LOGO-NEWS-CARIRI

Cidades do interior terão medidas mais rígidas por conta de alerta máximo de contaminação da Covid-19

Polícia realiza abordagens em Fortaleza no primeiro dia de fiscalização do isolamento, nesta sexta-feira — Foto: Halisson Ferreira/SVM

Publicidade

O secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, afirmou que o estado publicará ainda nesta quarta-feira (24) uma recomendação para que alguns municípios cearenses apliquem medidas mais restritivas no combate à Covid-19.

O Ceará passa por um momento crítico da doença, no qual há aumento de infecções, internações em leitos de enfermaria e UTI, bem como crescimento no número de mortes.

Conforme Cabeto, encaixam-se no perfil cidades como Sobral, Santa Quitéria, Iguatu, Crateús, Quixadá, Quixeramobim, Maracanaú, Caucaia e Pacajus. O Ceará já está sob a implementação de um decreto mais rígido, cuja determinação, além do toque de recolher entre 22h e 5h, exige o fechamento do comércio às 20h, durante a semana, e às 17h, aos fins de semana. Os espaços públicos também estão sendo fechados a partir das 17h.

O nível de alerta máximo, explica o secretário, significa dizer que a incidência da doença aumenta diariamente, o risco de óbitos provocados por ela começa a aumentar, e a taxa de ocupação dos leitos atinge o nível crítico.

O Ceará já dispunha de 801 leitos de específicos para a Covid-19 até esta segunda-feira (22), e a meta, segundo Cabeto, é chegar a 1.071 na primeira quinzena de março. Há um mês, esse quantitativo era de 280 em todo o estado.

Fonte: G1

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas