LOGO-NEWS-CARIRI

Capacete Elmo: instrutoras da ESP/CE treinam profissionais de saúde no Maranhão

Jackson de Moura e Djalma Júnior/SECOM/AM

Publicidade

O capacete de respiração assistida Elmo começará a ser usado em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) no Maranhão. A partir desta terça-feira (23), profissionais de saúde maranhenses serão treinados por duas instrutoras da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

A fisioterapeuta Lídice Holanda e a enfermeira Rebeca Bandeira – que já havia participado de missão voluntária semelhante em Manaus – serão responsáveis pelas capacitações. A meta é possibilitar que 70 médicos, enfermeiros e fisioterapeutas tornem-se aptos para tratar pacientes com insuficiência respiratória com a terapia do Elmo e sejam ainda multiplicadores das formações para outros profissionais de saúde. Engenheiros clínicos também participarão da formação.

“Temos expectativas maravilhosas em levar informações sobre o capacete Elmo para os profissionais do Maranhão. Isso significa ajudar o nosso País, além de valorizar uma tecnologia criada no Ceará para levar saúde a quem está precisando”, aponta Lídice.

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, que solicitou à Sesa e recebeu em doação 40 unidades do Elmo, é a responsável pela logística dos treinamentos, que seguem até quinta-feira (25). As duas profissionais de saúde voluntárias já receberam as duas doses da imunização da Covid-19.

“Fazemos os treinamentos para que os profissionais estejam cada vez mais aptos para a aplicação do capacete e, consequentemente, ter um retorno positivo dos pacientes. Vamos levar o treinamento ao Maranhão com a mesma metodologia utilizada na ESP/CE”, destaca Rebeca Bandeira.

Metodologia dos treinamentos

As capacitações para uso do capacete Elmo são realizadas em ambiente simulado de um leito hospitalar, permitindo o desenvolvimento de habilidades clínicas. Na capital São Luís, os treinamentos terão a mesma metodologia adotada no Centro de Simulação Realística da ESP/CE.

Dividida em etapas, as formações contemplam a discussão de conteúdo teórico sobre o funcionamento do Elmo, apresentado por um instrutor, a aplicação do aparelho e as habilidades que os profissionais precisam desenvolver, além da experiência prática do manejo do equipamento.

Nesta fase, o treinamento é dividido em estações de habilidades com um passo a passo do uso que envolve a montagem, utilização no paciente simulado – representado por um ator –, desmontagem e desinfecção do dispositivo. O instrutor demonstra as habilidades a serem desenvolvidas em cada estação para, em seguida, os profissionais em treinamento praticarem, sob supervisão, a aplicabilidade do Elmo. Mais de 650 profissionais de saúde do Ceará e de outros Estados já foram capacitados pela ESP/CE.Força-tarefa

O projeto do capacete de respiração assistida Elmo foi idealizado e desenvolvido pelo Governo do Ceará, por meio da Sesa, ESP/CE e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Ceará), Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (Unifor), com o apoio do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) e Esmaltec.

Fonte: Jackson de Moura – Ascom ESP/CE

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas