Ceará registra 21.077 casos confirmados do novo Coronavírus; Já são 1.413 mortes pela doença

O estado do Ceará tem 21.077 casos confirmados de Coronavírus. Os dados foram atualizados pela secretaria de saúde do estado, e divulgados pela plataforma IntegraSUS, na tarde desta quinta-feira (14).

O número de óbitos ocasionadas pelo Coronavírus no estado subiu para 1.413. No total já são 10.818 casos recuperados em todo o Ceará.

Já são 55.035 exames realizados para diagnóstico de novos casos. Segundo a plataforma integraSUS, o número de casos sob investigação chegou a 35.271 no estado. A taxa de letalidade da doença no estado chegou a 6,7%.

No Brasil já são 201. 366 casos confirmados do novo coronavírus e 13.930 óbitos pela doença. O maior número de mortes no país concentram-se no estado do Amazonas.

Viametro cobra posição da prefeitura e diz que poderá voltar a circular em Juazeiro do Norte

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Concessionária do transporte público municipal em Juazeiro do Norte, a Auto Viação Metropolitana (Viametro Cariri) emitiu um comunicado na tarde desta quinta-feira cobrando um posicionamento da prefeitura a respeito do funcionamento das linhas municipais durante o período de isolamento social. Conforme o texto veiculado no site da empresa, o último decreto publicado no diário oficial do município não faz nenhuma menção ao serviço, ao contrário do decreto estadual, que proibiu a circulação de coletivos intermunicipais.

O comunicado cita o exemplo de Fortaleza, onde a prefeitura regulou o funcionamento da frota municipal, limitando a operação a 30%. Diz ainda que, caso a gestão juazeirense não oficialize nenhuma medida restritiva para esse serviço, a empresa voltará a disponibilizar as linhas municipais, de acordo com o contrato de concessão firmado com a municipalidade.

Veja o comunicado na íntegra:

Ceará Transparente: Plataforma divulga informação dos gastos do Estado no enfrentamento à Covid-19

Uma das principais plataformas de transparência do Governo do Estado, o Ceará Transparente está disponibilizando, juntamente com a ferramenta IntegraSUS da Secretaria da Saúde (Sesa), dados específicos sobre os investimentos do Estado no enfrentamento à Covid-19.

Na página, criada pela Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) para disponibilizar os dados, o cidadão pode encontrar informações sobre os mais de 299 milhões de reais gastos no combate à pandemia.

A disponibilização da página busca, não só manter o cidadão informado sobre o que está sendo feito por parte da gestão pública estadual neste momento de crise, como também evitar a disseminação de Fake News ligadas a atos ilícitos no que tange a aplicação dos recursos públicos.

A escolha do Ceará Transparente como um dos canais de prestação de contas no enfrentamento à pandemia se deu, não só por ser a principal ferramenta de transparência do Estado, reconhecida nacionalmente, mas por ser também uma plataforma muito utilizada pelos cidadãos. Só no último mês de abril, foram registrados cerca de 132 mil acessos, realizados por 78 mil usuários, sendo a grande maioria do município de Fortaleza.

Relatório Mensal do Ceará Transparente – Abril de 2020

Confira

A página da CCovid-19 disponibilizada no Ceará Transparente contém três seções especificas.

Despesas – apresenta os recursos aplicados pelo Governo do Estado no combate ao coronavírus.

Legislação – reúne as principais legislações estaduais e federais emitidas em função da pandemia.

Painel Epidemiológico – elaborado pela Secretaria da Saúde (Sesa), em que o cidadão encontra dados sobre a situação epidemiológica da pandemia da Covid-19 no Ceará.

Acesse: https://cearatransparente.ce.gov.br/

Lotéricas registram baixa procura em Juazeiro do Norte

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Após quase um mês registrando aglomerações e filas que dobravam os quarteirões, as casas lotéricas e agências bancárias de Juazeiro do Norte estão com baixa procura. A movimentação de clientes nas dependências da lotérica da Rua São Francisco, por exemplo, se manteve regular ao longo da manhã desta quinta (14). O estabelecimento fica situado ao lado do Banco do Brasil, que também não registra aglomerações desde a semana passada.

A queda no fluxo de pessoas se deu após a conclusão do pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial para os que são considerados elegíveis até agora, ou seja, tiveram o benefício aprovado. O Ministério da Cidadania deve anunciar o calendário da segunda parcela até amanhã. A expectativa é que os saques sejam autorizados já para a próxima semana, motivo pelo qual as agências e lotéricas deverão ser procuradas por centenas de pessoas novamente.

O desafio será evitar novas aglomerações para reduzir os riscos de contágio pela covid-19. A Caixa da Rua da Conceição, um dos estabelecimentos mais procurados pelos beneficiários, já instalou tendas e demarcou espaços na via para acomodar os clientes e evitar as cenas registradas dias atrás.

Cariri: 13% dos exames processados pelo Lacen deram positivo

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

O Laboratório central de saúde pública, em Fortaleza, já realizou cerca de 1.170 exames para covid-19 em pacientes de municípios da região do Cariri. Desse total, 160 atestaram positivo para a doença, ou seja, 13% das amostras processadas até o momento.

Entre as pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, 75 já são consideradas curadas clinicamente, representando 46% dos casos confirmados. A estatística ruim se refere às mortes. Até aqui foram 16, fixando a taxa de letalidade na região em 10%.

O município de Juazeiro do Norte continua sendo o maior foco de contágio da doença no Cariri, com 47 casos confirmados e 7 óbitos. Conforme dados da plataforma Integrasus, dos 29 municípios da região, apenas Altaneira, Granjeiro, Jati, Penaforte e Tarrafas ainda não registraram casos da covid-19, no entanto todas apresentam pelo menos um caso suspeito.

Pesquisadores desenvolvem testes rápidos para detectar coronavírus

Meta é buscar metodologia de baixo custo para diagnóstico da covid-19

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), no estado de São Paulo, desenvolvem um tipo de dispositivo para identificar a covid-19 em pacientes infectados em ambientes contaminados e nas redes de esgoto, por meio de um sensor eletroquímico para a detecção, na saliva da vítima, de pelo menos três sequências do genoma do vírus.

Segundo o líder do projeto, Ronaldo Censi Faria, pesquisador do Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia da UFSCar, o objetivo é desenvolver uma metodologia simples e de baixo custo para o diagnóstico do novo coronavírus. A plataforma de testes descartável fará uso de materiais de fácil acesso e equipamentos simples e também permitirá a análise de diferentes amostras simultaneamente.

Faria explicou que o dispositivo do teste rápido tem vários canais onde a saliva do paciente é inserida. Esses compartimentos contam com quatro chips sensores programados para identificar pedaços do RNA (ácido nucleico) do vírus.

“A detecção se dá por eletroquimiluminescência, ou seja, a partir da reação eletroquímica entre o sensor e o RNA do vírus ocorre a emissão de luz. Com isso, se o sensor detectar pelo menos uma das sequências de RNA, um ponto de luz irá surgir, indicando que o paciente está infectado”, disse.

O sensor surgiu em um dispositivo de baixo custo patenteado, já que, em 2017, a equipe de Faria desenvolveu um dispositivo semelhante para a detecção de biomarcadores da doença de Alzheimer.

A metodologia usada nos testes da covid-19 é uma adaptação de vários dispositivos que estão sendo desenvolvidos nos laboratórios para identificar a ocorrência de outras doenças, como câncer, leishmaniose, hanseníase e zika, além do Alzheimer. Entretanto, ainda não há previsão para que o dispositivo seja comercializado.

Biomarcadores

“O nosso laboratório tem experiência no uso de biomarcadores proteicos para a identificação de doenças. Alguns deles já eram marcadores conhecidos que utilizamos em dispositivos, outros eram biomarcadores novos, como o caso do dispositivo para detectar Alzheimer. Nesse novo projeto usaremos marcadores de RNA, partes da sequência de RNA que foram separadas pelo pesquisador Matias Melendez, que integra o nosso grupo”, afirmou.

Segundo o pesquisador, também estão sendo feitos testes com sensores para identificar o coronavírus em ambientes como casas, ruas e escritórios, e no sistema de esgoto. “Como já temos uma metodologia, é do nosso interesse adaptá-la para diferentes usos, desde que seja possível identificar um biomarcador para a doença”, explicou.

