Secretário da Saúde visita o Cariri e anuncia ampliação em até 70 leitos de UTIs para a região

O Cariri é hoje uma das regiõoes que merecem atenção pelo casos crescentes de covid-19. Na manhã desta segunda-feira (29), o secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), esteve em Juazeiro do Norte acompanhando as ações de enfrentamento à pandemia. O gestor anunciou a ampliação em até 70 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para reforçar o atendimento em municípios como Juazeiro, Crato, Barbalha e Brejo Santo.

Em visita ao Hospital Regional do Cariri (HRC), unidade da rede estadual referência para a Região do Cariri em Covid-19 mas também trauma e AVC, Dr. Cabeto destacou o investimento em infraestrutura para o atendimento aos pacientes.

“Nossa proposta é conseguir finalizar o planejamento da ampliação de leitos na região, que tem agora um aumento do número de casos de coronavírus. Nós estamos visando à ampliação de leitos e à abertura de novos leitos em espaços estratégicos, como a UPA de Juazeiro, o HRC e as regiões de Iguatu e Icó e municípios vizinhos ao Crajubar e Brejo Santo. Com essas definições, nós prevemos uma ampliação de até 70 leitos, o que vai melhorar muito a Rede”, ressaltou.

Dr. Cabeto também visitou a UPA em Juazeiro do Norte e o hospital de campanha que está sendo montado no município. O secretário aproveitou a oportunidade para se reunir com gestores municipais e diretores de hospitais localizados no triângulo Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha).

“A região do Cariri é muito importante para o Estado do Ceará, por isso precisamos desse esforço em conjunto com toda a Rede para que possamos resolver o problema dessa pandemia, ao tempo que fortalecemos também todo o sistema de saúde”, finalizou Dr. Cabeto.

A secretária executiva de Atenção à Saúde e Desenvolvimento Regional da Sesa, Josenília Gomes, a superintendente da Região de Saúde do Cariri, Tereza Cristina, e o presidente do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), Flávio Deleféu, acompanharam o titular da Saúde durante as visitas.

Polícia Civil do Ceará alerta população para que não caia no golpe do boleto falso

O boleto bancário continua sendo um dos métodos de pagamento mais utilizado pelos brasileiros. Mas cuidado! Ele também pode ser alvo de fraudes para roubar o seu dinheiro. Em um dos golpes, os criminosos, além de conseguirem acessar os dados do computador e do aparelho móvel da vítima, eles alteram os dados dos boletos emitidos pela internet e redirecionam a quantia depositada até a conta dos golpistas. A fraude mais recorrente em boletos consiste em modificar o código de barras do documento para desviar o pagamento da vítima. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) chama a atenção para o método utilizado pelos criminosos e alerta a população para que fique atenta na hora de fazer pagamentos de forma segura.

Investigações conduzidas pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), unidade especializada da PCCE que apura crimes de estelionato no Ceará, indicam que a fraude do boleto falso consiste na falsificação de cobranças para fazer com que o pagamento seja direcionado para a conta bancária do golpista. São vários truques para atrair a vítima, que vão desde a manipulação do código de barras do documento até a criação de páginas falsas que oferecem o download da fatura fraudulenta.

O delegado adjunto da DDF, Carlos Teófilo, ressalta que neste período de pandemia os estelionatários continuam aplicando diversos golpes, entre eles, o do falso boleto. “A população precisa ficar atenta e observar os detalhes na emissão do boleto, como erros ortográficos, bem como o nome do beneficiário. Outro fato importantíssimo é evitar o acesso de contas pessoais utilizando o Wi-Fi de locais públicos. Analisar também, a numeração do código de barras e comparar com os boletos anteriores para confirmar a numeração do banco do qual você tem hábito de efetuar os pagamentos”, finaliza.

