Veja os benefícios da romã, uma das frutas mais procuradas no final do ano

Foto: Thiara Montefusco

Publicidade

Quando chega o final do ano, mais especificamente na última semana de dezembro, todas as pessoas supersticiosas começam a corrida atrás de romã, considerada a fruta mais desejada da temporada. O produto está sendo comercializado a R$ 35,00/kg na Ceasa em Maracanaú.

Crenças populares dizem que ao ingerir as sementes estamos a um passo de tornar realidade nossos desejos mais profundos. Pelo sim, pelo não, vale a pena ter o alimento na ceia de Natal e Ano Novo. Mas, especialistas em nutrição dizem que pelos inúmeros benéficos que o romã traz para  a saúde, a fruta deve ser consumida o ano todo.

Os arilos (sementes) vermelhos estão cheios de antioxidantes (flavonoides). Quanto mais intensa a cor da romã, mais compostos encontramos. Os flavonoides podem ajudar a manter a saúde das artérias, reduzir o colesterol e prevenir ataques cardíacos, além de retardar o envelhecimento.

Já em relação às atividades cerebrais, a fruta também melhora as funções cognitivas podendo ajudar a prevenir a doença de Alzheimer. A romã também atua no fortalecimento do sistema imunológico e na reconstituição muscular de atletas. Por ser rica em potássio, evita as câimbras e melhora a hidratação do corpo, auxiliando na reposição do que foi perdido na sudorese, durante o exercício.

Por ser uma fruta muito versátil, a romã pode ser consumida em forma de chá, suco, drink, snack, salada, molho, prato principal, doce e em sua forma pura. Além disso, é uma excelente aliada quando o assunto é emagrecimento e alimentação saudável. Suas sementes são doces com um toque de acidez, ideal para os dias quentes de verão.

Fonte: Ascom Ceasa/Helena Demes

Publicidade

Leia também