Faria disse ainda que, para atingir o RNA, é preciso uma solução para “quebrar” o vírus e expor o material genético a ser detectado pelo sensor. “Ao identificar o capsídeo, será possível detectar o vírus diretamente, o que abre um leque de possibilidades, como criar um dispositivo para identificação em sistema de esgoto ou no ar. Com isso, seria possível monitorar a distância o ambiente externo e mapear a contaminação de áreas pelo esgoto ou por coleta de material particulado na atmosfera”, esclareceu.

Os estudos têm o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e de um edital do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Fonte: Agência Brasil

Mãe caririense raspa a cabeça em apoio ao filho de 2 anos que está em tratamento de um câncer no olho

Por Monike Feitosa

Karina e o esposo deixaram o Cariri mês passado para acompanhar João; conheça como você pode ajudar na campanha

A decisão foi imediata! Logo que o câncer no olho do João Ananias foi descoberto e ele iniciou o tratamento em Fortaleza, mês passado, antes do dia das mães, os pais decidiram acompanhar o filho e o gesto de solidariedade emocionou familiares, amigos e acompanhantes das outras crianças.

“Se eu pudesse daria meu olho, meu braço, minha perna. Raspar o cabelo não é nada demais pra mim e para meu esposo, afinal cabelo cresce. A nossa atitude é para que o João, agora careca, olhe pra gente e sinta que estamos com ele, que ele está diferente, mas não está só ”, conta a confeiteira Karina Santos.

A família está na casa da Acold – Associação Comunitária Lucas Dantas, em Fortaleza, que acolhe crianças, jovens e familiares com câncer do Cariri quando são transferidos para tratamento de quimioterapia e radioterapia no Hospital Albert Sabin, na capital. A Acold também tem casa de apoio em Barbalha, no Conjunto Nossa Senhora de Fátima, mas como o tipo de câncer do João não trata no Hospital São Vicente, a família está na capital há cerca de um mês e deve ficar por lá até janeiro do ano que vem.

A descoberta da retinoblastoma no João Ananias, de 2 anos, foi um grande susto. Os pais tiveram que pedir demissão do emprego para acompanhar o tratamento do filho caçula; a filha mais velha do casal ficou no Cariri com parentes.

Sem renda fixa, a família do João Ananias criou uma “vaquinha on line” para que as pessoas possam ajudar:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/tratamento-de-retinoblastoma-karina-maria-dos-santos-cartaxo

Quem preferir fazer depósito ou transferência na conta da mãe do João na Caixa Econômica Federal, seguem dados:

Karina M Santos Cartaxo
Agência : 3587
Op: 013
Conta: 8707-9

“Toda ajuda é importante e bem-vinda para despesas dele, como fralda, produtos de higiene, alimentação e nossas também, que ficamos sem
Trabalho”, conta Karina.

Sobre enfrentar o câncer infantil, esse tipo diagnosticado no João, segundo INCA acomete de crianças de 0 a 5 anos, no Brasil. Nos casos mais graves, o olho precisa ser retirado, nos menores, a criança continua enxergar normalmente.

“Tudo que estiver ao meu alcance será feito! Tenho fé e vamos lutar. João não me pertence, ele é de Deus e eu sou apenas a mãe dele. Então, qualquer que seja a vontade de Deus, eu recebo! Agradeço a acolhida da Acold e a todos que deixam suas doações aqui. Deus abençoe”, diz Karina.

Juazeiro: novo decreto mantém funcionamento do serviço delivery

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Ao contrário do que vinha sendo especulado até ontem, o novo decreto de isolamento social publicado pela prefeitura de Juazeiro do Norte permite o funcionamento dos serviços de entrega de estabelecimentos comerciais. Veja o trecho do documento que trata sobre isso:

“1° No período de que trata o caput, deste artigo, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres, poderão funcionar apenas por serviços de tele entrega (delivery), inclusive por aplicativo, sendo terminantemente proibido, em quaisquer casos, o atendimento presencial de clientes nas suas dependências ou na frente do mesmo, ressalvado o drive-thru sem aglomeração na frente do estabelecimento;”

O funcionamento em regime delivery também é permitido para os estabelecimentos considerados não essenciais, sendo essa a única forma permitida de operação. Isso possibilita, por exemplo, que uma empresa que comercializa cosméticos faça entrega do produto em domicílio.

Leia o decreto na íntegra:

https://www.juazeirodonorte.ce.gov.br/diario-oficial/