Os métodos mais utilizados pelos fraudadores são a adulteração do código de barras de boletos já recebidos pelas vítimas, como plano de saúde, contas de condomínio e até mesmo a prestação de financiamento de carro ou a prestação da escola dos filhos. A adulteração pode acontecer também pelo computador pessoal por meio de um malware (software malicioso que invade a máquina e pode alterar o número do código de barras), para que, no momento do pagamento, você copie o código errado. As invasões de programas maliciosos também incluem a criação de páginas falsas para forjar faturas, o envio de e-mails com histórias falsas, geralmente, em tom emotivo, induzindo a vítima ao descarte do boleto verdadeiro e pagamento do documento falso.

Antes de realizar o pagamento de uma conta utilizando um boleto bancário, o cidadão deve atentar às principais informações para identificar se ele é válido ou falso:

– Confira todos os dados inseridos no boleto;
– Atente para a grafia correta das palavras e das informações do boleto;
– Note que os últimos números do boleto correspondem ao valor que será pago na fatura. Desconfie se a sequência numérica contida no código de barras for maior;
– Se for uma fatura de pagamento recorrente, por exemplo de telefone ou TV a cabo, o código deve permanecer o mesmo em todos os meses, já que os valores permanecem inalterados;
– Verifique a procedência da empresa que emitiu a fatura. Se o nome e o CNPJ coincidirem, prossiga no pagamento;
– Opte pela leitura automática do código de barras no terminal do banco ou no aplicativo de do celular de uso pessoal;
– Se precisar baixar a 2ª cópia da fatura, faça apenas no site da empresa ou do banco;
– Certifique-se de que o site é seguro e que você está navegando na página correta;
– Se suspeitar que o computador que você está utilizando estiver infectado, o programa malicioso pode embaralhar o código de barras e o pagamento pode ser direcionado à conta dos criminosos;
– Evite fazer transações financeiras utilizando Wi-Fi de locais públicos;

Denúncias

A Polícia Civil está atenta às fraudes em meio virtual e pede a colaboração da população para que faça o registro das ocorrências para subsidiar as investigações no intuito de identificar os suspeitos e coibir novos delitos. O crime de estelionato pode ser reportado via Delegacia Eletrônica (Deletron) da Polícia Civil do Ceará, pelo site https://www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/beo/. Os procedimentos serão redistribuídos para as delegacias mais próximas do endereço da vítima ou, nos casos em que o montante investigado seja equivalente ou superior a 80 salários mínimos vigente, a investigação ficará a cargo da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF).

Crato: prefeitura desinfecta ruas para diminuir riscos de contaminação

As localidades com maior incidência de casos de covid-19 em Crato estão passando por um procedimento de desinfecção, operação realizada pela prefeitura como forma de prevenção ao contágio do novo coronavírus (COVID-19).

A ação conta com o apoio do curso de Agronomia da Universidade Federal do Cariri e irá percorrer todas as localidades onde foram registrados casos da COVID-19, bem como em lugares onde existem maior circulação de pessoas como supermercados, farmácias e bancos, e a zona distrital também será atendida.

De acordo com a coordenadora especial da Vigilância em Saúde, Arlene Sampaio, a desinfecção é feita com solução a base de hipoclorito de sódio lançada através de um trator e um tanque pulverizador com capacidade de 600 litros.

No decorrer destas operações estão sendo tomadas medidas protetivas no entorno dos locais, como isolamento e interdição de acessos, visando garantir a segurança da população e dos profissionais que participam da atividade, com o suporte da Secretaria Municipal de Segurança Pública, através dos agentes do Demutran, que faz a interdição e sinalização das ruas e o acompanhamento do trajeto.

O prefeito Zé Ailton sempre tem acompanhado as atividades de prevenção e combate a COVID-19 no município, alertando à população para os cuidados recomendados e reiterando a mensagem: “fiquem em casa e utilizem sempre a máscara e o álcool se precisarem sair”, destacou.

Dr. Cabeto vem a Juazeiro e discute abertura de novos leitos nesta segunda (29)

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

O Secretário de Saúde do Ceará, Dr. Cabeto Rodrigues, cumpre agenda nesta segunda-feira em Juazeiro do Norte para tratar sobre o combate à pandemia na região do Cariri. Ele participa nesse momento de uma reunião com o prefeito Arnon Bezerra na sede da secretaria municipal de saúde. Ainda hoje o secretário deve participar de uma videoconferência com prefeitos e gestores da saúde dos 45 municípios que integram a macrorregião do Cariri.

