Governo do Ceará recebe mais 30 respiradores para equipar novos leitos de UTI

Desembarcou na tarde deste sábado (2), em Fortaleza, um lote de 30 respiradores mecânicos (Luft 3 A/C), enviados pelo Ministério da Saúde para o Governo do Ceará. Essa ação já é resultado da última reunião que o governador Camilo Santana teve com o ministro NelsonTeich, no qual pediu atenção ao Ceará devido ao avanço da contaminação do coronavírus, e da necessidade da habilitação de novos leitos criados pelo Governo em UTIs.

“Com mais 30 respiradores enviados pelo Ministério da Saúde poderemos equipar novas UTIs públicas exclusivas para pacientes com Covid-19. Será uma importante ajuda para salvar vidas neste grave momento. Agradeço ao Governo Federal”, agradeceu o governador. O Ceará já habilitou mais de 1 mil novos leitos em todo o estado, destas, já ultrapassou de 400 os leitos equipados com UTI.

Mais respiradores

Na transmissão pela internet na última quinta-feira (30), Camilo Santana já havia confirmado que um avião da China chegará até a próxima quarta-feira (6) com mais 300 respiradores comprados pelo Consórcio Nordeste, sendo que 30 deles virão para o Ceará. “Mais uma medida que reafirma a importância da união dos estados do Nordeste no combate à essa pandemia, e que chegarão para ampliar a rede de leitos com UTI no nosso Estado”, afirmou na ocasião Camilo.

Além destes, o Governo do Ceará, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, já ganhou na Justiça Federal, através do Ministério Público do Ceará (MPCE) e o Ministério Público Federal (MPF), o direito de receberem outros 94 respiradores, que estão de posse da União. A empresa, que tem sede em Cotia (SP), deixou de entregar os respiradores destinados a equipar unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) em território cearense. De acordo com a Intermed, as máquinas teriam sido retidas pelo Ministério da Saúde. “Essa decisão foi uma grande vitória para o Ceará, e vai nos possibilitar abrir mais 94 leitos aqui em Fortaleza”, celebrou Camilo Santana.

Carros fumacê concluem terceiro ciclo de pulverização em Juazeiro do Norte

Está sendo concluída, nos próximos três dias, a pulverização de inseticida por meio dos carros fumacê enviados pelo Governo do Estado do Ceará, em parceria com a Prefeitura de Juazeiro do Norte.

Nesta sexta-feira (01), sábado (02) e segunda-feira (04), os sete carros farão o terceiro ciclo de pulverização nos bairros São José, Frei Damião, Jardim Gonzaga, Triângulo, Lagoa Seca, João Cabral, Pirajá, Franciscanos, Planalto, Campo Alegre, Cidade Universitária, Timbaúba, Limoeiro e José Geraldo da Cruz. O primeiro ciclo foi realizado entre 17 e 20 de abril, e o segundo ciclo de 24 a 27 de abril.

A escolha desses bairros se deu com base nos que apresentaram os maiores índices de infestação do mosquito Aedes aegypti. Nos demais bairros, a Secretaria da Saúde, por meio do Núcleo de Controle de Endemias, já está realizando também o bloqueio químico com inseticida.

Mesmo com essas medidas, é de fundamental importância que a população contribua para o combate à dengue, zika e chikungunya, eliminando e limpando regularmente os locais que possam acumular água e servir como foco de reprodução do Aedes.

Devido à pandemia do coronavírus, o Ministério da Saúde recomendou, por meio da Nota Informativa de nº 8/2020, que os Agentes de Endemias não entrem nas residências durante as visitas, mas que realizem o trabalho apenas na área peridomiciliar, ou seja, no entorno dos domicílios. Logo, aumenta a responsabilidade dos moradores com os cuidados dentro dos imóveis.

Governo vai prorrogar isolamento social e criar 100 novos leitos de UTI em uma semana

Em coletiva de imprensa realizada no Palácio da Abolição na noite desta sexta-feira (1º), o governador Camilo Santana revelou a preocupação com a velocidade com que o vírus Covid-19 tem se propagado no Estado e, principalmente, na capital cearense. Diante desse cenário antecipou que o decreto de isolamento social será prorrogado por tempo ainda a ser anunciado, e falou do reforço na estrutura de atendimento. Também participaram da coletiva o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e os secretários de Saúde do Estado e do município, Dr. Cabeto e Joana Maciel, respectivamente.

Camilo Santana mais uma vez apelou para que a população respeite o isolamento. “É importante o apelo que fazemos à sociedade sobre o isolamento social. Temos visto muitos descumprirem o decreto de distanciamento social e acompanhando o agravamento e aumento dos números em todo o estado. Com certeza faremos a prorrogação do decreto que vence na próxima terça-feira (5) e estamos avaliando a necessidade de endurecermos as medidas em Fortaleza”.

O governador informou que durante todo o final de semana haverá reuniões onde serão tomadas decisões importantes. “São decisões como a que tomamos hoje. Temos uma meta de até o final da próxima semana implantar mais 100 leitos de UTI na capital. Para isso, toda a nossa equipe tem trabalhado e vai trabalhar nos próximos dias. A situação é grave e se continuar da forma que está, não vamos ter condição de atender a toda a população. Estamos chegando perto do limite, mesmo com o esforço diário do Estado e Prefeitura ampliando os nossos leitos”. Essa ampliação, de acordo com o governador, envolverá a estrutura do Centro de Formação Olímpica, em Fortaleza. “Vamos aproveitar o Centro de Formação Olímpica para ampliar a rede de atendimento em Fortaleza nos próximos dias para garantir atendimento aos casos menos graves”.

O prefeito Roberto Cláudio alertou para o cenário grave estabelecido atualmente no Ceará. “É um cenário difícil e a gente só vencerá essa luta se cada um de nós entender que esse é um desafio de cada um. Há o papel do poder público, o papel da Justiça, da imprensa e há o papel de comportamento de responsabilidade de cada cidadão que ama a sua família, seus vizinhos e sua comunidade”.

Segundo Roberto Cláudio, a atitude irresponsável dos que insistem em descumprir o isolamento social coloca em risco não apenas a sua própria vida. “Vemos cidades muito ricas, onde praticamente não há pobreza, com sistema de saúde bem estruturado vivenciar a realidade de paciente morrendo por falta de leitos, por não ter aderido com responsabilidade o isolamento social”.

Secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto avaliou que se o Estado não tivesse feito tudo o que já foi feito, o cenário seria muito mais crítico. “Isso é uma prospecção em cima de uma realidade que pode ser mudada. O que estamos falando é do esforço que as pessoas têm feito para dar a maior qualidade no atendimento, para fazer isso com a maior responsabilidade, obedecendo critérios técnicos e científicos e tentando passar o que é verdadeiro, de maneira transparente, disponibilizando dados no Integrasus. De um dia para o outro pode mudar, depende de todos nós, do setor produtivo, da sociedade civil, das organizações, da academia e de nós governo. Temos tentando ultrapassar aquilo o que a gente é capaz”.

Joana Vasconcelos reforçou que pacientes do grupo de risco que sintam qualquer sintoma da Covid-19 precisam procurar os serviços de saúde o mais rápido possível. “Os equipamentos do Estado e do Município estão preparados e fortalecidos. Já recebemos mais de 160 médicos, antecipamos a chegada do Médico Família em Fortaleza, em parceria com o Governo do Ceará, recebemos também médicos do Mais Médicos, equipamos todos os postos de saúde da capital com o oxímetro e caso o médico identifique a necessidade de internação, eles serão encaminhados para as unidades de referência”, relatou a secretária municipal de Saúde.

GOL ajusta malha aérea essencial de maio e oferece mais opções para o Nordeste

Sempre pensando nos Clientes que realmente precisam viajar neste momento ou transportar itens de urgência, a GOL Linhas Aéreas, maior Companhia aérea do País, anuncia atualizações em sua malha essencial de maio, incluindo novas rotas para o Nordeste nas cidades de Fortaleza, Natal, Salvador, João Pessoa e Recife, por meio de voos adicionais a partir de 24/05.

Com a expectativa de leve aumento da demanda, a GOL expande as operações no Aeroporto Internacional de Fortaleza (FOR), no Ceará, para três destinos: Brasília (BSB), com três saídas semanais; Galeão (GIG), no Rio de Janeiro, com cinco decolagens; e Recife (REC), com três voos (terça, quinta e domingo).

No Rio Grande do Norte, o aeroporto de Natal (NAT) passa a se conectar com o Galeão, com três saídas semanais. Já o Aeroporto de Salvador (SSA), na Bahia, fará ligação com os aeroportos de Brasília, com três decolagens na semana, e Galeão, operando três voos.

Em Pernambuco, o Aeroporto Internacional do Recife terá três novas frequências para Fortaleza, Brasília (escala em Fortaleza) e para o Galeão. Na Paraíba, o aeroporto de João Pessoa (JPA) passa a contar com três voos semanais para o Galeão, no Rio de Janeiro. Todos esses voos serão adicionais, com vigência a partir de 24/05 e sujeitos a alterações.

Malha essencial

É grande a similaridade da malha essencial de maio com a de abril, tanto que o aeroporto internacional de Guarulhos (GRU) se mantém como hub principal – ponto de conectividade com as capitais estaduais brasileiras. Agora são 51 voos diários e outros 17 adicionais (a partir de 24/05) para todo o Brasil, ante os 50 do mês anterior. A GOL entende que a agilidade para fazer movimentações que incrementam com cautela suas operações é necessária em momentos de estagnação como esse que o setor aéreo está vivendo, assim como a retração deve ser rapidamente implementada em períodos de baixa. A Companhia ressalta que alguns cancelamentos e alterações podem ser necessários no período, sobretudo em relação aos voos adicionais.

