Prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil teve telefone clonado

Por Agência News Cariri

O prefeito de Crato, Zé Ailton Brasil (PP) teve o celular clonado nesta quarta-feira,28.A informação foi divulgada agora noite. O chefe do executivo cratense cumpria agenda em Brasília, quando notou que o contato havia sido clonagem.

De acordo com informações de assessores, o prefeito já acionou a polícia que está investigando o caso.Essa é a segunda vez que o político teve o celular clonado.Até o momento ninguém foi identificado.

Zezinho Albuquerque está governador e espera continuar presidente

Por Madson Vagner

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, assumiu pela sexta vez o Governo do Estado, onde fica até sexta-feira, 30. Camilo Santana está em Israel e a vice, Izolda Cela, participa de curso de Gestão Pública na Universidade de Oxford, na Inglaterra. Apesar de estar à frente do maior poder do Estado, Zezinho espera com ansiedade pelo retorno de Camilo. Quer definir o apoio ao seu nome para continuar à frente do Legislativo cearense por mais dois anos. Está incomodado com respostas a sua busca por apoios entre os colegas. A grande maioria tem dito que espera pela indicação do governador Camilo.

O Cariri Garden Shopping chega a sua maior idade

21 anos de história na Região do Cariri

Uma trajetória de crescimento e amadurecimento sempre buscando valorizar a cultura, estimular o desenvolvimento e contribuir com a sociedade. O Cariri Garden Shopping chega aos 21 anos com uma bagagem recheada.

A mais de duas décadas, o Cariri passou a contar com seu primeiro espaço de compras e lazer. Era o desenvolvimento chegando ao interior e com ele muitas oportunidades de trabalho.

Na época eu era estudante de economia e vi na abertura do shopping uma oportunidade de crescimento profissional, que de fato aconteceu. Entrei aqui como estagiária, passei por quase todos os setores e hoje estou no marketing, departamento que mais me identifiquei. Completamos 21 anos de crescimento e oportunidade. Aqui a cada dia é um novo desafio e muito aprendizagem” finalizou Vanilza Rodrigues, supervisora de marketing.

Região prospera e com uma economia pujante, o  Cariri pedia mais do empreendimento dando origem a um processo de expansão, que aconteceu em 2012. Nesse ano, o Garden passa de 85 para 142 lojas,  dobrando o faturamento médio mensal, que hoje gira em torno de R$23.000.000,00 (Vinte e três milhões). E o crescimento não para. No último ano, o Cariri Garden cresceu 3% em relação a 2017 e inaugurou 16 operações. Para 2019 grandes marcas já são esperadas, assim como Nagem que acaba de assinar contrato.

“Nós que fazemos a família Cariri Garden Shopping estamos muito felizes em comemorar mais um ano junto aos nossos estimados lojistas e convidados. Trabalhamos com afinco e paixão durante esses 21 anos para proporcionar as melhores experiências de compra, lazer e entretenimento. Temos orgulho de estar presente no dia a dia do caririense e adoramos a visita de convidados dos mais diversos lugares do país.

Agradecemos de coração ao nosso Time de colaboradores, aos nossos lojistas, aos nossos convidados e toda Região do Cariri que nos permitiu chegar até aqui. Ainda temos muito a aprender e construir, mas temos certeza que juntos somos mais fortes, afinal tudo de bom acontece aqui”, afirmou a Superintendente do Garden, Ataina Ferreira.

Para celebrar os 21 anos do Shopping, no estilo do Cariri, o artista Fábio Carneirinho irá comandar a festa na Praça de Alimentação a partir das 19:30.

Vem pro Garden, tudo de bom acontece aqui!

Câmara concede título de cidadão cratense

Na sessão ordinária da última segunda-feira (26) os vereadores receberam Paulo Piancó representante da ordem DeMolay no Crato que falou sobre o trabalho que é desenvolvido por eles, incluindo ações sociais e também a mudança de comportamento dos jovens que fazem parte do movimento. Ainda justificou a presença na casa destacando a importância que tem a parceria com os representantes políticos.

Logo após foi dado início a sessão solene para a entrega do título de cidadania cratense ao Professor Elias Oliveira de Souza, fundador e presidente da fundação de Karatê que é natural da cidade de Jardim-CE. O projeto foi de autoria do vereador Dr. Renan Almeida que destacou na sua fala o trabalho desenvolvido pelo professor desde 1982 com jovens e adultos. Elias disse ter ficado surpreso com a honraria e agradeceu a todos os vereadores pelo reconhecimento do seu trabalho voltado as artes maciais e também aos familiares que estiveram presentes na solenidade.

Na sequência da sessão ordinária o vereador Bebeto Anastácio (PODE) usou o grande expediente para falar sobre o seu projeto de Lei que trata da gratuidade nas vagas do estacionamento rotativo Zona Azul para os idosos acima de 60 anos. O vereador citou que existe essa falha no estacionamento rotativo que não diferencia os motoristas pela idade.
Ao término das discussões a sessão presidida pelo vereador Florisval Coriolano (PRTB) foi encerrada.

Audiência pública debate instalação de colégio militar no Crato

Na manhã da última terça-feira os vereadores deram espaço nos trabalhos para a realização de uma audiência pública para discutir a instalação de um colégio militar no Crato. A proposição foi do vereador Bebeto Anastácio (PODE). O plenário recebeu o Tenente Cel. Brito, um dos diretores do colégio militar de Juazeiro do Norte, a secretária de educação Tereza Mônica e o secretário de segurança pública Cel. Jarbas Freire.

Bebeto destacou a transformação na vida dos estudantes do colégio militar que, segundo ele, exibem compostura não apenas dentro mas também fora da escola e relatou casos de jovens que deixaram as drogas ao entrar na escola. Coronel Brito declarou que o colégio é fruto de uma integração com a secretaria de educação básica, ressaltando que a função dos militares é apenas de orientação e os professores são da rede estadual de ensino. Ainda afirmou que a futura instalação da instituição depende de questões políticas e exigia um planejamento a longo prazo. Já a secretária de educação Tereza Mônica destacou que a ideia precisa ser discutida inicialmente com o governador do estado para depois serem feitos os encaminhamentos e discussões por parte da sua secretaria. O secretário de segurança pública Cel. Jarbas Freire disse estar a disposição para ajudar no que for possível para a instalação do colégio.
Após o término da audiência o presidente Florisval Coriolano (PRTB) encerrou os trabalhos

STF volta a julgar se indulto de Temer beneficia presos por corrupção

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quarta-feira (28) o julgamento da ação que questiona a validade das regras do indulto concedido pelo presidente Michel Temer em dezembro de 2017. À época, o decreto permitia a concessão do perdão de pena para crimes como peculato, corrupção, tráfico de influência, os praticados contra o sistema financeiro nacional, lavagem de dinheiro e ocultação de bens, que poderia beneficiar condenados pela Operação Lava Jato.

Alguns pontos do texto foram suspensos já em dezembro do ano passado pelo STF. Em março deste ano, uma liminar do relator do processo, ministro Luís Roberto Barroso, confirmou a decisão e suspendeu a aplicação do benefício para os crimes chamados de colarinho branco.

Nesta quarta-feira, os ministros começam a votar a matéria, e podem manter ou derrubar a decisão de Barroso. Dentro da Corte, há uma expectativa de que o placar seja bastante apertado, com variadas divergências entre os ministros sobre pontos do decreto, segundo apurou o Broadcast.

A possibilidade de a maioria dos 11 ministros derrubar a decisão de Barroso foi citada em rede social pelo procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, na última segunda-feira. “Indulto de Temer de 2017 tentou perdoar 80% da pena dos corruptos. STF suspendeu e pode liberar nesta 4ª feira. A corrupção compensará. Este parece q será um fim de ano difícil para a Lava Jato, que continua precisando do seu apoio”, escreveu o procurador.

 

Na avaliação do Palácio do Planalto, a decisão de Barroso invadiu a competência exclusiva do presidente da República de definir as regras do indulto.

O pedido para barrar o decreto de Temer foi feito pela Procuradoria-Geral da República. Na semana passada, quando o julgamento do caso foi iniciado no plenário da Suprema Corte com as sustentações orais, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que o indulto sancionado no ano passado ampliou desproporcionalmente os benefícios e criou um cenário de impunidade no País, “sem uma justificativa minimamente razoável”.

Na decisão provisória (liminar), o ministro Barroso também aumentou o período de cumprimento de pena para pelo menos um terço, permitindo indulto somente para quem foi condenado a mais de oito anos de prisão.

Nova proposta. O julgamento do indulto de 2017 pelo plenário do STF é importante sinalização para o encaminhamento do benefício neste ano. A proposta formulada pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), do Ministério da Justiça, já foi entregue ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. A decisão liminar de Barroso foi considerada na proposta feita pelo conselho.

O texto, que ainda pode mudar nas mãos do presidente da República, responsável por sancionar o indulto, exclui o benefício aos condenados por uma lista extensa de crimes, como aqueles relacionados ao combate à corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa e tráfico de drogas. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: notícias ao minuto

TRF1 absolve Renan Calheiros por improbidade administrativa

segunda instância da Justiça Federal em Brasília decidiu nesta terça-feira (27) absolver o senador Renan Calheiros (MDB-AL) da acusação de improbidade administrativa no caso envolvendo a jornalista Mônica Veloso. A decisão foi anunciada pela assessoria do parlamentar.

Em novembro do ano passado, a justiça de primeira instância condenou Calheiros à perda do mandato e a suspensão dos direitos políticos por oito anos em função do processo. Nesta terça-feira, ao julgar o recurso da defesa, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) entendeu que o processo na esfera cível não tem mais sentido porque o senador foi absolvido na parte criminal pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em setembro.

 

Renan foi acusado de desviar recursos da verba indenizatória de seu gabinete para pagar pensão alimentícia de uma filha que teve fora do casamento com a jornalista Mônica Veloso.

Por meio de sua assessoria, o senador declarou que a decisão do TRF fez Justiça. “Não há reparos para essa perseguição, essa tentativa de me tornar suspeito e investigado, mesmo quando não há prova alguma e eu sequer conheço as pessoas que me citam. São várias as ações arquivadas contra mim por falta de provas. E acredito que todas serão”, diz a nota. Com informações da Agência Brasil.

Fonte: notícias ao minuto

Prefeito de Mauriti entrega novos equipamentos para o hospital e Maternidade São José

O prefeito de Mauriti, Mano Morais (PDT), através da Secretaria Municipal de Saúde, realiza nesta quarta-feira, 28, às 8 horas, no hospital e maternidade São José, que fica na avenida Sinval Lacerda, a entrega de novos equipamentos hospitalares para o município. 

Nesta ação, será beneficiado com os 264 novos equipamentos o Hospital e maternidade São José, um investimento de R$218. 079,60 centavos. Nas redes sociais, o prefeito convidou a população para participar da entrega e destacou que os investimentos na saúde do município “acontecem como nunca” e finalizou dizendo que “ Quando o trabalho é sério, os resultados aparecem”.

 SAÚDE BUCAL – O prefeito informou ainda que foram adquiridas cinco novas cadeiras odontológicas para melhorar o atendimento da população.

Bolsonaro admite ter 20 ministérios e fala de articulação com Congresso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, admitiu nesta nesta terça-feira (27) que seu governo poderá ter até 20 ministérios e disse que a articulação política será compartilhada entre a Casa Civil e a Secretaria de Governo.

“Nós nos perdemos um pouquinho, queríamos 15 ministérios, e por questão de funcionalidade, tivemos que manter status de ministério.” Como exemplos, citou os casos do Banco Central e da AGU (Advocacia-Geral da União), para os quais já anunciou, respectivamente, o advogado André Luiz Mendonça e o economista Roberto Campos Neto.

“O Banco Central [manterá o status] até a sua independência. A AGU, entendemos que tem que ter o status de ministério”, disse.

 

Durante a campanha, Bolsonaro prometeu cortar a atual estrutura da Esplanada -de 29 pastas- para 15. Contudo, já anunciou 16 nomes para compor o primeiro escalão de seu governo ao confirmar, nesta segunda, Tarcísio de Freitas para Infraestrutura.

Em entrevista, ele explicou também que a articulação com o Congresso será compartilhada entre o o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o general Carlos Alberto dos Santos Cruz, anunciado na segunda (26) como ministro da Secretaria de Governo.

“[Será] compartilhada. Onyx vai ser o comandante dessa área. Santos Cruz também vai ter responsabilidade nessa área, ele muitas vezes teve em audiências no parlamento, sabe como funciona. Foi conversado com ele sobre todas as suas responsabilidades. No meu entender, é uma pessoa qualificada para a função.”

A escolha de um general para o posto de articulador com o Legislativo, contudo, foi vista com surpresa por aliados e parlamentares.

“O Santos Cruz, diferentemente do que as pessoas pensam, é uma pessoa que fala mais de um idioma, tem uma vivência fora do Brasil, é um combatente também. Vai surpreender no trato com parlamentares”, disse o eleito.

Segundo Bolsonaro, o desenho final de sua estrutura de governo está em elaboração e deve ser apresentada até quarta (28) por Onyx.

 

Há ainda indefinições sobre o futuro de oito ministérios: Trabalho, Esporte, Cultura, Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Turismo. Outros dois indefinidos são Cidades e Integração Nacional, que podem ser unificados em Desenvolvimento Regional.Bolsonaro estuda fundir Esporte e Cultura com Educação e Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Turismo em uma pasta chamada Cidadania.

“Vai ter um ministério que vai envolver tudo isso ai: mulher, igualdade racial”, afirmou, em referência à Cidadania.O presidente eleito disse também que já tem dois nomes em estudo para Meio Ambiente, o que deve ser anunciado na quarta.

Ele disse que pretende ter um porta-voz em seu governo, mas que o nome ainda não foi definido.

“Estamos em contato com uma pessoa, ela ainda não deu sinal verde”, disse. Questionado sobre se essa pessoa poderia ser a senadora Ana Amélia (PP-RS), Bolsonaro disse que ela é uma “excelente pessoa”.

“Se for possível, nós a aproveitaremos, ou melhor, a convidaremos”, afirmou.

Ele não quis confirmar quem são os escolhidos para o PPI (Programa de Parcerias e Investimentos) e para a Secom (Secretaria de Comunicação Social). Pela manhã, o futuro ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, disse à Folha de S.Paulo que dois generais ocupariam os cargos: Floriano Peixoto Vieira Neto para a Secom, onde assumiria a área de contratos de publicidade, e Maynard Marques de Santa Rosa para o PPI.

“Podem ser os dois sim. Não confirmo porque não tive tempo para conversar com a equipe. Conversei muito mais com pessoas que vieram me visitar no dia de hoje, foram várias, até com embaixador conversei hoje”, disse. Com informações da Folhapress.

Fonte: notícias ao minuto