Representantes da administração municipal cratense participam de debate com o senador José Pimentel

O secretário de Saúde do Crato e o Chefe de Gabinete adjunto Felipe Correa participaram de debate com senador José Pimentel (PT-CE) realizado na noite de ontem no auditório da Escola Profissionalizante Violeta Arraes;

A temática abordada foi relacionada aos impactos da reforma da Previdência na vida dos trabalhadores. O encontro reuniu estudantes, professores da Universidade Regional do Cariri (URCA) e trabalhadores do município.

 

Crato – Câmara debate questões habitacionais e de saúde por seis horas

A Câmara Municipal do Crato debateu questões ligadas à saúde e habitacionais na sessão desta terça-feira, 28, que durou seis horas: começou com uma hora de antecedência, às oito horas, e foi encerrada às 14 horas. O encontro, segundo o presidente do Legislativo, Florisval Coriolano (PRTB), foi bastante produtivo porque definiu para 30 de abril a entrega de casas do conjunto habitacional Filemon Limaverde, atrasada há mais de um ano.

“Convoquei uma comissão de vereadores para que na próxima semana, junto com engenheiro da Prefeitura, seja feita uma vistoria no ‘Minha Casa Minha Vida’ e ver, em loco, se eles realmente vão entregar essas casas nesta data que foi prometida hoje”, explica o presidente.

A sessão ainda contou com a presenta do secretário de Saúde, André Barreto. Ele apresentou dados e informações sobre as ações da Secretaria Municipal de Saúde nos primeiros dias de nova gestão e recebeu algumas demandas de vereadores.

“Ele deu todas as explanações que foram precisas sobre a saúde do Crato. Todos os vereadores ficaram satisfeitos e foi muito proveitosa, a sessão de hoje, em todos os seus âmbitos”, avalia Florisval Coriolano.

O presidente comentou sobre a presença dos cidadãos que lotaram o Plenário da Câmara. “Abrimos espaço para que a comissão do Minha Casa, Minha Vida se pronunciasse, a Tribuna da Câmara vai ficar sempre aberta para a população do Crato fazer suas reivindicações e eu até convido a população do Crato para que eles venham à Câmara Municipal e usem a Tribuna”.

Mais de mil leitos que atendiam pelo SUS no CE foram fechados em 4 anos

O Ceará perdeu 1.043 leitos ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) entre dezembro de 2012 e 2016, de acordo com dados do DataSus, divulgados pelo Ministério da Saúde. Em todo o Brasil, foram fechados 18.258 leitos da rede pública, de acordo com os registros do ministério no mesmo

No Ceará, em 2012, 15.106 leitos atendiam pela rede pública, já em dezembro de 2016, o número caiu para 14.063, uma redução de 7%. O Ministério da Saúde informou que mudou os critérios de investimentos em leitos que atendem pela rede pública para evitar a perda de unidades.

Considerando todos os leitos, das redes pública e privada, a queda é ainda maior. Em dezembro de 2012, o Ceará tinha um total de 19.337 leitos. No ano passado, o Ministério da Saúde contabilizou 17.374. Um queda de 11% ou 1.963 leitos.

Além do Ceará, houve perde no número de leitos em 25 estados e no Distrito Federal. Em São Paulo, a queda foi de 5.786 unidades e no Rio de Janeiro, 9.085. O único estado com aumento no número de leitos segundo o estudo do Ministério da Saúde foi Rondônia, que ganhou 600 leitos, um aumento de 32% entre 2012 e 2016.

g1

Teto de sala de escola pública desaba em São Luís

O teto de uma sala de aula da Unidade de Educação Básica Rosa Mochel, no bairro Coroado, em São Luís, desabou na manhã desta quinta-feira (30).

Segundo a direção da escola, parte da parede desabou em cima do forro e com o peso das alvenarias o forro acabou cedendo bem na entrada da porta de uma das salas de aula. No momento do acidente não havia nenhuma criança, professores e nem funcionários.

Por causa do incidente, a direção da Unidade Escolar Básica Rosa Mochel decidiu dispensar todos os alunos até que seja feita uma vistoria completa na escola.

Parte da parede desabou em cima do forro e cedeu na entrada da porta de uma das salas da escola em São Luís (MA) (Foto: Domingos Ribeiro/Mirante AM)
Parte da parede desabou em uma das salas (Foto: Domingos Ribeiro/Mirante AM)

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação disse que o incidente na  na escola ocorreu antes do início das atividades, quando ainda não havia crianças. A Semed também disse que deslocou uma equipe de engenharia para identificar as causas e avaliar as condições estruturais do prédio, e que providenciará as intervenções necessárias. Por fim, a Secretaria de Educação de São Luis agarantiu que os dias letivos serão integralmente repostos.

Na segunda-feira (27) parte do teto da Escola Municipal Darcy Ribeiro, também na capital, desabou e deixou uma professora e dois alunos ficaram feridos. Na ocasião, a estrutura caiu sobre cerca de 30 alunos do 6º ano, de 11 e 12 anos.  As causas do desabamento ainda não foram esclarecidas.

g1

Colisão entre ônibus escolares deixa mortos e feridos no interior de Alagoas

Uma colisão frontal entre dois ônibus escolares deixou vítimas mortas e feridas na rodovia AL-110 no interior de Alagoas, no trecho que compreende o município de Junqueiro, nesta quinta-feira (30). Os veículos envolvidos no acidente são das prefeituras de Junqueiro e de Teotônio Vilela.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar vítimas das ferragens e contabilizou 6 mortes no local.

A assessoria de comunicação da Unidade de Emergência do Agreste (UE) informou que 45 pessoas deram entrada na unidade de emergência. Duas delas foram operadas em estado grave e encaminhadas para a Área Vermelha. Os demais pacientes estão fora de perigo.

O Hemocentro de Arapiraca (Hemoar) solicita que voluntários compareçam para fazer doação de sangue. Os voluntários devem comparecer ao Hemoar, das 7h às 16h, que fica ao lado do Hospital Regional, próximo ao 5º Centro de Saúde, em Arapiraca.

O secretário de Comunicação e Eventos de Junqueiro, Jair Santos, esteve no local e disse que os motoristas dos dois ônibus morreram antes da chegada do socorro médico.

Em nota encaminhada à imprensa, a assessoria de comunicação de Teotônio Vilela lamentou o acidente e informou que ao menos 6 pessoas morreram ainda no local, e que todos os esforços foram feitos para tentar salvar as vidas dos sobreviventes.

Duas viaturas do Corpo de Bombeiros e mais de 10 ambulâncias dos municípios de Teotônio Vilela, Junqueiro e São Sebastião estão no local resgatando as vítimas – muitas delas em estado grave. Equipes da PM de Teotônio Vilela, Junqueiro, São Sebastião e do 3º Batalhão também estão no local.

Segundo informações de testemunhas, o ônibus estudantil de Junqueiro seguia com alunos universitários para a cidade de Arapiraca. E o de Teotônio Vilela voltava de Arapiraca para a cidade, também com estudantes. A estimativa é que cada veículo transportava ao menos 35 pessoas.

Dois ônibus que levavam universitários batem de frente em São Sebastião, Alagoas (Foto: Jair Santos/Arquivo pessoal)
Dois ônibus que levavam universitários batem de frente em Junqueiro, Alagoas (Foto: Jair Santos/Arquivo pessoal
g1