Regras e procedimentos para remarcações e cancelamentos

Durante a crise da Covid-19, a GOL flexibilizou as regras e os procedimentos para que não haja cobrança de taxa de alteração de voos agendados até 30/09, garantindo o uso integral do valor pago pela passagem em outras viagens. Para a maior comodidade dos Clientes, estimula o uso dos canais digitais para as remarcações e dúvidas. Informações podem ser obtidas no site www.voegol.com.br, nas redes sociais, no aplicativo e pelo telefone da Central de Relacionamento: 0300 115 2121.

Todos os destinos e horários que compõem a malha aérea essencial de maio de 2020 estão em:

https://www.voegol.com.br/pt/informacoes/voos-gol?br=banner-carrossel1&of=compromisso-gol-voos

Ceará: Profissionais de saúde com covid-19 passam a receber auxílio

Os profissionais de saúde do Ceará agora passarão a contar com o Fundo Estadual de Saúde (FUNDES), iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa). Os valores serão destinados ao pagamento de auxílios a profissionais de saúde contaminados pela doença e seguro em caso de morte causada pelo coronavírus.

Fonte específica de recursos provenientes do Programa Estadual de Incentivo às Doações, o FUNDES beneficiará os trabalhadores que atuam na linha de frente do enfrentamento à pandemia da Covid-19. Na última quinta-feira (30), foi publicado decreto que regulamenta o Programa Estadual de Incentivo às Doações para a Saúde. Aprovado pela Assembleia Legislativa e criado por lei no dia 23 de abril, o Programa incentiva a população e a iniciativa privada a contribuir para fortalecer a rede estadual de saúde e auxiliar profissionais da área que atuam no enfrentamento à pandemia de coronavírus.

Conforme o decreto, o Fundo Estadual de Saúde passa a contar com uma fonte específica de recursos provenientes do Programa Estadual de Incentivo às Doações. O auxílio será pago a profissionais autônomos ou cooperados infectados por Covid-19 e afastados do trabalho por até 30 dias.

O pagamento será referente a um salário mínimo para técnico de enfermagem e profissional de nível médio; três salários mínimos para profissionais de nível superior (não médico), e quatro salários mínimos para médico.

Se o período de afastamento for inferior a 30 dias, o pagamento do auxílio será proporcional aos dias em que o profissional esteve ausente do trabalho. Em caso de morte por Covid-19, serão pagos 10 salários mínimos à família, cônjuge, dependentes ou pais do profissional.

Após o fim da situação de emergência em saúde no Estado, eventuais saldos do Programa serão transferidos para a conta geral do FUNDES e revertidos para a implementação das ações do Plano Estadual de Saúde, em benefício dos usuários do SUS.

Transparência

O IntegraSUS, plataforma oficial da Secretaria da Saúde do Ceará, disponibilizará informações como a relação dos beneficiários com as doações e valores pagos, além da lista de doadores e dos respectivos valores doados, caso a divulgação das informações seja autorizada.

É falsa a notícia de circulação de novo vírus com sintomas da Covid-19

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) esclarece que é falsa a notícia da circulação de um novo vírus com as características da Covid-19, como destaca Sarah Mendes, assessora técnica da Vigilância Epidemiológica da Sesa. Ela ressalta ainda que outras gripes seguem circulando, mas todas já conhecidas e com protocolo de tratamento definido.

“Não há evidências de circulação viral de nenhum novo patógeno ao não ser o que já conhecemos, o novo coronavírus, que causa a Covid-19. Os outros vírus, já nossos conhecidos que podem causar doenças respiratórias, são: a influenza A, influenza B, rinovírus e outros. Uma virose tem sua duração de, em média sete dias, e os sintomas tendem a desaparecer após esse período”, afirma Sarah Mendes.

A Sesa pede ainda que os cearenses sigam vigilantes e atentos às orientações das autoridades sanitárias. A disseminação da Covid-19 é uma preocupação global. Até o momento não temos tratamento ou vacina para a doença, mas é importante não entrar em pânico e ter cuidado com notícias falsas. Busque sempre informações em órgãos internacionais e nacionais confiáveis, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

É importante que a população siga os cuidados de lavar as mãos frequentemente, evitar aglomerações e muito contato pessoal, proteger boca e nariz ao espirrar e tossir, evitar tocar nos olhos, nariz e boca, não compartilhar objetos pessoais e buscar ajuda médica apenas se necessário, em casos de falta de ar.