Cid Gomes esclarece denúncia de recebimento de propina da JBS

O ex-governador Cid Gomes (PDT) voltou a negar, durante coletiva nesta segunda-feira (22), na Assembleia Legislativa, que teria recebido R$ 20 milhões em propina de um dos donos do grupo JBS.

“Lamentavelmente venho aqui pra me defender de uma acusação que atinge o que mais tenho de sagrado. Tudo que eu espero ao término da minha vida pública é merecer o respeito, a consideração e o reconhecimento dos meus conterrâneos cearenses”, comentou.

Cid rebateu as acusações contra ele afirmando que querem submetê-lo ao ‘’submundo’’ e ao ‘’lamaçal’’ dos envolvidos nos escândalos políticos. Ele reforçou ainda que seu patrimônio é de cerca de R$ 800 mil conquistados durante os 34 anos de vida pública, o que vai contra a denúncia de ter recebido o montante milionário.

O ex-governador do Estado disse ainda ter encontrado os irmãos Wesley e Joesley Batista, mas nunca tratou de benefícios de campanha para ele ou outro candidato, como Camilo Santana, cujo nome aparece na delação.

“Não houve qualquer compromisso sem qualquer prestação, quero aqui também enfatizar que, ao longo do período em que fui governador, todas as nossas contribuições, todas as  nossas campanhas, todas orientação que se deram, as arrecadações foram feitas dentro da lei, todas as minhas campanhas foram aprovadas sem questionamento algum”, reforçou Cid.

O irmão de Ciro Gomes disse que lembra de ter encontrado os irmãos Babosa no Ceará durante a inauguração de uma fábrica de couros comprada pelo grupo na cidade de Aracati, no litoral cearense. Cid disse também ter encontrado os delatores na sede da JBS para tratar da instalação de uma fábrica de alimentos no Ceará, prometida pelos próprios empresários.

Cid Gomes afirmou ainda que irá acionar um advogado para processar Joesley Batista, que foi o responsável por denunciar o repasse de R$ 20 milhões para o ex-chefe do executivo do Ceará, por calúnia e difamação.

Diario do nordeste

Crato – Mutirão Todos Contra o Mosquito acontece amanhã em Monte Alverne

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenação Especial de Vigilância em Saúde e Mobilização Social, realiza amanhã, terça-feira, 23 o mutirão Todos Contra o Mosquito no distrito de Monte Alverne, a partir das 8h30min.

De acordo com a Coordenadora Especial de Vigilância em Saúde, Arlene Sampaio, durante os dias 17 e 18 de maio os agentes de endemias realizaram visitas nas casas do distrito fazendo o chamado ciclo, onde orientam a população e fazem a busca pelos focos, o tratamento focal, que é um trabalho técnico. “Amanhã estaremos cedo em Monte Alverne realizando um trabalho educativo preventivo, faremos uma passeata pela localidade, com muita atenção as dúvidas e questionamentos das pessoas, o diálogo é de extrema importância, pois um trabalho efetivo contra o mosquito se dá a partir de ações feitas em conjunto. Poder público e comunidade”

Durante o mutirão o caminhão da coleta irá passar para recolher todo o lixo, é importante que os moradores auxiliem a limpeza acondicionando em sacolas bem fechadas.

A participação social é fundamental para vencer a luta contra o mosquito da dengue. A Secretaria de Saúde do Crato estará realizando os mutirões quinzenalmente como forma de envolver, mobilizar e engajar a população na luta contra o Aedes aegypti.

A mobilização da sociedade é essencial para vencer a luta contra o mosquito. Toda a comunidade do Crato está convocada para essa batalha!

Agência de classificação de risco diz que reformas são importantes

A agência de classificação de risco Fitch Ratings manteve a nota de crédito do Brasil em moeda estrangeira em BB e a sua perspectiva em negativa. Essa nota é uma espécie de selo que atesta a confiabilidade do País junto aos investidores estrangeiros. Ao confirmar a nota, mesmo em um momento de turbulência, a agência destacou a importância das reformas em andamento.
Para a Fitch, o Brasil irá superar a recessão e crescer 0,5% em 2017. No próximo ano, a expectativa é de que o País avance a um ritmo mais forte e termine 2018 com crescimento de 2,5%. As reformas, como o teto dos gastos, tem papel fundamental nessa melhora do desempenho econômico do País. Com informações do Portal Brasil.

Em nota, o Ministério da Fazenda afirmou que a Fitch reconhece que a diversidade da economia brasileira, o volume expressivo de reservas internacionais e a capacidade do mercado doméstico de dívida pública de financiar os déficits fiscais nos últimos anos constituem pontos fortes do País.

Importância das reformas

A Fazenda ainda observou que a agência destacou a importância das reformas implementadas pelo governo até o momento. “A avaliação da agência reforça a importância das iniciativas que visam à recuperação da economia brasileira e à construção das bases para o crescimento sustentado”, informou a pasta.

noticiasaominuto

Crise política já afeta mercado imobiliário, afirma setor

Diante da crise polícia, o mercado imobiliário, que registrava uma recuperação nos últimos meses, deve sofrer um impacto imediato.
“Até o fim deste mês, pode até haver movimento nos plantões de venda, mas sem fechamento de negócios”, afirma Flávio Prando, vice-presidente do Secovi-SP (sindicato de habitação paulista), segundo informações da Folha de S.Paulo.

De acordo com o presidente da Abrainc (associação das incorporadoras), Luiz Antônio França, a confiança do consumidor e os desdobramentos da taxa de juros serão cruciais para a revisão das projeções de venda para este ano.