Mai cedo, Dr. Cabeto também fez uma visita à unidade covid (Upa da Lagoa Seca). É a primeira vez que o secretário vem ao Cariri desde o começo a pandemia. A região, atualmente, atravessa o período mais alarmante de contágio, com mais de cinco mil casos confirmados e quase duzentas mortes por consequência da doença.

300 respiradores que chegaram da China serão enviados a cidades do interior

Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu, Icó e Missão Velha estão entre os municípios que contarão com os novos equipamentos para que possam montar leitos de UTI, exclusivamente destinados ao tratamento da Covid-19.

Produzidos na China, os 300 respiradores que chegaram ao Ceará na noite do último sábado (27) serão enviados a várias cidades cearenses, incluindo Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu, Icó e Missão Velha. A lista com a definição das demais cidades ainda está sendo finalizada pela Secretaria da Saúde (Sesa) e também pode incluir a Região Metropolitana de Fortaleza. Os equipamentos viabilizarão a montagem de leitos de unidade de terapia intensiva (UTIs) nestes municípios do interior do estado, que agora passam por um aumento nos números de casos e mortes por Covid-19. A informação foi confirmada pelo secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, durante entrevista ao Bom Dia Ceará na manhã desta segunda-feira (29).

Mediante análise, endossa o secretário, os municípios cujas unidades de saúde estão melhor estruturadas, vão receber uma quantidade superior dos equipamentos novos. “Algumas cidades se prepararam [para receber os respiradores] e essas que têm maior preparo vão receber em maior número. Nós distribuímos de uma forma adequada e estabelecemos critérios de prioridade e critérios de gravidade”, afirma, exemplificando que o Hospital Regional do Cariri “está ampliando sua capacidade instalada de UTI pra receber pacientes mais complexos”.

Em Juazeiro do Norte, o número de casos confirmados do novo coronavírus chega a 1.462, com o registro de 81 mortes, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde (Sesa) neste domingo (28). Iguatu, aparece com 792 casos e 27 óbitos. Já Crato tem, respectivamente, 636 e 11; Barbalha, 289 e 6; Brejo Santo, 177 e 5; Icó, 175 e 3; e Missão Velha, 144 e 3.

Mais 200 respiradores

Os novos aparelhos entregues no fim de semana fazem parte do terceiro lote de equipamentos adquiridos pelo governo do estado vindos do exterior. Em 26 de abril, foram 90 toneladas de equipamentos de proteção individual e de testes rápidos.

Já em 18 de maio, outros 200 respiradores mecânicos e insumos hospitalares pousaram em Fortaleza. A previsão, acrescenta Dr. Cabeto, é de que até o dia 7 de julho cheguem os 200 respiradores que faltam dos 700 encomendados da China.

Produção chinesa

Conforme o secretário, as centenas de respiradores recentemente adquiridos para utilização no Ceará foram encomendados da China por se tratar do único país do mundo onde – mesmo durante a permanência da pandemia – foi mantida a produção em larga escala do equipamento. “Os respiradores vêm da China porque é o local ainda há maior produção. Nenhum outro país ainda disponibiliza respiradores para venda porque eles passaram por grandes epidemias e também adquiriram do governo chinês”.

A escolha pelo fornecedor ainda se justifica, diz ele, porque os produtos oriundos do país tiveram qualidade aprovada por cientistas da saúde. “É fundamental que a população saiba que esses respiradores adquiridos pelo estado do Ceará são da melhor qualidade, nós fizemos avaliação com especialistas. E o Ceará, nesse sentido, tem sido muito feliz: dos 700 respiradores que compramos da China, já recebemos 500. E temos aí, até 7 de julho, a proposta de receber os últimos 200, suprindo toda a rede de necessidade que o estado tem. Tanto nos nossos hospitais, como cedendo em uso ou doando para as outra unidades”.

Quase 6 mil óbitos por Covid-19 no Ceará

O Ceará registra quase 6 mil mortes por Covid-19. O número de óbitos em decorrência da infecção pelo novo coronavírus chegou a 5.995 e o total de casos confirmados a 107.593, segundo a plataforma IntegraSUS, administrada pela Secretaria da Saúde (Sesa) e atualizada às 18h07 deste domingo (28).

Fonte: G1 / CEARÁ 

Quase 250 mil agricultores atualizaram a demanda do Hora de Plantar 2020/2021

Até a última sexta-feira (26), 246.726 agricultores atualizaram a demanda do Hora de Plantar 2020/2021 através do atendimento remoto realizado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário e da Ematerce. O resultado representou uma redução da demanda de apenas 10.207 agricultores em relação ao ano passado e foi avaliado positivamente pela Secretaria, levando em consideração as recomendações de distanciamento social. A repetição da demanda do ano anterior está garantida nos casos em que o agricultor não tenha conseguido acesso ao serviço.

Segundo relatório da Coordenadoria de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Codaf/ SDA), os pedidos de sementes de milho híbrido e variedade, feijão caupi e sorgo forrageiro concentram 96,7% da demanda apresentada. Além destes produtos, o programa ainda é responsável pela distribuição de mudas de caju anão precoce, raquetes de palma forrageira, manivas de mandioca, mudas de essências florestais e frutíferas, como acerola, goiaba, manga e umbu cajá. A previsão é iniciar a entrega das sementes no final de 2020 e concluir a distribuição até fevereiro de 2021.

Fim de junho deve ser de chuva nas macrorregiões do centro-norte do Ceará

Os últimos dias do mês de junho deverão apresentar cenário favorável para chuvas passageiras nas macrorregiões mais ao norte do Ceará, conforme análise das atuais condições de tempo realizada na manhã desta segunda-feira (29) pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Por meio de imagem de satélite, os meteorologistas da Funceme observaram a formação de áreas de instabilidade sobre o oceano, junto à costa norte do Nordeste, e uma tendência de movimentação em direção ao Ceará. Este cenário, se confirmando, deve proporcionar precipitações entre a tarde e a noite de hoje na faixa litorânea, Ibiapaba, região Jaguaribana e no Maciço de Baturité.

Neste momento, a expectativa que é tais chuvas sejam passageiras e com intensidade variando entre fraca e moderada. Para o centro-sul do Ceará, nesta segunda, a expectativa é de tempo mais estável, isto é, com chances bem reduzidas de precipitações.

Para terça, as áreas localizadas na faixa litorânea e também no Maciço de Baturité ainda deverão manter condições para possibilidade de chuva entre madrugada e manhã, principalmente. Por fim, na quarta-feira (1º), não há expectativa de acumulados no Ceará.

Covid-19: ANS torna obrigatória cobertura de teste por planos de saúde

Resolução está no Diário Oficial da União

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) decidiu incluir, no rol de procedimentos obrigatórios a serem atendidos por planos de saúde, os testes para confirmação de infecção pelo novo coronavírus, que causa a covid-19. A Resolução Normativa 458, de 2020, que inclui os exames laboratoriais, foi publicada hoje (29) no Diário Oficial da União.

As pesquisas de anticorpos IgA, IgC ou IgM serão obrigatórias para os planos de saúde nas segmentações ambulatorial, hospitalar (com ou sem obstetrícia) e referência, nos casos em que o paciente apresente ou tenha apresentado alguns quadros clínicos.

Entre esses quadros clínicos estão gripe com quadro respiratório agudo (com febre, tosse, dor de garanta, coriza ou dificuldade respiratória) e síndrome respiratória aguda grave (dificuldade para respirar, pressão persistente no tórax, saturação de oxigênio menor que 95% em ar ambiente ou coloração azulada nos lábios e rosto).

A inclusão dos exames no rol de procedimentos obrigatórios para planos de saúde foi tomada em reunião colegiada da ANS na semana passada, em cumprimento a uma decisão judicial.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL