afirmou a diretora-geral do HRC, Demostênia Rodrigues.

Atendimento

O HRC é referência para 45 municípios no atendimento a traumas de alta complexidade e de Acidente Vascular Cerebral (AVC) agudo. Atualmente, a unidade conta com cerca de 1.500 colaboradores.

 

Loja distribuirá 100 latas de biscoito em Juazeiro do Norte; saiba como ganhar

Com um cardápio de biscoitos finos artesanais, a Donieda Biscoiteria, que comemora o primeiro aniversário em 2020, resolveu presentear os clientes: a marca distribuirá latas exclusivas com biscoitos finos para as 100 primeiras pessoas que chegarem à loja no dia 26/11, próxima quinta-feira.

A ação acontece na loja da Donieda localizada em Juazeiro do Norte, no bairro Lagoa Seca, a partir de 9h do dia 26/11, enquanto durarem os estoques. Cada cliente só poderá ganhar uma lata. Para fazer a retirada, é necessário levar 2kg de alimento, que posteriormente serão doados para os abrigos de idosos Albergue Sagrada Família e Lar Fraterno Irmã Scheila.

De acordo com a proprietária da Donieda Biscoiteria, além de ganharem os biscoitos, os clientes também estarão recebendo um mimo exclusivo: as latinhas que serão distribuídas foram desenvolvidas pela marca para simbolizar o primeiro aniversário, e só estarão disponíveis durante a ação. “Nosso primeiro ano de atuação foi marcado com muitos desafios, conquistas, alegrias e especialmente com o apoio dos nossos clientes. Essa ação é muito especial, porque conseguimos destinar alimentos a entidades que necessitam bastante”, revela Carol de Mendonça.

Sobre a Donieda Biscoiteria

Localizada em Juazeiro do Norte, na Av. Plácido Aderaldo Castelo, 01 – Lagoa Seca, a Donieda Biscoiteria conta com uma receita de confeitaria familiar, passada de geração em geração há mais de 50 anos. Sob o comando da empreendedora Carol de Mendonça, a marca conta com um cardápio exclusivo de biscoitos finos artesanais, que podem ser encontrado na loja física da Donieda, e no Instagram @doniedabiscoiteria.

Hemonúcleo de Juazeiro inicia campanha de doação de sangue nesta segunda (23)

O hemonúcleo de Juazeiro do Norte inicia hoje (23-11) a campanha Somos Todos do Mesmo Sangue, que tem o objetivo de mostrar a importância da doação durante o período da pandemia. A ação se estende até o próximo sábado (28).

A iniciativa também faz alusão ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro. Na semana do doador, de 23 a 28 de novembro, os hemocentros vão usar a mesma comunicação visual nas redes sociais, para mobilizar mais doadores.

A campanha foi organizada pela Assessoria de Comunicação do Hemoce e desenvolvida de forma voluntária por uma agência de publicidade cearense. Voluntários podem doar sangue no Hemoce de Fortaleza, e nos hemocentros regionais, incluindo Crato e Juazeiro do Norte.

Os hemocentros participantes da campanha são os do Amazonas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso, Bahia, Piauí, Ribeirão Preto, Paraíba, Alagoas e a Fundação Hemocentro de Brasília.

Juíza Kamile Castro adia decisão sobre processo de candidatura de Glêdson Bezerra

O julgamento do recurso que trata sobre o registro de candidatura de Glêdson Bezerra (PODE) para a prefeitura de Juazeiro do Norte, previsto para acontecer nesta segunda (23), não foi incluído na pauta pela juíza relatora Kamile Moreira Castro. Na ordem de deliberações do dia disponibilizada pelo site do TRE-CE, não consta o processo sobre o prefeito eleito de Juazeiro

Com o adiamento, o resultado das eleições em Juazeiro do Norte, oficialmente, segue indefinido, já que o registro de candidatura do vencedor permanece sob júdice. Glêdson Bezerra obteve nas urnas 50.715 votos, mas só será diplomado e assumirá o cargo de prefeito caso consiga autorização judicial.

O processo será julgado pelo pleno do TRE, composto por seis juízes eleitorais. A defesa de Glêdson, representada pelo advogado Dorian Lucena, diz que “nos bastidores, sabemos que há forte desconforto dos julgadores diante da decisão monocrática da juíza e os mesmos demonstram que irão exercer seu papel jurisdicional conforme a Lei e assim reverterão tranquilamente a decisão. Não há, da nossa parte, consideração de que é difícil reverter a decisão. Não sei a quem verdadeiramente a matéria se refere sobre essa parte dos bastidores”.

Reeleito, vereador de Assaré-CE morre de Coronavírus em Juazeiro do Norte-CE

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

O vereador da cidade de Assaré-CE, Edson Silva (PSD), morreu na manhã desta segunda-feira, dia 23, em um dos leitos do HRC em Juazeiro do Norte-CE, vítima do Coronavírus. Ele estava em campanha de reeleição quando apresentou sintomas.

Inicialmente ele foi conduzido ao Hospital Nossa Senhora das Dores naquela cidade, mas após agravamento do seu quadro clínico o mesmo foi transferido para o HRC, onde esteve sob cuidados médicos nos últimos dias. No último dia 15 de eleição ele já estava internado, mas foi reeleito com 565 votos, ficando em sétimo lugar.

No seu lugar deve ficar o primeiro suplente do PSD, Zé Filgueira, que foi eleito com 506 votos. A trajetória de José Edson da Silva (PSD), de 58 anos, na política iniciou em 2004. Ele era professor e natural de Maringá-PR, bem como já havia presidido a Câmara Municipal de Assaré-CE.

Doação de sangue é tema do Papo Saúde da ESP desta terça (24)

A doação de sangue no Ceará será abordada no Papo Saúde da ESP desta terça-feira (24). O projeto é uma realização da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). A transmissão ao vivo começa às 19h no perfil no Instagram @espceara.

A live contará com a participação de Luciana Carlos, diretora-geral do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), unidade da Sesa. Nesta semana, o Hemoce realiza uma nova campanha para incentivar a doação sangue. Com o slogan “Somos Todos do Mesmo Sangue”, a ação também celebra o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro, como forma de homenagear os doadores e sensibilizá-los para a importância da doação de sangue regular e voluntária.

Transmissões

O Papo Saúde na ESP discute com especialistas de várias áreas diversos temas ligados à saúde e ao bem-estar da população. A proposta é, também, promover uma interação entre os seguidores, que podem esclarecer dúvidas e sugerir temas. As transmissões ao vivo ocorrem quinzenalmente no perfil oficial da ESP no Instagram (@espceara).

Serviço

Papo Saúde na ESP
Tema: Somos todos do mesmo sangue: doação de sangue no Ceará
Quando: terça-feira, 24
Horário: 19 horas
Acesse em instagram.com/espceara

Controle de qualidade de água da Cagece é destaque no Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde destacou o Ceará como referência nacional no controle de qualidade da água distribuída à população, que é feito pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). O estado atingiu todas as metas do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua), do Ministério da Saúde, e em uma das quatro metas alcançadas ficou em primeiro lugar do ranking nacional, ao lado de Santa Catarina, sendo os únicos a cumprirem 100% a inclusão dos dados de vigilância.

No Ceará, o preenchimento dos dados no sistema Vigiagua é feito pela Cagece, o que aferiu esse resultado. A eficiência no preenchimento dos dados se deu porque os setores de tecnologia da informação e de controle de qualidade da companhia desenvolveram um método para integrar os dados do sistema informatizado do Laboratório Central da Cagece ao sistema Vigiagua da Vigilância Sanitária. Desta forma, os dados são repassados instantaneamente.

O sistema é alimentado mensalmente e os dados são relacionados às formas de abastecimento dos municípios no Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), um dos principais instrumentos do Vigiagua. Por meio desse sistema são acompanhados o cumprimento do monitoramento e os resultados dos parâmetros que aferem a potabilidade da água.

Para a superintendente de controle da qualidade da Cagece, Neuma Buarque, esse resultado reflete o cumprimento às exigências de cadastro das informações do monitoramento da qualidade da água que a companhia oferta para seus clientes. “Sempre cumprimos rigorosamente os prazos de alimentação das informações e os planos de amostragem validados pela Vigilância Sanitária. Isso traduz nosso respeito e compromisso com a saúde dos nossos cearenses e meu orgulho de fazer parte desse propósito que é promover a saúde da nossa população”, disse.

Reinfecção de covid-19 é improvável por pelo menos seis meses

É o que mostra estudo da Universidade de Oxford

 

É altamente improvável que pessoas que tiveram covid-19 contraiam a doença novamente por pelo menos seis meses depois da primeira infecção. É o que mostra  um estudo britânico feito com funcionários de saúde que atuam na linha de frente da luta contra a pandemia do novo coronavírus.

As descobertas passam tranquilidade a mais de 51 milhões de pessoas no mundo que foram infectadas com a doença, disseram pesquisadores da Universidade de Oxford.

“É uma notícia realmente muito boa porque as pessoas podem ficar confiantes que, pelo menos no curto prazo, a maioria que já pegou covid-19 não pegará novamente”, disse David Eyre, um dos coordenadores do estudo e professor do Departamento Nuffield de Saúde da População, em Oxford.

Autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) gostaram dos resultados. “Estamos vendo níveis sustentados de resposta imunológica em humanos até agora”, afirmou Mike Ryan, principal especialista de emergência da OMS, em entrevista coletiva. “Isso também nos dá esperança para a vacina”.

Maria van Kerkhove, líder técnica em covid-19 para a OMS, acrescentou: “Ainda precisamos seguir esses indivíduos por um período mais longo para ver quanto tempo a imunidade dura”.

Casos isolados de reincidência de covid-19, a doença causada pelo vírus SARS-CoV-2, causaram preocupações de que a imunidade poderia ter vida curta e que pacientes recuperados poderiam rapidamente ficar doentes novamente.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Beneficiário do Bolsa Família com auxílio cancelado pode recorrer

Prazo para o público do programa contestar o cancelamento, tanto do auxílio original quanto da extensão, vai até o dia 30 de novembro

Os beneficiários do Bolsa Família que deixaram de receber o auxílio emergencial tanto o de R$ 600 como o extra de R$ 300, mas que ainda preenchem os requisitos para ter direito ao benefício, podem entrar com o pedido de contestação até o dia 30 de novembro. A solicitação deve ser feita por meio do site do Dataprev (dataprev.gov.br).

Com a mudança do valor das parcelas, 2,9 millhões de beneficiários do programa deixaram de receber a extensão do auxílio emergencial de R$ 300 em quatro parcelas até dezembro. Dos 19,2 milhões de inscritos neste grupo em abril, 16,3 milhões continuaram a ganhar o auxílio.

Outro prazo que está aberto para contestação é para as pessoas cadastradas pelo site da Caixa ou CadÚnico que receberam as cinco parcelas do auxílio original e foram consideradas inelegíveis para ganhar a extensão. Esse grupo pode recorrer até o dia 29 de novembro.

Quem atende aos critérios de elegibilidade deve entrar no site da Dataprev (https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta)e pedir a revisão do cancelamento. Pelo portal é possível acompanhar os pedidos do benefício, verificar os motivos pelos quais um requerimento foi negado. Todo o processo é digital, sem precisar comparecer às agências da Caixa, lotéricas ou postos de atendimento do Cadastro Único.

Requisitos

Criado para diminuir os impactos da crise provocada pela pandemia de coronavírusaos trabalhadores informais e população de baixa renda, o auxílio passou de três parcelas para cinco de R$ 600 cada, no caso de mãe chefe de família, R$ 1.200, e o extra prevê parcelas de R$ 300 até dezembro.

Mas só vão receber a extensão do auxílio aqueles que se enquadram nos novos requisitos estabelecidos. Pelas novas regras, a declaração do Imposto de Renda 2020 será critério de exclusão para quem teve rendimentos superiores a R$ 28.559,70 em 2019 ou bens e direitos de valor superior a R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2019. Quem mora no exterior ou presos em regime fechado também foram excluídos do pagamento.

Com isso, deixaram de ganhar o benefício extra 21 milhões de pessoas, ou seja, 56% do total de 48 milhões elegíveis para as cinco parcelas de R$ 600. O auxílio emergencial foi pago a 67,8 milhões de pessoas, com um total de R$ 242,5 bilhões.

Fonte: R7

Juazeiro do Norte: eleitores têm até 14 de janeiro para justificar ausência nas urnas

Em razão da suspensão do atendimento presencial no Fórum Eleitoral de Juazeiro do Norte, os faltosos poderão justificar pelo aplicativo e-Título, pelo Sistema Justifica, na internet, ou enviando o formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição), acompanhado da documentação que comprove a impossibilidade de comparecimento ao pleito para o endereço eletrônico da sua zona eleitoral: ze028@tre-ce.jus.br ou ze119@tre-ce.jus.br.

O eleitor que vota no Brasil, mas estava fora do país na data do pleito também poderá apresentar justificativa pelo e-Título, pelo Sistema Justifica ou encaminhando o RJE, com documento que comprove a permanência fora do país, para o seu juiz eleitoral. Nesses casos, a documentação poderá ser encaminhada até 60 dias após as eleições ou no período de 30 dias contados da data do retorno ao Brasil.