Sasha posta foto de biquíni na Espanha e mostra boa forma

asha Meneghel, filha da apresentadora Xuxa, compartilhou em seu Instagram, na noite desta segunda-feira (14), uma foto em que aparece de biquíni em uma praia.

Ela aproveitou sua ida à ilha de Mallorca, na Espanha, para fazer merchandising.

“Sempre fui péssima para organizar viagens porque deixo tudo para a última hora”, escreveu, citando o nome de uma empresa que a teria ajudado a organizar as suas férias.

Fonte: Noticias ao Minuto

Tectoy relança o Pense Bem, brinquedo que lembra computador antigo

A Tectoy anuncia nesta terça-feira (14) que voltará a vender o Pense Bem, brinquedo que foi sucesso na década 1980.

Na época, o aparelho eletrônico era uma versão licenciada do Smart Start, criado pela empresa Vtech, de Hong Kong. O modelo que é relançado agora é produzido pela Tectoy em sua fábrica de Manaus.

As pré-vendas ocorrem pelo site da empresa por R$ 270. O dispositivo chega oficialmente às lojas em setembro de 2017, por R$ 300.

O Pense Bem possui vários desafios embutidos. Um deles era o de perguntas e respostas. Os jogadores tinham de digitar no aparelho a resposta para as questões apresentadas em um caderno impresso. Os assuntos abordados iam de temas como história, geografia até matemática.

A volta do Pense Bem é uma dupla comemoração. Marca os 30 anos da Tectoy e das duas décadas de lançamento do próprio aparelho, que chegou às lojas brasileiras em 1988, afirmou Stefano Arnhold, presidente do conselho da Tectoy, em comunicado.

“A Tectoy lançou o primeiro Pense Bem em um momento que a informática avançava no Brasil. Quase três décadas depois, a vida digital é uma realidade e o Pense Bem é uma alternativa inteligente de diversão e aprendizado fora do mundo virtual”, afirmou Tomás Diettrich, presidente-executivo da Tectoy, em nota.

fonte: G1

Certas profissões podem aumentar o risco de artrite reumatoide

Um estudo recém-publicado joga luz sobre a influência do ambiente de trabalho na prevalência de artrite reumatoide. Para ser mais específico, a exposição prolongada a certos agentes tóxicos culminaria em um maior risco de sofrer com essa doença, marcada pelo ataque das células de defesa às articulações, o que provoca dores, deformidades e limitação de movimentos.

O que seu estilo de vida diz sobre você
Os pesquisadores do Instituto Karolinska, na Suécia, avaliaram os registros profissionais de 3 522 pessoas diagnosticadas com esse problema. E, aí, compararam essas informações com as de 5 580 indivíduos livres dele. Tabagismo, excesso de peso, consumo de bebidas alcoólicas e outros fatores de risco foram incluídos na análise para evitar uma interferência nos resultados, que foram coletados ao longo de quase 20 anos (entre 1996 e 2014).

Na ala masculina, boa parte dos voluntários com artrite reumatoide ocupava posições relacionadas à indústria manufatureira. Eletricistas, eletrotécnicos e ajudantes gerais foram considerados duas vezes mais propensos ao problema em comparação a quem atuava nos setores administrativo, técnico e profissional. Trabalhar em construções triplicaria o risco. Por quê? Acredita-se que a superexposição a compostos tóxicos como sílica, amianto, solventes orgânicos e subprodutos de motores tenha um papel importante aí.

Curiosamente, esses cargos não foram vistos como uma ameaça entre o sexo feminino. De acordo com os responsáveis pelo estudo, porém, o baixo número de mulheres nesses setores torna a conclusão pouco confiável. Entre elas, uma das piores profissões seria a de auxiliar de enfermagem. As razões por trás dessa conexão ainda são um mistério.

 

Apresentado por PLUSBELLE
Truques para deixar seu crespo mais longo
Novas pesquisas devem ser feitas para confirmar o achado. No entanto, a reumatologista Anna Ilar, umas das autoras do trabalho, reforça a relevância de suas conclusões. “É importante que empregados e empregadores invistam em iniciativas que ajudam a prevenir a artrite reumatoide”, disse a especialista, em comunicado à imprensa.

Fonte: Editora Abril