É carnaval!! Você sabia que com alguns cuidados você pode aproveitar ainda mais o feriado?

POR TIBERIO OLIVEIRA 

Para quem vai pular bastante e ingerir bebida alcoólica, a ressaca é certa. Isso pode trazer contratempos como dor de cabeça e indisposição. Para evita-la, tome alguns cuidados simples e curta mais.

Intercale o uso da bebida alcoólica com água, frutas e sucos de fruta. Desidratação é a principal causa da ressaca, então hidrate-se bem.

Outro fator importante é fazer alimentações com frequência. Manter-se alimentado ajuda a evitar hipoglicemia, que pode ter sintomas mais brandos como indisposição até mais graves como desmaios e morte.

Cuidado nos lugares onde se alimenta! Observe as condições higiênicas do local e se os alimentos estão frescos. É bem como ter infecções alimentares nesse período.

A por último, use protetor solar!

Por que você se alimenta assim?

POR TIBERIO OLIVEIRA

Você já se fez a seguinte pergunta: Por que me alimento desse jeito? Muitas pessoas se alimentam mal, mas poucas fazem uma reflexão sobre porque fazem isso. E essa resposta pode ser a chave para ter uma mudança saudável.

A alimentação é o ato de ingerir nutrientes essenciais para o funcionamento da máquina humana. Nutrientes são perdidos nos processos metabólicos orgânicos e precisam ser repostos em quantidades adequadas para a plena saúde. Vendo esse conceito, poderíamos achar que a alimentação seria meramente um fenômeno fisiológico. Porém, o hábito alimentar é determinado por muitas variáveis, que precisam ser muito bem entendidas para que a reeducação nutricional possa acontecer.

Muitos fatores influenciam no que você come, são eles: cultura alimentar local, sazonalidade de alimentos, crenças religiosas, tabus alimentares, grau de escolaridade, preferências individuais, apelos de marketing alimentar, limitações de tempo, do poder aquisitivo, entre outras.

Alimentação envolve fatores complexos que devem ser levados em consideração na busca de uma reeducação nutricional. Compreender esses e acreditar na mudança irá ajudar você a ter uma vida mais longa e saudável.

“VOCÊ PROMETEU COMEÇAR A DIETA ESSE ANO?”

POR TIBERIO OLIVEIRA

Uma das promessas de final de ano mais comuns é iniciar um regime alimentar. Perder peso, alimentar-se melhor são metas para muita gente. Como fazer da forma certa? Que precauções tomar para que não seja somente mais um ano de fracasso na dieta?

A determinação do começo do ano faz com que as primeiras atitudes na rotina alimentar sejam erradas. Muita gente pensa que quanto mais restrita o plano alimentar, melhor o resultado. É importante que o novo hábito seja sustentável e que não seja somente por um curto período.

Para iniciar o ano com o pé direito, preste atenção nas dicas que seguem:

Não siga dietas da moda. Dieta do ovo, da sopa, da água, da lua etc. Essas dietas comuns na internet e em revistas populares são restritas em nutrientes essenciais, causando alterações de humor, piorando a disposição e diminuindo a imunidade. Além de serem monótonas.

Evite dietas muito restritas em calorias. A quantidade muito restrita de calorias não proporciona uma adaptação metabólica, fazendo com que você desista facilmente. Podem também, juntamente com as dietas da moda, causar o “efeito sanfona”, ou seja, com que você perca peso facilmente, porém o peso retorne muito rapidamente. Piorando estrias e causando perda de massa magra.

Elabore uma rotina regular de alimentação, estipule horários para comprar alimentos saudáveis, para preparar suas refeições e, não menos importante, tenha tempo hábil para comer.

Utilize na maior parte de sua alimentação alimentos in natura, evite produtos industrializados.

– Diariamente use frutas, legumes e verduras.

– Insira na sua rotina diária oleaginosas (Castanha de caju, castanha do Pará, amendoim etc).

– Reduza o consumo de sal e açúcar. – Beba bastante água.

Pequenas atitudes somadas e tomadas de forma regular trarão resultados que você nem imagina. Inicie o ano com mais saúde, mude sua alimentação.