“Todos serão presos”, diz Camilo sobre autores de ataques criminosos no Ceará

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Em vídeo veiculado no final da tarde desta terça-feira, o Governador Camilo Santana anunciou que o Governo vai intensificar as ações policiais de combate às facções criminosas em todo o Estado. O governador afirmou ainda que todos os criminosos envolvidos nos ataques serão presos e punidos a rigor da lei.

As declarações foram dadas após reunião entre o chefe do executivo estadual e os Secretários de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) André Costa e de Administração Penitenciária (SAP) Mauro Albuquerque. O encontro ocorreu na tarde de hoje no centro de comando da SSPDS, em Fortaleza.

Camilo revelou ainda ter mantido contato com o Ministro da Segurança Pública Sérgio Moro. “Avaliamos a possibilidade de termos um reforço de tropas federais aqui no ceará”, disse o Governador.

https://www.instagram.com/tv/B2zmDEjFde2/?igshid=14qr32qx7wksf

“Tamo junto Cariri ”: começa venda do terceiro lote de ingressos

Começou nesta segunda-feira (23) as vendas do terceiro lote de ingressos para a festa “Tamo Junto”, que reunirá Wesley Safadão e Xand Avião no Cariri. Os bilhetes para o setor arena custam R$ 30,00 meia e R$ 60,00 inteira; na área vip a meia custa R$ 80,00 e a inteira R$ 160,00; já para camarotos os preços são R$ 110,00 meia e R$ 220, 00 inteira.

Os ingressos podem ser comprados no Escritório Yury Paredão, localizado na rua Horácio Campelo, 500 – Limoeiro, na loja Mioche do Cariri Garden Shopping, no posto Palmeiral do Crato e no meio online, no site bilhete certo.

O “Tamo Junto” está programado para acontecer no dia 5 de outubro. A festa carrega a marca do empresário Yury do Paredão, conhecido por promover grandes eventos musicais na região.

Sema investiga a origem de pacotes achados em praia em São Luís

A Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema) está investigarndoa origem dos pacotes localizados no domingo (22) no litoral de São Luís. As empresas identificadas pela Sema serão multadas.

No fim de semana, pelo menos cinco deles foram vistos pela praia de São Marcos, situada na capital. Os pacotes pesam mais de 100 kg. O especialista da Secretaria de Meio Ambiente, Paulo Rocha, diz que os pacotes são boias contra impactos de navios. Uma espécie de amortecedor para choques mecânicos.

“Alguns dos pacotes que foram encontrados, que são no caso esses amortecedores, possuem selos que têm nomes de identificação de quem seria o fabricante ou mesmo a empresa dona do equipamento e a gente tem acionado, notificado, multado todas essas pessoas jurídicas que tem responsabilidade para que combata e evite assim a proliferação em massa”, explicou Paulo Rocha.

Segundo o oceanógrafo, Leonardo Lima, além de sujar as praias, as boias causam danos à biodiversidade marinha. “Esse material vai se deteriorar nas praias e vai começar a se transformar cada vez em pedaços menores quem vem contaminar biorta, os organismos da praia”, disse.

No começo do mês de setembro, pacotes semelhantes foram encontrados no município de Cururupu e, no ano de 2018, em Santo Amaro, Paulino Neves e Cândido Mendes.

Fonte: G1.com

Cidades do litoral cearense serão notificadas pelo Ibama sobre manchas de óleo em praias

O surgimento de manchas escuras oleosas em praias de vários estados do Nordeste, incluindo o Ceará, está mobilizando órgãos ambientais e de proteção da zona marítima. Nesta quarta-feira (25), todos os municípios do litoral cearense serão notificados sobre como proceder em relação ao problema. A informação é do chefe da Divisão Técnico-Ambiental do Ibama no Ceará, Muller Holanda.

“Estamos fazendo um plano de contingência do Rio Grande do Norte até Pernambuco, em parceria com outras instituições. Esse material pode ser vazamento de plataforma petrolífera ou descarga de navios. Foram coletadas amostras para análise em colaboração com a Petrobras, e aguardamos o estudo”, pontua Muller, afirmando ainda que a Marinha do Brasil tem integrado as reuniões.

Em nota, a Petrobras já informou que “o material encontrado não é produzido nem comercializado” pela estatal, e que “vem realizando, por solicitação do Ibama, limpeza de praias que apresentaram manchas de óleo nos últimos dias, nos estados de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte”.

Material dispersado

No Ceará, além das manchas na Praia do Paracuru, Litoral Oeste, no sábado (21), banhistas relataram a presença de substância semelhante nas Praias do Futuro, do Porto das Dunas e da Sabiaguaba, em Fortaleza; de Cumbuco, na Região Metropolitana da capital; de Fortim, no Litoral Leste; e de Mundaú, no Litoral Oeste.

De acordo com Rivelino Cavalcante, professor do Curso de Ciências Ambientais da Universidade Federal do Ceará (UFC), a substância escura “pode ser fruto de lavagens de navios ou resíduos do transporte de materiais, tudo lançado em alto mar e dispersado até a costa”. O especialista aponta que “as correntes são bastante eficientes em dispersar essas substâncias a longas distâncias”.

A hipótese é reforçada por nota do Ministério do Meio Ambiente (MMA). “Grandes distâncias entre manchas de óleo encontradas em praias costumam indicar que o ponto de despejo está distante. Considerando que o litoral dos estados de Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte não concentra oleodutos e plataformas, órgãos ambientais consideram que o material seja procedente de embarcações. As características do piche indicam que o material tenha sido despejado há bastante tempo”, indica o documento.

Danos à fauna

O tempo necessário para remoção completa do “óleo” das praias nordestinas é “indeterminado”, conforme o cientista ambiental. “Não dá para prever nem ter ideia. O que pode ser feito é descobrir qual a fonte, se é derivado de petróleo da Venezuela, do Oriente Médio, dos Estados Unidos… Descobrir a chamada fingerprint do petróleo-fonte. Isso ajuda a saber quem foi o causador e, por consequência, a responsabilizá-lo pelo crime ambiental”, frisa.

O desenvolvimento de um plano de ação também é destacado pelo professor como “muito urgente”, já que, há cada minuto, vários animais podem morrer em consequência da substância. “Muitas das constituintes desse óleo são tóxicas à fauna marinha, é muito sério. É só uma mancha, mas causa impacto muito grande. Espécies maiores tendem a achar que é alimento, ingerem, e como é algo pegajoso, pra elas se libertarem disso é bastante complicado”, lamenta o ambientalista.

Nesta terça-feira uma tartaruga coberta pelo óleo foi achada morta no litoral do Piauí. Em uma praia na região do Porto de Suape, em Pernambuco, foram encontradas duas tartarugas mortas com manchas de piche nos cascos. Os animais foram recolhidos pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). No Ceará, ainda não há registros de ocorrências similares.

Fonte: G1.com

Aurora: Vereadores denunciam suposta fraude na contratação de empresa fantasma

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Os vereadores de Aurora João Bandeira Filho, Silvio Carneiro e Osasco Gonçalves, denunciaram um suposto esquema ilícito envolvendo a administração pública daquele Município com a contratação de uma empresa fantasma para o serviço de recargas de Toner das impressoras das secretarias municipais.

Em matéria veiculada no Portal Aurora Notícias, os parlamentares dizem que a empresa TEREZINHA DE JESUS FRAZÃO LIRA – ME, inscrita no CNPJ: 23.808.599/0001-90, que firmou 10 contratos com a gestão no valor de R$188.250,00 no ano de 2017, não possui fachada e estava fechada em pleno horário comercial, indicando não existir efetivamente.

Os vereadores também afirmaram terem visitado secretarias do Município e constatado a ausência de toner nas  impressoras, razão pela qual a demanda de impressões estava sendo encaminhada apenas para a sede do paço municipal.

Os fatos verificados in loco pelos parlamentares podem ensejar uma denúncia formal ao Ministério Público nos próximos dias. A gestão ainda não se pronunciou sobre as afirmações dos vereadores.

CARRO ACIMA DO PREÇO

Em mais uma denúncia veiculada no Portal Aurora Notícias, a prefeitura é suspeita de ter comprado um veículo, em julho de 2018, num preço acima do valor de mercado. O carro presta serviços à Secretaria Municipal de Transportes.

De acordo com contrato publicado no site da prefeitura (https://aurora.ce.gov.br/contratos/467/25.06.201803_2018_0000001.pdf) o veículo foi comprado na empresa Nacional Veículos e Serviços LTDA, situada à Avenida Rogaciano Leite, 333, Salinas, em Fortaleza. O carro custou R$ 55.000,00 (cinquenta e cinco mil reais), no entanto, em consultas realizadas pelo portal em algumas concessionárias da região do Cariri, verificou-se que o valor de mercado do carro em questão, um VOLKSWAGEN -SAVEIRO – ROBUST/2017- 2018, seria de 44.200,00 (quarenta e quatro mil e duzentos e vinte reais), dessa forma, cerca de R$ 10.200,00 (dez mil e duzentos reais) a menos do que o valor pago pela prefeitura na compra do automóvel.

Operação do MP de combate ao desmatamento aplica R$ 371 mil em multas na BA e embarga 260 hectares de área destruída

A ‘Operação Mata Atlântica em Pé’ que ocorreu na Bahia na semana passada fiscalizou 27 locais na Bahia e aplicou R$ 371 mil em multas no estado até a última sexta-feira (20), conforme balanço da ação divulgada pelo Ministério Público (MP-BA), na segunda-feira (23).

Segundo o promotor de Justiça Fábio Côrrea, que coordena o Núcleo Mata Atlântica (Numa), do MP da Bahia, a operação se estende no estado baiano nesta semana.

A ação é do Ministério Público do Paraná e, na semana passada, além da Bahia, ocorreu em outros 15 estados brasileiros: Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A ação tem como objetivo combater o desmatamento e garantir a proteção de regiões que integram o bioma da Mata Atlântica.

Mais de 260 hectares de áreas desmatadas foram embargadas na Bahia durante a primeira semana da operação. Além da multa, foram emitidos 16 autos de infração em razão da retirada irregular de vegetação nativa, cerca de 802 metros de carvão vegetal e quase 49 metros de lenha foram apreendidos e 13 fornos que eram utilizados para produzir carvão vegetal ilegalmente foram destruídos.

De acordo com o MP-BA, os embargos foram feitos para garantir a recuperação das áreas ou a regularização delas.

As fiscalizações aconteceram com o apoio da Polícia Militar, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e órgãos estaduais ligados à questão ambiental, sendo na Bahia o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

De acordo com dados do Instituto SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a Mata Atlântica ocupa apenas 12% da sua cobertura original e se situa numa área onde vivem mais de 70% da população brasileira.

Os dados, de acordo com o promotor Fábio Côrrea, explicam o motivo do esforço conjunto do MP nacional para coibir o desmatamento nas áreas identificadas como mais ameaçados, nos quais estão sendo realizadas as fiscalizações.

Fonte: G1.com

Conheça relíquia de Irmã Dulce que o Papa Francisco vai receber como presente durante cerimônia de canonização.

A Arquidiocese de Salvador divulgou a imagem da relíquia de Irmã Dulce que o Papa Francisco será presenteado durante a cerimônia de canonização da futura santa, no Vaticano, no dia 13 de outubro.

Conforme publicado no site da Arquidiocese, o relicário possui um fragmento do osso da costela do Anjo Bom da Bahia.

Os restos mortais serão entregues no relicário que é acompanhado de uma pedra ametista em formato de coração, e ficarão guardados na Capela das Relíquias, no Vaticano.

Relíquia é um fragmento do corpo de um santo, geralmente dos ossos, venerados pelos católicos. De acordo com a Arquidiocese, a prática de fazê-los é comum no catolicismo, já que os relicários têm uma importância espiritual e religiosa para os fiéis.

Na missa em homenagem a Irmã Dulce, no dia 13 de agosto deste ano, o Arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger apresentou aos fiéis outro relicário com um pedaço do osso de Irmã Dulce. Essa relíquia ficará em Salvador, na capela de relíquias do Santuário de Irmã Dulce, que fica no bairro de Roma, para veneração dos devotos.

A canonização de Irmã Dulce será a terceira mais rápida da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas da santificação de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa) e do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte).

Irmã Dulce teve a canonização marcada depois que o Vaticano reconheceu dois milagres atribuídos a ela. O primeiro foi reconhecido em outubro de 2010, quando Irmã Dulce foi beatificada. O segundo foi reconhecido em maio deste ano.

Os dois casos estão entre os três que eram analisados no Vaticano. Os relatos de milagre foram enviados pelas Obras Sociais Irmã Dulce, em 2014, após avaliação de profissionais da própria instituição, reunindo mais de 10 mil casos na sede da instituição, em Salvador.

Fonte: G1.com

Gabriel Diniz: PF pede pela 3ª vez prorrogação do prazo para investigar morte do cantor

A Polícia Federal (PF) em Sergipe confirmou nesta terça-feira (24) que pediu à Justiça Federal, pela terceira vez, a prorrogação por mais 30 dias do prazo para concluir o inquérito sobre o acidente com a aeronave que vitimou o cantor Gabriel Diniz e dois pilotos, no Povoado Porto do Mato, em Estância (SE).

O primeiro pedido foi feito em julho e o segundo em agosto. De acordo com a PF, o pedido ocorreu porque alguns laudos ainda não foram entregues.

“A conclusão só poderá ser feita quando essa documentação legal estiver juntada ao inquérito. Por se tratar de um embasamento científico seria prematuro a autoridade policial emitir qualquer juízo de valor”, informou a assessoria de comunicação do órgão.

No dia 27 de maio, Gabriel Diniz e os pilotos Abraão Farias e Linaldo Xavier estavam a caminho de Maceió (AL) da aeronave Piper Cherokee PT-KLO, fabricada em 1974 e pertencente ao Aeroclube de Alagoas, que caiu em Sergipe.

Em nota, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) informou que a investigação conduzida pelo Centro tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram. Além disso, a necessidade de descobrir todos os fatores contribuintes garante a liberdade de tempo para a investigação.

Em junho, parte da fuselagem do avião foi devolvida ao proprietário, que ficou com o motor e o trem de pouso e vendeu o restante das peças de alumínio e ferro para um depósito de material reciclável em Aracaju.

Fonte: G1.com