Subida ao Horto será proibida na sexta-feira da paixão, anuncia prefeitura

A Prefeitura de Juazeiro do Norte emitiu o decreto 630, nesse dia 30 de março, que proíbe a subida ao Horto durante o período de Semana Santa. A partir das 22 horas desta quinta-feira até às 22 horas de sexta-feira, 02, o acesso ao local será permitido apenas para moradores e prestadores de serviços essenciais, mediante apresentação de documento comprobatório.

A medida acompanha as determinações promovidas através dos decretos estadual e municipal, estabelecendo o lockdown, que visam inibir aglomerações durante a pandemia, provocada pelo novo Coronavírus.

O Museu, a Igreja, Estátua do Padre Cícero, bem como a própria Colina do Horto, já se encontram com restrição de acesso. Agora, o novo decreto endurece a fiscalização para evitar a tradicional movimentação de visitantes no local.

Fernando Santana pede a inclusão da imprensa e de pacientes renais no grupo de prioridades da vacinação contra a Covid-19

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Fernando Santana (PT), apresentou, durante sessão ordinária do parlamento estadual, nesta terça (30), dois requerimentos ao Governo do Estado em que solicita a inclusão de pacientes renais e profissionais da imprensa (rádio, televisão e jornais) no grupo prioritário do Plano Estadual de Vacinação.

Nos pedidos, Santana justifica: “São públicos que, pelas características de suas atividades, necessitam de proteção, de maior segurança para exercerem as funções”.

No caso da imprensa, o deputado salienta que “ o trabalho desses profissionais é essencial para a divulgação de medidas de combate à pandemia, como também de fiscalização do cumprimento dessas medidas”. Frisou, ainda, que os profissionais da imprensa se deslocam para diversos locais do Estado em busca de informações, o que acaba “colocando-os em risco de contaminação”.

Profissionais de segurança serão inclusos em grupo prioritário de vacinação, confirma Camilo Santana

O anúncio foi feito pelo Governador do Estado na manhã desta quarta-feira (31)

Os profissionais de segurança do Ceará que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 serão inclusos no grupo prioritário de vacinação, segundo comunicou o governador Camilo Santana no fim da manhã desta quarta-feira (31).

De acordo com Camilo, que fez publicação nas redes sociais para anunciar a medida, a confirmação para a inclusão foi concedida pelo próprio Ministério da Saúde. Por conta disso, o governador agradeceu a Marcelo Queiroga, atual titular da pasta, e ao secretário de Saúde do Estado, Dr. Cabeto, pelas negociações.

“Reafirmamos ao ministro a importância que a categoria fosse incluída na faixa prioritária de imunização“, começou ao relatar como se deu a conversa direta entre a Sesa e o Ministério.

 

Foto: reprodução/Twitter

 

“Nossa luta é também para incluir os profissionais da educação nesse grupo, para que haja o retorno seguro das aulas presenciais”, finalizou Santana no Twitter.

DECISÃO DO MINISTÉRIO

Ainda na terça-feira, o Ministério da Saúde confirmou que irá antecipar a imunização de profissionais das forças de segurança e salvamento, além de membros das Forças Armadas que atuem com equipes de saúde.

A informação foi confirmada por Francieli Fontana, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e, de acordo com ela, critérios específicos foram analisados para a decisão.

“Fomos bastante demandados sobre isso e fomos buscar as atividades executadas. Muitos estão atuando no transporte de pacientes e na vacinação”, afirmou.

No Ceará, Camilo já havia realizado reunião, também na terça (30), com secretários da Segurança e da Saúde para discutir a questão, que foi confirmada nesta quarta.

Fonte: Diario do Nordeste

Mais quatro nomes de foragidos da Justiça são incluídos no Programa de Recompensa do Ceará

 Quatro novos nomes de pessoas que se encontram foragidas da Justiça cearense foram incluídas no Programa Estadual de Recompensa do Ceará. O pagamento para o recebimento de informações relevantes que levem as autoridades cearenses à prisão deles varia entre R$ 5 mil e R$ 7 mil. O prazo para envio de denúncias de outras seis pessoas procuradas por crimes no Estado e que já constavam na lista foi renovado. O canal para recebimento das denúncias continua sendo o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE). As informações prestadas pelo denunciante serão mantidas em absoluto sigilo.

Paulo Diego da Silva Araújo (38), conhecido por “Dino” ou “Universitário”; Alisson de Queiroz Garcia (29), o “Koka”; Ismário Wanderson Fernandes da Silva (31), o “Bacurau”; e Otávio Augusto Monteiro Jardim (23), o “Totó” passam a figurar na lista de pessoas procuradas pela Polícia, cujas denúncias repassadas pela população rendem pagamento em dinheiro. Todos os alvos possuem mandados de prisão em aberto e se encontram foragidos. Os nomes e os valores foram definidos pela Comissão Estadual do Programa de Recompensa.

Seguem na lista e tiveram o prazo para envio de informações estendido até o final de julho: Sancley de Araújo Holanda (41), o “Sadam”; Gilderlan Soares Granja (28), o “Condadinho”; Alexandre Ximenes de Carvalho (31), o “Pica-Pau ou Jacaré”; Rogério Araújo de Freita (27), o “Chocolate”; Carlos Mateus da Silva Alencar (25), o “Fiel” ou “Skidum”; e José Willame Lima Benicio (30).

Programa de Recompensa

O Programa de Recompensa do Ceará tem o objetivo de estimular o auxílio da população nas operações policiais e nas investigações criminais a cargo dos órgãos estaduais de segurança pública. O Programa Estadual de Recompensa foi instituído pela Lei Estadual nº 16.829/2019 e regulamentado pelo Decreto Estadual nº 32.929/2019.

Os valores disponíveis para o pagamento de informações sobre os dez foragidos estarão disponíveis até o dia 27 de julho de 2021, quando vence o prazo final para recebimento de denúncias. Os nomes e os valores de cada um dos foragidos podem ser acessados no site Recompensas.

Alvos

Ismário Wanderson Fernandes da Silva (31) – “Bacurau”

Chefe de uma organização criminosa com atuação no município de Itaitinga (CE) e investigado por diversos homicídios. Possui dois mandados de prisão em aberto por homicídio.

Recompensa: R$ 5.000,00

Alisson de Queiroz Garcia (29) – “Koka”

Exerce função de chefia em uma organização criminosa com atuação no bairro Bom Jardim, em Fortaleza (CE). Atua no fornecimento de drogas e na tomada de decisão de crimes. Possui mandado de prisão em aberto.

Recompensa: R$ 5.000,00

Otávio Augusto Monteiro Jardim (23) – “Totó”

Investigado pela atuação em crimes em cidades da Região Metropolitana de Fortaleza e integrante de uma organização criminosa no Ceará. Tem dois mandados de prisão em aberto.

Recompensa: R$ 5.000,00

Paulo Diego da Silva Araújo (38) – “Dino” ou “Universitário”

Chefe de uma organização criminosa com atuação em Fortaleza (CE). Atua no narcotráfico e é investigado por arquitetar ataques a prédios públicos no Ceará. Possui mandado de prisão em aberto.

Recompensa: R$ 7.000,00

Pagamento

Para receber o valor da recompensa, será observada a relevância da informação para a localização de pessoas que estejam com mandado de prisão pendente de cumprimento. Se a denúncia for determinante para o resultado que se pretende atingir, a comissão deliberará sobre o pagamento dos valores após análise do relatório feito pela autoridade policial encarregada da investigação. A premiação será dividida igualmente nos casos em que mais de uma informação for determinante para o desfecho da missão. Aquele que prestar informações falsas ou de má-fé responderá civil e criminalmente.

Critérios de participação

Qualquer pessoa poderá colaborar com o envio de denúncias, exceto os agentes de segurança pública e servidores administrativos dos órgãos que compõem a Comissão Estadual do Programa de Recompensa. A participação de parentes dos agentes de segurança pública e dos servidores também é vedada.

Disque 181

O Disque-Denúncias é o canal disponibilizado para o recebimento de informações que auxiliem os órgãos de segurança pública do Ceará. As ligações são gratuitas e os números telefônicos não ficam registrados no sistema. O sigilo é garantido.

Foragidos do Programa de Recompensa já localizados
Francisco Cilas de Moura Araújo, o “Mago”: preso no dia 7 de julho de 2020, em Teresina (PI), em uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Ceará.

Alban Darlan Batista Guerra: localizado no dia 31 de julho de 2020, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), após troca de informações entre as Polícias Civis do Ceará e do Rio de Janeiro, sobre o paradeiro do foragido. Morreu em confronto com policiais civis do Rio de Janeiro.

Lindemberg Vieira Viana, o “Detento”: preso no dia 13 de novembro de 2020, em Itaitinga (CE), em operação da Polícia Civil do Ceará com apoio da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS e da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) do Ceará.

Almerinda Marla Barbosa de Sousa, a “Irmã Ruiva”: presa no dia 20 de novembro de 2020, em Jijoca de Jericoacoara (CE), em uma operação da Polícia Civil do Ceará.

Eupídio Fernandes da Rocha, ““Abel”: preso no dia 7 de fevereiro de 2021, em uma pousada no bairro Ponta Negra, na cidade de Natal (RN), pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Vacina da Pfizer é 100% eficaz em adolescentes de 12 a 15 anos

No ensaio com 2.260 voluntários, grupo que recebeu placebo teve 18 infectados; entre imunizados com vacina, nenhum teve a doença

A Pfizer e a BioNTech informaram nesta quarta-feira (31) que a vacina contra a covid-19 é segura e eficaz em crianças de 12 a 15 anos. Além disso, testes demonstraram que os voluntários tiveram uma grande resposta na produção de anticorpos.

A partir de agora, a Pfizer vai entrar com pedido de uso emergencial nos Estados Unidos e espera que as vacinações do grupo possam começar antes do próximo ano letivo, disse Albert Bourla, presidente e executivo-chefe da Pfizer, em um comunicado.

A vacina da Pfizer já está autorizada para uso em pessoas a partir dos 16 anos. O novo estudo oferece a primeira evidência de como a vacina também funcionará em adolescentes em idade escolar.

No ensaio de 2.260 adolescentes de 12 a 15 anos, aconteceram 18 casos de covid-19 entre os 1.129 participantes que receberam um placebo e nenhum entre os 1.131 voluntários que receberam a vacina. O que resulta em 100% de eficácia na prevenção da doença, as empresas disseram em um comunicado. Os dados da pesquisa clínica ainda não serão revisados ​​por pares.

A vacina foi bem tolerada, com efeitos colaterais semelhantes aos observados entre aqueles com idade entre 16 e 25 anos no teste de adultos. Não listou os efeitos colaterais para o grupo mais jovem, mas os efeitos colaterais do ensaio em adultos geralmente foram leves a moderados e incluíram dor no local da injeção, dores de cabeça, febre e fadiga.

A farmacêutica já começou um estudo de fase 1, 2 e 3 com crianças de 6 meses a 11 anos. Na última semana, as primeiras crianças de 5 a 11 anos receberam uma dose do imunizante. A Pfizer/BioNTech deve começar o ensaio de 2 a 5 anos semana que vem e depois entre participantes entre 6 meses e 2 anos. A empresa pretende inscrever 4.644 voluntário no teste e espera resultados até o final de 2021.

Fonte: R7

Senado aprova que empresas contratem leitos privados para o SUS

O Senado aprovou hoje (30) a criação do programa Pró-Leitos, que prevê a possibilidade de empresas contratarem leitos de entidades privadas para uso do Sistema Único de Saúde (SUS) no tratamento da covid-19. O texto vai à sanção presidencial.

O projeto estimula o setor privado, pessoas jurídicas e físicas, a contratar leitos clínicos e de terapia intensiva de hospitais privados em favor do SUS. Em troca, essas empresas e pessoas teriam isenção no Imposto de Renda. O Pró-Leitos firma um teto de R$ 2,5 bilhões em deduções. Essa compensação tributária terá como valor máximo a tabela de remuneração das operadoras de planos de saúde reguladas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A votação ocorreu de maneira simbólica, com várias manifestações divergentes. Alguns senadores criticaram a medida, afirmaram que o texto não traria tantos benefícios, já que o setor privado também se encontra próximo de um colapso, com número excessivo de leitos ocupados.

Além disso, senadores questionaram um artigo que suspende as cirurgias eletivas nos hospitais públicos e privados sempre que os leitos atingirem a taxa de ocupação de 85%. Essa regra tem como exceção os procedimentos oncológicos e cardiológicos. Também houve questionamentos sobre a renúncia fiscal e o uso da tabela da ANS. Parlamentares entendem que se trata de abrir mão de uma arrecadação muito grande em um período de crise econômica.

“Eu entendo que essa renúncia fiscal não seria necessária, afinal de contas, o relator do Orçamento [aprovado no Congresso semana passada] destinou uma emenda para a área da saúde de R$ 9 bilhões, que poderiam ser recursos destinados a Estados e Municípios e que poderiam ser aplicados no enfrentamento da pandemia. Então, não haveria necessidade dessa renúncia fiscal”, destacou Humberto Costa (PT-PE).

O relator do projeto, Weverton Rocha (PDT-MA) defendeu a aprovação do projeto sem alterações de mérito, para não ter que voltar à Câmara, Casa de origem do projeto. “Infelizmente não estamos nesse período confortável e sabemos o que significa um projeto voltar para uma outra Casa”. O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), firmou um acordo para elaborar, junto com o Palácio do Planalto, uma Medida Provisória (MP) caso o projeto seja vetado pelo presidente da República.

Essa MP traria as alterações que, se incluídas no texto hoje, o faria voltar à Câmara. “A proposta que eu faria é a seguinte: vamos aprovar, mas dando a liberdade para que o Presidente da República ou o Ministro da Saúde possam melhorar tudo isso através de uma medida provisória”, disse Bezerra.

Fonte: Agência Brasil.

Covid-19: Brasil tem 3.780 mortes registradas em 24 horas

O Brasil bateu novo recorde de mortes por covid-19 registradas em 24 horas: 3.780. Com essa nova triste marca, superou o maior resultado anterior, do dia 26 de março, quando foram confirmadas 3.650 vidas perdidas para a doença.

O total não considerou os dados do estado de Roraima, que não foram incluídos no balanço diário do Ministério da Saúde de hoje (30).

Com os novos números, a soma de vidas perdidas para doença subiu para 317.646. Ainda há 3.580 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa do óbito só sai após o óbito do paciente.

Já o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 12.658.109. Entre ontem e hoje, foram confirmados 84.494 novos diagnósticos.

O número de pessoas recuperadas foi a 11.074.483. Já a quantidade de pacientes com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.285.980.

Os dados em geral são menores aos domingos e segundas-feiras pela menor quantidade de trabalhadores para fazer os novos registros de infectados e de mortes. Já às terças-feiras eles tendem a ser maiores, já que neste dia o balanço recebe o acúmulo das informações não processadas no fim-de-semana.