‘Nunca mais quero pisar nesse lugar’, diz Ciro após debate na Globo

Ciro disse que chamou Doria de “farsante” quando de fato queria dizer “corrupto”

O candidato do PDT à Presidência nas eleições 2018, Ciro Gomes, deixou irritado o Projac, os estúdios da TV Globo onde foi realizado o último debate antes do primeiro turno. Na madrugada desta sexta-feira, 5, após a entrevista a jornalistas que sucedeu o confronto, ele disse: “Nunca mais quero pisar neste lugar.”

O pedetista se irritou porque ao chegar ao camarim, findo o debate, encontrou um oficial de Justiça que estava ali para entregar a ele notificação de ação movida pelo ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), candidato ao governo do Estado.

Ciro o chamou de “farsante”, o que motivou a ação do tucano. Ciro estranhou o fato de o caso estar na Justiça do Rio, sendo ele do Ceará e Doria, de São Paulo.

O pedetista chegou para a entrevista, realizada num outro espaço do Projac, bastante contrariado. Disse que chamou Doria de “farsante” quando de fato queria dizer “corrupto”.

Sobre o debate, afirmou que “a Globo não manda” no voto dos brasileiros. “Estou preocupado com a sorte do Brasil. Meu País está caminhando para um precipício. Eu peço ao brasileiro que pense muito antes de votar num despreparado que representa os interesse mais subalternos do baronato brasileiros ou no petismo. Confio no povo brasileiro”, disse, numa referência à polarização entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Fonte: Notícias ao Minuto

Eleitor com título cancelado por falta de biometria não poderá votar

Segundo o TSE, 3,4 milhões de eleitores tiveram os títulos cancelados por motivos diversos e não poderão votar este ano

É falsa a informação que circula por redes sociais e WhatsApp de que o eleitor que não fez a biometria obrigatória poderá votar mediante apresentação de documento com foto na zona eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reitera que eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico obrigatório dentro do prazo estipulado não poderão votar nesta eleição.

No dia 26 de setembro o Supremo Tribunal Federal (STF) negou pedido para que eleitores que tiveram título cancelado pela Justiça Eleitoral por faltarem à revisão periódica -incluindo cadastramento biométrico- pudessem votar neste ano.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 5,6 milhões de eleitores faltaram à revisão eleitoral feita entre 2016 e 2018. Do total, 3,4 milhões tiveram os títulos cancelados por motivos diversos e não poderão votar este ano.

Mais da metade (54%) dos cancelamentos foi em estados das regiões Norte e Nordeste do país. Ao todo foram 716 cidades passaram por cadastramento biométrico obrigatório para as eleições deste ano. No site do TRE é possível verificar sua situação eleitoral.Texto falso que circula pelo WhatsApp:

“REPASSEM AO MÁXIMO DE PESSOAS:

Gente! Não caiam nessa do impedimento ao voto, em caso de não ter feito a biometria!

Não podemos cair neste engodo canalha e nem permitir que outros caiam!

Estão fazendo isto pra que os que não fizeram, não compareçam à votação. Mas estaremos todos lá, devidamente credenciados, precisando só levar documento com foto, conforme o previsto na legislação! Isto é golpe pra afastar os mais humildes e com menos acesso à informação, da votação… não por acaso, boa parte dos eleitores do Haddad.

O voto é direito que não se perde por conta desta medida. Uma sacanagem absurda, lançarem este factóide como “exigência” inexistente!

É GOLPE! Não caiam nessa!

Não há legislação acima do direito ao voto, que o condicione à biometria.

AOS QUE NÃO FIZERAM A BIOMETRIA, BASTA COMPARECER À ZONA ELEITORAL, MUNIDO DE DOCUMENTO, COM FOTO E PROCEDER À VOTAÇÃO. SE FOR IMPEDIDO, EXIJA A DETERMINAÇÃO JUDICIAL!”. Com informações da Folhapress.

Fonte: Notícias ao Minuto

Primeiro hospital da BA autorizado a realizar ‘processo transexualizador’ pelo SUS inicia atendimento na sexta

O ambulatório transexualizador do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES), localizado no centro de Salvador, será aberto para atendimento nesta sexta-feira (4). A unidade é a primeira a oferecer o serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia.

Conhecido como Hospital das Clínicas, o Hospital Universitário Professor Edgard Santos é ligado à Universidade Federal da Bahia (Ufba). A autorização para fazer o processo transexualizador foi concedida pelo Ministério da Saúde em julho deste ano.

De acordo com a assessoria do hospital, inicialmente, serão oferecidos apenas serviços ambulatoriais. As marcações já começaram. Elas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h, no prédio do Ambulatório Magalhães Neto. Os interessados devem apresentar documento de identidade, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência. O atendimento ocorre às sextas.

Ainda de acordo com a assessoria, a previsão é de que o fornecimento da terapia hormonal comece a partir do início próximo ano. Para realizar as cirurgias previstas na Portaria 2803, inclusive a de redesignação sexual, a instituição aguarda autorização do Ministério da Saúde, conforme o hospital.

Para receber atendimento na unidade, os homens e mulheres transexuais e as travestis devem ter mais de 18 anos. O acompanhamento será feito por uma equipe multidisciplinar, formada por médicos endocrinologistas, enfermeiros, assistentes sociais, psiquiatras e psicólogos.

Processo transexualizador

O processo transexualizador pode ser definido como um conjunto de estratégias assistenciais para transexuais que pretendem realizar modificações corporais do sexo, que inclui a cirurgia de mudança de sexo, em função de um sentimento de desacordo entre seu sexo biológico e seu gênero.

O processo transexualizador já é realizado por meio do SUS desde a publicação da portaria nº 457, de agosto de 2008, pelo Ministério da Saúde.

O texto estabelece idade mínima de 18 anos para procedimentos que incluem acompanhamento multiprofissional e hormonioterapia. Já para intervenções cirúrgicas, a idade mínima é de 21 anos. Também é definido que, para realização do processo transexualizador, são necessários pelo menos dois anos de acompanhamento terapêutico.

Todas as unidades com o aval para realizar o procedimento devem oferecer serviços de atenção especializada com médicos das áreas de endocrinologia, ginecologia, urologia, obstetrícia, cirurgia plástica, psicologia e psiquiatria, além de enfermagem e assistência social.

Fonte: G1

Com mais de 60 anos de carreira, cantor Moacyr Franco faz shows em Salvador

O cantor, compositor e ator Moacyr Franco se apresenta no Teatro Sesc Casa do Comércio, em Salvador, nos dias 9 e 10 de novembro.

No espetáculo, o artista levará toda sua versatilidade para os fãs que o acompanham durante seus mais de 60 anos de carreira. O cantor relembra histórias e lembranças de momentos inesquecíveis, dividindo com experiência e sonhos, e tendo uma conversa cheia de cumplicidade com a plateia.

No repertório, sucessos como “Doce Amargura”, “Coração sem Juízo”, “Querida”, “Milagre da Flecha”, “Balada das Mãos”, “Distante dos Olhos”, “Cartas na Mesa”, “Suave é a Noite”, “Balada nº 7”, “Eu Te Darei Bem Mais”, Ainda Ontem Chorei de Saudade” e “Seu Amor Ainda é Tudo” (gravadas por várias duplas sertanejas entre elas João Mineiro & Marciano e Bruno & Marrone), e o hit que trouxe Moacyr Franco para perto do público jovem, “Tudo Vira Bosta” (sucesso na voz de Rita Lee).

Os shows serão realizados às 21h, e os ingressos custam R$ 80 (inteira) e R$40 (meia). As entradas podem ser adquiridas na bilheteria do teatro ou através da internet.

SERVIÇO

Moacyr Franco

Quando: 09 e 10 de novembro (sexta e sábado)

Onde: Teatro SESC Casa do Comércio

Hora: 21h

Valores: R$ 80 (inteira) e R$40 (meia)

Vendas: Bilheteria do Teatro ou pela internet através do site ingressorapido.com.br

Fonte: G1

Mais de 1,2 mil PMs embarcam para reforçar segurança das eleições no interior de PE

Três grupos com 1.850 policiais militares são enviados, nesta sexta-feira (5), para reforçar a segurança durante o primeiro turno das eleições em cidades do interior de Pernambuco, A votação acontece no domingo (7). As urnas eletrônicas também começaram a ser distribuídas para os 3.200 pontos de votação do estado.

O primeiro embarque, com 700 policiais de diferentes batalhões da Região Metropolitana, aconteceu às 9h30 desta sexta (5), saindo do Quartel do Comando Geral, no bairro do Derby, na área central doRecife. À tarde, outros 500 deixam a capital pernambucana. Ambos os grupos reforçam a segurança de cidades do Agreste e do Sertão.

Esses grupos vão ficar especificamente nos locais de votação e no entorno, para garantir a segurança das urnas e dos eleitores no domingo (7). Os policiais retornam aos batalhões de origem na segunda feira (8).

Para garantir o esquema segurança nas eleições, férias e folgas dos policiais foram canceladas. Nesses dias, eles vão receber diárias que já foram autorizadas, mas, de acordo com a assessoria da Polícia Militar, ainda não foi definida a data do pagamento.

Outros 650 policiais de Custódia e Petrolina também vão fazer parte do reforço de policiamento nas cidades do interior do estado.

Urnas eletrônicas

Teve início na terça-feira (4) o processo de distribuição das 23 mil urnas eletrônicas que serão usadas no primeiro turno das eleições 2018 em Pernambuco, no domingo (7). Ao total, são usados 350 caminhões de transporte para levar as urnas até os 3.200 pontos de votação localizados em 184 municípios do estado.

Pernambuco tem 20.049 seções eleitorais e 6.570.072 eleitores, que devem participar do pleito. Cada seção conta com uma urna e alguns equipamentos são mantidos como reserva para substituição, caso algum problema técnico impeça a utilização do terminal.

Fonte: G1

Menino tem 30% do corpo queimado em acidente com álcool em churrasqueira

Um menino de 11 anos foi internado com 30% do corpo queimado, na madrugada desta sexta-feira (5), no Hospital da Restauração, no Centro do Recife. Segundo a unidade de saúde, a família usou álcool para acender uma churrasqueira durante uma festa em Vertentes, no Agreste de Pernambuco, quando houve uma explosão, que atingiu o garoto.

A criança, identificada como Ismael Levy Macedo Araújo, teve queimaduras de segundo e terceiro grau nas pernas, tórax e com mais profundidade nos braços e rosto, segundo os médicos. Os pais da criança também ficaram queimados ao tentar apagar o fogo que atingiu o filho.

De acordo com o chefe da unidade de queimados do HR, Marcos Barreto, a criança recebeu anestesia geral e segue em tratamento.

“Esse menino tem um edema muito importante na face e nos braços. Hoje [sexta] pela manhã já foi reavaliado, ele tá agora na fase de ressuscitação hemodinâmica, toda a parte de hidratação dele e os cuidados para reduzir mais esse edema”, explica o médico.

Ainda de acordo com Marcos Barreto, a criança também pode apresentar algum tipo de inflamação no pulmão, pois inalou substâncias químicas quando a roupa que vestia pegou fogo.

A mãe está com queimaduras de segundo grau nas mãos e também recebe atendimento no Hospital da Restauração. Já o pai do garoto, está em uma unidade de saúde de Caruaru, no Agreste. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Fonte: G1