Juazeiro do Norte: Patrulha Maria da Penha segue assistindo mulheres em situação de violência doméstica

Foto: Divulgação/Prefeitura de Juazeiro do Norte

Publicidade

Ações que se tornaram rotina dos Guardas Civis que compõem a Patrulha Maria da Penha (PMP), em Juazeiro, são as visitas periódicas às residências das mulheres que possuem medidas protetivas concedidas pela Justiça. O objetivo é garantir que estejam seguras e que as medidas protetivas estejam sendo cumpridas pelo agressor. Além disso, prestam orientações jurídicas.

Segundo a coordenadora da Patrulha, Mônica Bezerra, muitas mulheres não conhecem seus direitos ou não sabem como proceder legalmente em casos de violência doméstica. A atuação da Patrulha Maria da Penha inclui a tarefa de orientar essas mulheres quanto aos caminhos que devem seguir em busca de apoio e proteção.

Os guardas da PMP fazem, ainda, o acompanhamento, durante o processo judicial, na base do apoio moral e prático até mesmo comparecendo às audiências e a interlocução com o Poder Judiciário. Mônica Bezerra chama a atenção, por fim, para as atividades de prevenção e conscientização em palestras nas escolas, associações comunitárias e outros locais, disseminando informações sobre os direitos das mulheres e prevenindo a violência doméstica em Juazeiro.

Publicidade

Leia também