Crato trabalhando para a implantação de um Centro de Triagem de Animais Silvestres no município

O Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial do Crato Brito Junior se reuniu ontem, 21 de março com o Superintendente da SEMACE Ricardo Lima e o Diretor Regional do Crato Samuel Freire na Sede da SEMACE em Fortaleza para tratar da instalação do Centro de Triagem de Animais Silvestres – CETAS em Crato

Os Centros de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama são unidades responsáveis pelo manejo dos animais silvestres que são recebidos de ação fiscalizatória, resgate ou entrega voluntária de particulares. 

Os Cetas possuem a finalidade de receber, identificar, marcar, triar, avaliar, recuperar, reabilitar e destinar esses animais silvestres.

Centro de Controle de Zoonoses realiza palestras sobre posse responsável

O Centro de Controle de Zoonoses de Juazeiro do Norte deu início neste mês de março a um projeto que tem como objetivo conscientizar a população quanto a posse responsável de animais, abordando temas como vacinação, higienização, alimentação, proteção e bem-estar animal, reduzindo assim o número de abandono de animais.

O projeto será permanente e os momentos acontecem nas tardes de quarta-feira, dia em que o centro disponibiliza o veterinário para consultar os animais da população. Antes do início das consultas, a equipe do CCZ reúne os usuários do serviço no auditório e abordam o tema previamente programado. Durante este mês, o tema abordado está sendo a vacinação.

Segundo a coordenadora do Centro, Roselene Rodrigues, “a ideia é levar informação com relação à imunização, porque muita gente acha que só a vacina antirrábica que é importante para o animal, mas tem muitas outras doenças que acometem os animais, como as viroses, e que as pessoas podem procurar um veterinário, porque às vezes as pessoas têm como comprar a vacina, mas não o fazem por falta de informação”.

O Centro também recebe denúncias de maus tratos com animais, e pretende trabalhar isso através da conscientização. De acordo com Roselene, também será programado palestras com tutores de animais de tração, com o intuito de diminuir esses casos.

O trabalho de conscientização sobre posse responsável está apenas no início e outras ações deverão ser programadas. Para informações sobre vacinação, denúncias sobre animais de tração soltos nas vias públicas municipais ou outros serviços do Centro de Controle de Zoonoses, basta ligar no (88) 98874-3145.

Depois de inviabilizar trabalho da PM, prefeito de Aiuba ataca agora a Educação

O prefeito de Aiuaba Ramilson Morais (foto) parece ter tomado as dores das lideranças do seu partido, o PSD. Depois de inviabilizar a presença da Polícia Militar no município, o prefeito agora ataca a Educação, retirando de serviço o transporte escolar no município prejudicando a centenas de alunos.
No município, há quem diga – e não só a oposição -, que o prefeito age para agradar seus líderes que hoje são oposição ao Governo Camilo Santana.
No início do mês, Ramilson já havia retirado servidores que estavam à disposição da PM, e anunciado que não iria renovar o contrato do imóvel, onde fica situado o posto policial da cidade, bem como mandou retirar todos os imóveis do local.
Revoltada, a população protestou na câmara municipal e ameaça realizar grande manifestação no município, principalmente contra a paralisação do transporte escolar.
A Secretaria de Educação do Estado informa que o repasse para o funcionamento do trasnsporte escolar em Aiauba está em dia.

flaviopintonews

Fernando Santana vistoria obras do Minha Casa Minha Vida no Crato, Juazeiro e Barbalha

Nesta última quarta-feira (22), Fernando Santana, o secretário-adjunto do Gabinete do Governadors, postou em sua página no Facebook que esteve visitado os empreendimentos do Minha Casa Minha Vida de Barbalha, Juazeiro e Crato.
“O governador Camilo solicitou empenho total na solução dos problemas, visitamos com os técnicos da secretaria das cidades, Cagece, Secretario das Cidades Jesualdo, Secretário Adjunto da Casa Civil Quintino e presidente da Cagece Neurisângelo. Vereadores de Barbalha participaram e o prefeito do Juazeiro Arnon nos recebeu em seu gabinete, nesta ocasião sentamos com a empresa responsável pela obra, somente restando o término dos seus serviços para obra ser entregue às famílias”, escreveu Fernando.
O secretário-adjunto salientou ainda que as obras ainda não foram entregues por atraso nos serviços da empresa e que o governador Camilo Santana colocou todos à disposição para ajudar na conclusão. “Dia 30 faremos outra inspeção para ver os avanços e o mais breve possível, as famílias possam receber suas residências”, finalizou.

flaviopintonews

Polícia prende suspeito de liderar quadrilha que praticava homicídios e tráfico de drogas no Grande Recife

Um Homem de 28 anos suspeito de chefiar uma quadrilha que praticava homicídios e tráfico de drogas foi preso no bairro de Maranguape II, em Paulista, no Grande Recife, nesta quarta-feira (22). De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, ele tinha antecedentes criminais por roubo, tráfico de drogas e homicídios. Entre eles, o assassinato de um adolescente de 16 anos devido a uma disputa ligada ao tráfico na região.

Segundo o delegado Adyr Martens, titular de Paulista, o homem foi preso nesta quarta-feira (22) devido a um mandado de prisão referente a um homicídio ocorrido em 2016. “Na localidade, existe uma disputa muito grande entre duas quadrilhas, pelo domínio do tráfico de drogas. Os grupos são formados por pessoas maiores e menores de idade, que praticam muitos homicídios pela briga territorial. Com a prisão desse suspeito, esperamos cessar esse quadro”, disse o delegado.

Na casa do suspeito, foram encontrados uma pistola 9 milímetros com 13 munições intactas e um carro com placa clonada. “Ele é investigado há cerca de seis meses. Cercamos a casa da noiva dele durante a madrugada desta quarta-feira, fizemos campana e conseguimos prendê-lo. Ele não resistiu à prisão e apresentou a arma, que estava embaixo de um travesseiro. O carro encontrado havia sido furtado e já foi devolvido à vítima”, completou.

O suspeito foi autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de uso restrito e receptação de veículo clonado, além de homicídio, associação criminosa e tráfico de drogas.

g1

Governo corta R$ 58,2 bilhões do Orçamento para cumprir meta fiscal

O governo cortará R$ 58,2 bilhões do Orçamento para cumprir a meta fiscal, anunciou há pouco o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. De acordo com a pasta, o contingenciamento (bloqueio) é necessário para compensar a revisão para baixo do crescimento econômico em 2017.

O corte servirá para cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões estabelecida na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para este ano. O governo, até agora, não anunciou aumento de tributos.

Os números foram fechados hoje numa reunião entre o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e o presidente Michel Temer. Ontem (22), Meirelles tinha informado que o governo estava fechando as estimativas de quanto arrecadará com o resultado dos leilões de petróleo e gás e com o programa de regularização de ativos no exterior, também conhecido como repatriação, para definir o volume do contingenciamento e do aumento de tributos.

Originalmente, o Orçamento-Geral da União estimava que o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos) cresceria 1,6% em 2017. Por causa do desempenho da economia abaixo do previsto, no entanto, o governo reduziu a projeção para 0,5%.

Em nota, o Planejamento explicou que a revisão para baixo do PIB e a reavaliação das projeções de arrecadação com certas concessões e vendas de ativos foram responsáveis por reduzir a estimativa de receitas em R$ 54,8 bilhões. Além disso, o governo teve de rever para cima, em R$ 3,4 bilhões, as projeções de gastos obrigatórios por causa de reestimativas de gastos com os benefícios da Lei Orgânica de Assistência Social, créditos extraordinários, fundos de desenvolvimento, subsídios, transferências e multas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A soma dos dois valores – redução de receitas e aumento de despesas obrigatórias – fez o governo cortar R$ 58,2 bilhões dos gastos discricionários (não obrigatórios). A distribuição do corte por ministérios será anunciada em uma semana.

A expansão da economia menor que o previsto afeta a arrecadação federal, reduzindo a receita do governo em relação ao valor originalmente estimado no Orçamento. A equipe econômica aumentou tributos e contingenciou verbas para compensar o desempenho da arrecadação e permitir o cumprimento da meta de déficit primário – resultado negativo nas contas do governo desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública – estipulada na LDO. Com informações da Agência Brasil.