HRC registra aumento de quase 80% nos atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito entre janeiro e abril de 2022

Desde o início deste ano, o Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) gerida pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), registra altos índices de atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito. De janeiro a abril de 2022, já foram contabilizadas 1.562 assistências no equipamento – um aumento de, aproximadamente, 80% em relação ao mesmo período do ano passado.

Cerca de 41% dos acidentes envolvem motociclistas, em sua maioria do sexo masculino (67%) e em faixa etária economicamente ativa, de 22 a 40 anos de idade (43%). Ocorrências com carros (2%) e bicicletas (2%) aparecem em seguida. Somente em abril, foram 13 acidentes envolvendo bicicletas, mais do que o registrado nos três meses anteriores, quando se somaram 12 ocorrências. O levantamento é realizado com base nas informações repassadas por pacientes ou familiares ao darem entrada na unidade hospitalar, ou seja, pode haver subnotificação.

De acordo com o coordenador do setor de Traumato-ortopedia, Frederico Alencar, além do número de acidentados ser alto, eles ainda demandam mais tempo de tratamento por causa da gravidade dos ferimentos. O ortopedista destaca que “a grande maioria dos acidentados apresenta lesões de membros inferiores, traumas torácico e craniano”. “Muitos dos traumas com fraturas de fêmur, tíbia e bacia apresentam longo tempo de recuperação, desde a realização da cirurgia até processo completo de reabilitação fisioterápica, durando de seis a oito meses, por exemplo”, afirma o especialista, reforçando a necessidade do uso de capacetes, muitas vezes negligenciados, pelos condutores.

Protocolo de trauma

Por ser referência em trauma, o HRC recebe muitas vítimas de acidentes de trânsito. Por isso, há um protocolo exclusivo direcionado para o atendimento desses pacientes.

Diante de uma pessoa que apresenta risco de morte, por exemplo, uma sirene soa em ambientes estratégicos do hospital, fazendo com que as equipes do Centro Cirúrgico, de exames de imagem, da agência transfusional e de outros setores estejam prontos em até 15 minutos para prestar o socorro necessário. Cada caso é avaliado segundo o Sistema de Triagem de Manchester (STM), que estabelece as prioridades clínicas antes do atendimento médico.

Maio Amarelo

O movimento Maio Amarelo foi motivado pela proposta da Organização das Nações Unidades (ONU) em 11 de maio de 2011, quando decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A cor amarela foi escolhida por ser a que remete à advertência no tráfego. A intenção é alertar o poder público, a sociedade civil e a iniciativa privada sobre a responsabilidade de todos por um trânsito mais seguro.

Só duas categorias reajustaram salários acima da inflação em 2022

Os profissionais que atuam com artefatos de borracha (+0,48%) e serviços a terceiros e fornecimento de mão de obra (+0,01%) foram os únicos que conquistaram reajustes salariais acima da inflação nos quatro primeiros meses de 2022.

Os dados, apresentados nesta quarta-feira (25) pelo Salariômetro, da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), mostram que outras 25 categorias tiveram reposição igual ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Renda mensal média dos brasileiros desaba R$ 200 em três anos

Por outro lado, os trabalhadores da área de radiodifusão e televisão (-1,92%), comércio de derivados de petróleo (-1,66%), refeições coletivas (-1,66%) e venda, compra, locação e administração de imóveis (-1,66%) apresentaram as maiores perdas reais entre janeiro e abril.

Mesa de negociação

Em abril, somente 7,6% das negociações produziram aumento salarial acima da inflação de 11,7% acumulada pelo INPC nos últimos 12 meses. De acordo com o levantamento, 47% das negociações encerradas fizeram os trabalhadores amargar uma perda real. Entre as demais, 45,4% apenas igualaram os reajustes do índice.

A pesquisa revela que o reajuste recebido pelos profissionais foi, em média, de 10,7%, o que representa uma defasagem de 0,9% em relação ao índice usado para a correção dos salários mínimos, aposentadorias e pensões. Na análise mediana, que reduz as distorções entre as maiores e as menores variações, os reajustes foram equivalentes à inflação.

Segundo o levantamento, feito com base em dados do Ministério da Economia, as convenções resultaram em retornos maiores, de 11,7, que os obtidos em acordos coletivos (11%). Com a atualização, o piso médio oferecido aos trabalhadores nas negociações ficou em R$ 1.511.

O Salariômetro revela ainda que as projeções mostram que o estreitamento do espaço para reajustes com ganhos reais só é comparável ao período do segundo governo Dilma (2015-2016). A análise avalia que a inflação estimada deve se manter em dois dígitos até a data-base de setembro.

Fonte: R7

Confiança do consumidor cai 3,1 pontos em maio, diz FGV

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 3,1 pontos de abril para maio deste ano. A queda veio depois da alta de 3,8 pontos de março para abril.

Com isso, o indicador chegou a 75,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Os dados da FGV foram divulgados hoje (25).

Segundo a FGV, a queda do ICC foi influenciada pela piora das expectativas dos consumidores brasileiros para os próximos meses. O Índice de Expectativas recuou 5,1 pontos e chegou a 81 pontos, principalmente devido às avaliações sobre a situação financeira da família nos próximos meses.

Já o Índice da Situação Atual, que avalia a confiança no presente, se manteve estável em 69,1 pontos.

Segundo a pesquisadora da FGV Viviane Seda Bittencourt, os resultados dos últimos meses mostram que a inflação e a dificuldade de obter emprego continuam impactando de forma negativa as famílias.

Fonte: Agência Brasil/EBC

Dia Mundial da Tireoide reforça atenção aos cuidados e distúrbios da glândula

Responsável pela produção de hormônios que agem no metabolismo, a tireoide é uma importante glândula do nosso corpo. Nesta quarta-feira (25), celebra-se o Dia Internacional da Tireoide, data que marca o debate sobre o tema. Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostram que o câncer de tireoide é o mais comum na região da cabeça e do pescoço, afetando três vezes mais mulheres do que homens.

No Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), equipamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), são ofertadas – a pacientes encaminhados à unidade pela atenção básica diagnosticados com algum tipo de problema nessa glândula – cirurgias de tireoidectomia total ou parcial e parotidectomia parcial ou subtotal. Após os procedimentos, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) são acompanhados pelos profissionais do hospital.

O médico cirurgião de cabeça e pescoço do HGWA, Francisco Bomfim, explica que a tireoide é uma glândula localizada no pescoço com a função de produzir a tiroxina, hormônio ligado, principalmente, ao metabolismo, sendo fundamental para todas as funções fisiológicas do corpo humano.

Alterações hormonais e nodulares

Dentre as alterações que podem ocorrer na tireoide, estão as hormonais e as nodulares.”As hormonais são o hipertireoidismo, que é o excesso de produção da tiroxina, e que se caracteriza por um excesso do metabolismo (perda de peso, sudorese excessiva, nervosismo, ansiedade, aumento do apetite) e pelo hipotireoidismo, que é a carência de produção deste hormônio. Nas alterações nodulares, nódulos e cistos são formados na tireoide, podendo ser muito volumosos e, eventualmente, viram um câncer“, detalha.

Bomfim detalha que, para a formação desses nódulos, o risco mais bem relacionado é a radiação. “Mas a maioria dos pacientes não tem histórico de exposição à radiação. O fato é que em torno de 3 a 5% de todos os nódulos de tireoide são malignos e que fatores genéticos e dietéticos parecem ser os mais bem relacionados com o risco de aparecimento desse tipo de nódulo“, pontua.

Sintomas

É preciso ter atenção a alguns sintomas, embora o especialista afirme que a maior parte dos pacientes que têm câncer de tireoide não apresentam sintomas até serem examinados por um profissional experiente ou por meio de ultrassom ou tomografia.

“Diante de alteração da voz, dificuldade de respirar ou de engolir alimentos, é importante investigar. Se for identificado um tumor no pescoço, na frente da garganta, ou na lateral do colo, o paciente deve procurar logo um atendimento médico especializado”, orienta.

Autoexame

É possível realizar o autoexame para identificar algum possível problema na tireoide. “Primeiro, vá para frente de um espelho e, com uma boa iluminação, olhe bem para seu pescoço, procurando elevações. Não se esqueça da região parótida. Depois, utilizando sua mão esquerda no lado direito do pescoço, com dois dedos, procure nódulos, variando com movimentos de massagem e pequenos ‘beliscões’. Faça o mesmo do lado esquerdo, usando a mão direita. Por último, utilizando um copo de água potável, beba de um a dois goles e observe o movimento da tireoide, que fica na região mais baixa do pescoço, bem na linha central, procurando possíveis aumentos do volume dessa glândula”, indica Francisco Bomfim. O cirurgião pondera, no entanto, que o mais importante é que, em caso de dúvidas, um profissional deve ser procurado.

Otorrinolaringologista Natália Couto faz alerta sobre os riscos do uso de vapers

Eles têm sido sensação entre os jovens. Com odor, sabor e aparência mais inofensiva, o cigarro eletrônico ou vapers como são chamados, tem sido ponto de preocupação entre os profissionais da saúde.

Segundo a médica otorrinolaringologista, Natália Couto, o cigarro eletrônico pode provocar consequências tão nocivas quanto os provocados pelo tabagismo, e talvez ainda mais rápido que o cigarro. “Por ter um sabor e aroma mais agradável, ele acaba atraindo mais pessoas e o uso desmedido. Para quem acha que essas sequelas só acontecem ao longo de muitos anos, a verdade não é essa” afirmou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) inclusive proíbe a comercialização do cigarro eletrônico, devido ao fato de substâncias liberadas no dispositivo estarem associadas ao desenvolvimento de doenças respiratórias “O que estamos vendo nos consultórios são jovens chegando cada vez mais rápido com sintomas de sinusite, faringite e em alguns casos, irritabilidade nas cordas vocais, deixando a pessoa afônica” destacou a médica.

Composição de um Vaper

Eles trazem, em sua composição, substâncias como nicotina, propilenoglicol e glicerol, ambos irritantes crônicos; acetona, etilenoglicol, formaldeído, entre outros produtos cancerígenas e metais pesados (níquel, chumbo, cádmio, ferro, sódio e alumínio). Para atrair consumidores, são incluídos aditivos e aromatizantes como tabaco, mentol, chocolate, café e álcool

O Ministério da Saúde recomenda 10 passos para parar de fumar
1. Tenha determinação
2. Marque um dia para parar
3. Corte gatilhos do fumo
4. Escolha um método: abrupto ou gradual
5. Encontre substitutos saudáveis
6. Livre-se das lembranças do cigarro
7. Encontre apoio de amigos e familiares
8. Escolha a melhor alimentação
9. Procure apoio médico
10. Troque experiências em um grupo de apoio