LOGO-NEWS-CARIRI

Seduc realiza abertura da Formação Inicial do Padin 2021

Publicidade

A Secretaria da Educação (Seduc) realizou, nesta segunda-feira (5), a abertura da Formação Inicial do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin) 2021. O evento foi realizado virtualmente e contou com a participação da primeira-dama do Ceará e presidente do Comitê Consultivo Intersetorial das Políticas de Desenvolvimento Infantil do Estado do Ceará (CPDI), Onélia Santana. Também estiveram presentes a secretária da Educação, Eliana Estrela; a coordenadora de Educação Infantil e Promoção Social da Seduc, Oderlânia Leite; e o orientador da Coordenadoria de Educação e Promoção Social da Seduc, Daniel Marinho.

Onélia Santana enfatiza que a promoção do desenvolvimento infantil está diretamente relacionada com o contexto familiar. “Sabemos que a fase da infância que vai da gestação até os seis anos de idade é um momento primordial da vida, em que a criança precisa de estímulos afetivos tanto por parte da família como dos profissionais que lidam com elas. O ambiente em que a criança vive precisa ser saudável e tranquilo, com bem-estar emocional, carinho, atenção e respeito. Acredito muito nos resultados do Padin, no sentido de combater a violência e de estimular o desenvolvimento integral das crianças, por meio das famílias. É um trabalho na base. Crianças bem cuidadas serão adultos equilibrados, solidários e acolhedores”, ressalta a primeira-dama.

A Formação Inicial conta com a participação de 49 supervisores e 412 agentes de desenvolvimento infantil, distribuídos nos 48 municípios em que o Padin está presente. Há, ainda, 20 articuladores atuando nas Regionais da Seduc em todo o Estado. O Padin constitui-se como um programa do pilar “Tempo de Crescer” do Programa Mais Infância Ceará, e atende 4.120 famílias.

Sequência

Eliana Estrela observa que cada colaborador do Padin tem papel fundamental na transformação de realidades. “Conseguimos construir uma rede importante. Nosso trabalho começa com o Mais Infância, passando pelo Mais Paic (Programa Aprendizagem na Idade Certa, voltado ao Ensino Fundamental), depois chegando ao Ensino Médio e, na sequência, promovendo o ingresso dos nossos jovens na universidade. Para tudo isso acontecer, precisamos começar olhando desde a infância. As crianças estão construindo o seu conhecimento pela interação com o outro, pelo lúdico trabalhado pelo professor, pelos vínculos familiares. Os sonhos dessas crianças passam por nossas mãos”, argumenta.

Oderlânia Leite esclarece que a formação tem o intuito de apresentar o Programa aos novos colaboradores. “O Padin é um programa muito caro para nós, considerando a transformação que faz na vida das pessoas, sobretudo no contexto das famílias e cidadãos mais vulneráveis socialmente. Sabemos da importância das visitas domiciliares. O programa é complexo, pois essa área tem muitas especificidades. Portanto, esta é a primeira formação do nosso projeto, de quatro que teremos ao longo do ano. Nesta etapa, vamos conhecer o Programa, suas metodologias e as funções de cada colaborador”, explica.

Daniel Marinho aponta que, mesmo diante do cenário de pandemia, vem sendo possível desenvolver ações no âmbito do Padin, após as adaptações feitas nos procedimentos de trabalho. “O ano de 2020 e os primeiros meses de 2021 têm nos apresentado desafios sem precedentes na história contemporânea. Não fomos preparados para esse contexto e estamos aprendendo o tempo todo. Tivemos que iniciar um isolamento social. Mas, nossas ações foram pouco a pouco aprimoradas pela implementação de novas estratégias de trabalho e de estudo, com o auxílio das tecnologias de informação e comunicação. O Padin também teve de ser reinventado”, analisa

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas