Eclipse lunar total tem pontos de observação no Grande Recife

Apesar de ser visível a olho nu, o uso de telescópios, lunetas e binóculos pode ajudar a observar o fenômeno (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)

Publicidade

A terra passa pelo eclipse lunar mais longo do século, com duração de 1h42 de fase total, na noite desta sexta-feira (27). O fenômeno começa às 16h30, mas a lua ainda não tem nascido no Brasil. A partir das 17h15, o astro surge no céu do Recife, primeira capital em que será possível conferir o eclipse. Pontos de observação são montados em diversos locais da Região Metropolitana. (Veja vídeo acima)

O eclipse lunar total acontece quando o sol, a Terra e a lua se alinham perfeitamente, estando a Terra posicionada no meio dos dois. A Terra, então, impede que os raios solares iluminem a lua, criando uma sombra sobre ela. Essa sombra, chamada de umbra, causa o fenômeno astronômico.

A capital pernambucana é considerada a melhor do país para quem quer observar o fenômeno, pois ele terá no Recife uma duração maior no comparativo com outras localidades. A fase total do eclipe vai até às 18h13.

Eclipse lunar total ocorre quando o sol, a Terra e a lua se alinham perfeitamente (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)Eclipse lunar total ocorre quando o sol, a Terra e a lua se alinham perfeitamente (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)

Eclipse lunar total ocorre quando o sol, a Terra e a lua se alinham perfeitamente (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)

Segundo o astrofísico e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) Antônio Carlos Miranda, o Recife é a melhor capital do país para observar o fenômeno porque é a cidade que vai estar localizada mais ao centro da sombra do sol, fazendo com que o fenômeno dure mais tempo e a tonalidade da lua seja mais escura do que se for vista de outros locais.

“A região Nordeste é mais ao leste do país e, na hora do eclipse, vai estar mais ao centro da sombra do sol, o que dá uma tonalidade mais escura para quem visualiza a lua. E o Recife vai estar exatamente no centro, o que faz com que o fenômeno dure mais tempo. Só será possível ver a silhueta da lua”, diz Miranda.

Apesar de ser visível a olho nu, o uso de telescópios, lunetas e binóculos pode ajudar a ganhar nitidez da imagem. Segundo o astrofísico, os melhores locais para observar esse fenômeno são na beira da praia, no alto de um prédio ou em campos abertos.

“Como o evento vai acontecer assim que a lua estiver nascendo, ela vai estar embaixo e vai subindo aos poucos. O fenômeno não vai começar lá no alto do céu, como costumamos ver. Então o ideal é que procure um lugar com o horizonte limpo. Se tiver prédios na sua frente, não dará para ver”, explica Miranda.

Apesar de ser visível a olho nu, o uso de telescópios, lunetas e binóculos pode ajudar a observar o fenômeno (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)Apesar de ser visível a olho nu, o uso de telescópios, lunetas e binóculos pode ajudar a observar o fenômeno (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)

Apesar de ser visível a olho nu, o uso de telescópios, lunetas e binóculos pode ajudar a observar o fenômeno (Foto: Karina Almeida e Alexandre Mauro/G1)

Além do eclipse, nesta mesma noite, a lua também apresenta uma coloração avermelhada, fenômeno conhecido como “Lua de angue”. Isso ocorre devido à incidência dos raios solares nos gases da atmosfera terrestre.

Os raios solares são a soma de todas as cores e, quando a Terra bloqueia a passagem da luz até a lua, esses raios passam pela atmosfera terrestre, que espalha a luz em cores. O vermelho é a cor mais difícil de se espalhar e, por isso, chega até a lua. “Quanto mais avermelhada a lua estiver, significa que mais poluição tem naquele lugar”, aponta o astrofísico.

O planeta Marte também aparece mais brilhante nesta sexta (27) e pode ser visto a olho nu, pois está mais próximo da Terra.

Além do eclipse, o fenômento da Lua de Sangue na noite desta sexta (27) (Foto: Alexandre Mauro/G1)Além do eclipse, o fenômento da Lua de Sangue na noite desta sexta (27) (Foto: Alexandre Mauro/G1)

Além do eclipse, o fenômento da Lua de Sangue na noite desta sexta (27) (Foto: Alexandre Mauro/G1)

Confira onde observar o eclipse lunar no Grande Recife:

Praia de Casa Caiada

Na noite desta sexta (27), as equipes do Espaço Ciência e do Observatório da Sé realizam uma programação especial para quem quiser assistir ao eclipse na praia de Casa Caiada, em Olinda, próximo ao Shopping Patteo.

No local, são disponibilizados gratuitamente três telescópios para que os interessados possam observar, com ainda mais clareza, o fenômeno natural. Também é permitido usar o celular para tirar fotos através da lente dos telescópios. No caso de câmeras fotográficas profissionais, é necessário levar um adaptador.

Marco Zero

A Sociedade Astronômica do Recife monta um espaço para observação do eclipse no Marco Zero do Recife, no Centro, a partir das 17h. A entidade disponibiliza pelo menos três telescópios, além de binóculos para uso do público. Após o fim do eclipse, o grupo transfere a atenção para Marte, que está mais perto da Terra nesta sexta (27). A programação se encerra por volta das 20h.

No prédio da Caixa Cultural, localizado em frente ao Marco Zero, o Núcleo de Astronomia do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) projeta a imagem da lua em um espaço interno do terraço. A equipe vai utilizar uma câmera de alta resolução para gerar as imagens através de um telescópio, ampliando a imagem da lua eclipsada. A ideia é que o público possa ver o fenômeno a olho nu e em tamanho ampliado.

UFRPE

No campo de futebol da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), no bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, uma arena de observação é montada pelo projeto Desvendando o Céu Austral. O evento começa às 14h, com um campeonato de lançamento de foguetes educativos aberto ao público. As equipes formadas no local aprendem a montar os foguetes e lançá-los.

A partir das 17h, o público tem seis telescópios e lunetas disponíveis para assistir ao fenômeno com mais nitidez. Após o fim do eclipse, os equipamentos continuam disponíveis para a observação das crateras da lua em seu primeiro dia na fase cheia.

Catamaran

Também é possível observar o eclipse em um passeio de catamaran pelo Rio Capibaribe na noite da sexta (27). O tour “Recife e suas pontes”, oferecido pela empresa Catamaran Tours, tem início no restaurante Catamaran, no bairro de São José, na área central da cidade, e passa por diversos pontos turísticos e cinco pontes da capital.

O passeio tem saídas às 16h, 17h30 e 20h. Os ingressos custam R$ 55 para adultos e R$ 25 para crianças de 6 a 10 a nos. Crianças menores de 5 anos não pagam. As entradas podem ser adquiridas na internet ou pessoalmente, na bilheteria da empresa.

Veja as datas dos próximos eclipses totais da Lua:

  • 21 de janeiro de 2019
  • 16 de maio de 2022
  • 8 de novembro de 2022
  • 14 de março de 2025
  • 7 de setembro de 2025
  • 3 de março de 2026
  • 31 de dezembro de 2028

Fonte: G1

Publicidade

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

F26EC653-FCA2-4183-91C6-E06F383E3C8C
25AFD2D6-B201-4EB9-AB79-497BD30A6E8B

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas