Romaria de “Mãe das Dores” reafirma tradição religiosa de Juazeiro do Norte-CE

Por Agência News Cariri

A multidão de romeiros que lotou o largo da basílica de Juazeiro para acompanhar o encerramento da romaria de Nossa Senhora das Dores, neste domingo (15), reafirmou a força da tradição religiosa de Juazeiro. Na estimativa da Secretaria de Turismo e Romaria (Setur), mais de 300 mil fiéis visitaram a cidade durante os dias da festa religiosa, que foi de 24 de agosto até ontem.

Na despedida da “Bênção do Chapéu”, o Bispo Diocesano Dom Gilberto Pastana afirmou que a romaria trouxe para Juazeiro devotos de pelo menos nove estados do Brasil: São Paulo, Sergipe, Bahia, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará Pernambuco e Alagoas, estes dois últimos os que mais enviaram romeiros à “Capital da Fé”, superando, segundo Pastana, até mesmo o Ceará, Estado anfitrião da Romaria.

Encerrada a segunda maior romaria do ano, agora as expectativas se voltam para o mês de novembro, quando ocorre a tradicional Romaria de Finados, a maior do ano em número de visitantes. A média de devotos costuma beirar um milhão.

Mandato nas redes: veja o que repercutiu nas redes sociais dos deputados do Cariri no final de semana

Por Agência News Cariri

O site News Cariri preparou um raio-x das atividades desempenhadas por parlamentares do Cariri neste último final de semana. Confira:

FERNANDO SANTANA

O deputado Fernando Santana (PT) não divulgou agenda política neste final de semana. Ontem, o parlamentar utilizou de suas redes sociais para para parabenizar o aniversário de emancipação política do Município de, localizado no sul Cearense. “Neste dia 15, o município de Baixio completa 63 anos de emancipação política, quero não só parabenizar os baixienses, como também agradecer o carinho pelo qual fui recebido final de semana passado. Em nome do amigo e ex-prefeito Dr.Nilton, deixo meu abraço a toda população da cidade” disse. Recentemente Santana participou de um encontro político o ex-prefeito da cidade, Dr.Nilton, seu principal aliado político no Município.

  

NELINHO DE FREITAS

O deputado Nelinho de Freitas (PSDB), cumpriu agenda de compromissos políticos em Limoeiro do Norte, onde se reuniu com lideranças locais para tratar de assuntos de interesse do município e da primeira Feira das Profissões que beneficiará os universitários do Vale Jaguaribe, nos dias 23 a 28 de setembro. O deputado ainda prestigiou a Jaguar Berro 2019, exposição de ovinos e caprinos de Jaguaruana.

PEDRO BEZERRA

O único representante de Juazeiro do Norte no legislativo Federal, deputado Pedro Bezerra (PTB) marcou presença nos festejos de encerramento da romaria de Nossa Senhora das Dores. Durante a procissão de encerramento da festa religiosa, o parlamentar esteve acompanhado do seu pai e prefeito de Juazeiro, Arnon Bezerra. “Momento gratificante e de renovação espiritual para todos que participam! Salve Nossa Senhora das Dores”, escreveu Pedro em seu perfil oficial do Instagram.

GUILHERME LANDIM

O deputado Guilherme Landim (PDT) não divulgou detalhes sobre sua agenda política do final de semana. No seu perfil nas redes sociais, ele anunciou a ida do “Caminhão do Cidadão” a Brejo Santo, sua cidade natal. “Vem novidade para o povo de Brejo Santo! Solicitamos ao Governo do Estado, a inclusão do município para receber o Caminhão do Cidadão, que estará na cidade nos dias 12, 13 e 14 de novembro”, disse. A expectativa é que o caminhão diminua a fila de pessoas que buscam a emissão do RG.

Prefeitura de Tarrafas gasta R$ 118 mil para reformar muro; dinheiro da saúde

Por Madson Vagner 

Apesar do volume de recursos aplicados, a licitação foi realizada na modalidade “tomada de preço”, sem a necessidade de pregão.

Mergulhado em denúncias de corrupção envolvendo nepotismo, desvio de dinheiro público e formação de quadrilha, o prefeito de Tarrafas Tertuliano Cândido Martins, o Taiano (PP), autorizou a reforma e ampliação de um muro na escola Dona Emília Ferreira de Oliveira ao custo de R$ 118 mil. Apesar do volume de recursos aplicados, a licitação foi realizada na modalidade “tomada de preço”, sem a necessidade de pregão.

A obra foi entregue a Construtora Nova Liderança Eventos e Serviços Eireli – ME, que se enquadra nas empresas com diversas finalidades, sem especificação de especialidade. O contrato, assinado no dia 17 de junho, abre espaço para o chamado “regime de execução indireta”, combatido pelo Ministério Público.

Entre as muitas denúncias sobre o contrato, chama a atenção o fato do contrato ter sido assinado pela ordenadora de despesa do Fundo Municipal de Saúde, Francisca Hildete Rodrigues. Além disso, não há especificação de metragem da obra. A denúncia aponta vícios de corrupção como superfaturamento e desvio de finalidade.

Na base de oposição, liderada pelo vereador Tico Batista (PSD) e a ex-prefeita Teca Lopes, o atual gestor desafia a justiça cearense. Os opositores lembram as recentes investigações contra o prefeito, onde o Ministério Público do Estado (MPCE), solicitou o afastamento do gestor e mais 11 pessoas com laços familiares, configurando-se nepotismo.

Corrupção generalizada

O grupo de oposição em Tarrafas cobra um posicionamento da Justiça sobre a Ação Civil Pública movida pela promotora Vandisa Maria Frota Azevedo, em que é pedido o afastamento definitivo do prefeito Taiano.

Na ação, impetrada em dezembro de 2018, a promotora pede ainda o afastamento do pai do prefeito, conhecido como Terto, e da madrasta Arlete Lima, ambos e ex chefes de gabinete; do tio, Ananias Alcântara (secretário de obras); dos primos D’angello Alcântara (ex secretário de finanças) e Joana Alice Alcântara (Tesoureira); todos por atos de improbidade administrativa.

Segundo o Ministério Público, prefeito e familiares desviaram R$ 560 mil dos cofres públicos. Segundo investigações, as fraudes aconteciam por meio de notas de empenho, liquidações e autorização para pagamentos por serviços fictícios. Na direção das empresas recebedoras, foi identificado o uso de “laranjas”; geralmente, pessoas simples e sem instrução.

O grupo criminoso se apropriou de documentos pessoais dos laranjas e tinham o controle sobre cartões, senhas e talões de cheques. As contas foram abertas no Banco Bradesco, sem que as pessoas usadas soubessem. Pelo menos, 15 pessoas foram ouvidas na investigação, onde a maioria confirmou a existência do esquema de corrupção.

A ação do MPCE foi encaminhada a juíza Carliete Roque Gonçalves Palácio, Comarca de Assaré, que despachou o processo para a Vara Especializada de Delitos e Organizações Criminosas do Estado do Ceará, em Fortaleza. Até o momento não há uma decisão sobre a denúncia.

TRF-5 mantém bloqueio de bens e apreensão de dinheiro do prefeito de Granjeiro

Por Madson Vagner 

Os desembargadores do TRF5 decidiram manter os bloqueios e apreensões na operação “Bricolagem”. Os desvios podem chegar a R$ 5 milhões.

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, em Recife, negou recurso do prefeito de Granjeiro, João Gregório (PPL), para desbloqueio de bens, liberação de recursos e veículos apreendidos na operação “Bricolagem”. Por 3 votos a 2, os desembargadores decidiram na quarta-feira, 11, pela manutenção dos bloqueios e apreensões.

João Gregório é investigado por desvio de dinheiro público. Alvo da Polícia Federal e Controladoria Geral da União (CGU), ainda em 2018, o prefeito teve apreendido R$ 213 mil que estavam escondidos em caixas de sapato na sua residência.

A operação investiga fraudes em licitações para construção de escolas, através de contratos fraudados que podem chegar a R$ 5 milhões. A PF cumpriu 15 mandados em Fortaleza, Granjeiro, Caririaçu, Aurora e Juazeiro do Norte.

De acordo com a Polícia Federal, foi constatado que empresas de fachada ganhavam as licitações e as obras eram realizadas pela própria Prefeitura, usando servidores contratados. Ainda, segundo a investigação, também houve pagamento pela prestação de serviços do transporte escolar que não foram realizados.

Governo do Ceará investe em infraestrutura para gerar emprego e renda

O Governo do Ceará está investindo em infraestrutura para gerar emprego e renda aos cearenses. Programas como o de requalificação de rodovias, através do Ceará de Ponta a Ponta, abrem postos de trabalho em todas as regiões do Estado. O hub tecnológico, com 14 cabos submarinos de fibra ótica e o Cinturão Digital, está atraindo novos investimentos e negócios para o Ceará. Além dos hubs aéreo e marítimo, que movimentam o turismo, indústria e comércio do estado.

Com sua posição estratégica, o Porto do Pecém facilita o tempo de trânsito para a Europa, Estados Unidos, Ásia e África, atraindo oportunidades e parcerias internacionais, como o Porto de Roterdã, na Holanda, o maior da Europa. Em julho último, foi registrada a movimentação de 1.706.961 toneladas de cargas no Porto do Pecém, a melhor movimentação já contabilizada em um único mês desde que o terminal portuário começou a operar, em março de 2002. Já são mais de 59 milhões de toneladas movimentadas nos últimos cinco anos, numa estrutura de mil hectares de área.

Essa infraestrutura do hub marítimo permite que o Complexo Industrial e Portuário do Pecém fomente a geração de emprego e renda no Ceará. Exemplo é Gleyce Hellen (19), há três meses trabalhando no CIPP. Nascida no município de São Gonçalo do Amarante, a garota teve seu primeiro contato com o Porto do Pecém em 2018, através do Projeto Primeiro Passo, do Governo do Ceará, que qualifica profissionalmente adolescentes e jovens da rede pública de ensino. Antes mesmo do fim do projeto, em julho deste ano, Gleyce foi surpreendida com o convite para continuar atuando no setor em que estava lotada, o Compras e Contratos, mas como colaboradora do CIPP. Após ingressar no porto, Gleyce começou a estudar logística e enxerga uma grande oportunidade de permanecer trabalhando na empresa. “Aqui eu posso crescer, trabalhar e ainda continuar no morando no local em que eu nasci, perto da minha família e amigos”, diz Hellen.

Com mais oportunidades e negócios para o Ceará, o hub aéreo proporciona diariamente 138 frequências nacionais e, semanalmente, 48 frequências internacionais, fortalecendo a vocação turística do estado. No primeiro semestre deste ano, o Aeroporto de Fortaleza recebeu 99% mais estrangeiros, número que fez do Ceará o estado com mais aumento na quantidade de passageiros vindos de outros países. Foram 129,4 mil visitantes internacionais em voos diretos, a maior porta de entrada de turistas estrangeiros do Nordeste. O resultado, empregos diretos e indiretos ligados ao turismo na capital e interior do estado.

Conectividade

O Cinturão digital conecta 90% da população urbana do Ceará. Essa infraestrutura possui mais de 8 mil km de fibra ótica de alta velocidade, espalhadas por mais de 2 mil pontos de acesso, conectando diariamente milhões de cearenses. “Estamos desenvolvendo um segmento importante desse cenário, que é o segmento dos provedores de acesso à Internet. Nos últimos quatro anos surgiram mais de 500 provedores de internet dentro do estado, que geram mais de 5 mil empregos e movimentam anualmente mais de R$1,4 bilhão. Isso de fato é uma nova economia que surgiu dentro do nosso estado, fruto do que a Etice e o Governo do Estado estão implementando no Ceará nos últimos anos”, comenta Adalberto Pessoa, presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice).

Além disso, o Ceará conquistou a posição de principal centro de telecomunicações da América Latina, com 14 cabos submarinos de fibra ótica de alta velocidade conectando as Américas, Europa e África. A inovação tecnológica é porta de entrada de novos investimentos que também geram emprego e renda.

Obras públicas

O Ceará de Ponta a Ponta já entregou mais de 2.135 km de estradas e outros 724 km estão em andamento. São mais de 120 trechos de rodovias, reduzindo os custos de transportes e abrindo caminho para o desenvolvimento do turismo, da indústria e do comércio. O programa gera 7.200 postos de trabalho em todas as regiões do estado, além dos empregos indiretos gerados.

A Superintendência de Obras Públicas (SOP) contabiliza cerca de 700 obras de rodovias e edificações em andamento. Somente a construção do Hospital de Limoeiro do Norte gerou, no ápice da obra, 700 empregos diretos. A obra da Arena Romeirão deve gerar a mesma quantidade de postos de trabalhos diretos e a expectativa é de que o Complexo Estação das Artes, no Centro de Fortaleza, deve gerar até 1 mil vagas de emprego. “A construção civil tem impacto muito grande na geração de emprego e renda, especialmente da maneira como o Governo do Ceará está fazendo, dando impulso nas obras de rodovias e edificações, fazendo o dinheiro circular melhor em todo o Ceará”, afirma o superintendente da SOP, Quintino Vieira.

Há canteiros de obras também para a construção da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. No Centro, que será o ponto de partida da nova linha, os serviços se dividem em várias frentes, com as escavações da estação Chico da Silva e a conclusão da montagem e teste das tuneladoras, que são as máquinas que escavarão os túneis, e da fábrica de anéis de concreto.

 

A execução dos trabalhos conta com cerca de 500 colaboradores, entre eles o eletricista Valter Mendes (43). Pai de três filhos, ele está desde janeiro trabalhando na obra da Linha Leste do Metrô de Fortaleza ao lado do seu primogênito. “Graças a Deus já está trabalhando aqui com a gente. Esse já é casado e tem a família dele”, disse o eletricista, que tira da obra o dinheiro para ajudar o restante da família. “Outro (filho) já cursa faculdade e está morando no Chile. De vez em quando ajudo com alguma coisa. O mais novo ainda é pequeno e mora comigo. É daqui que tiro meu sustento e pago a prestação da minha casa própria”, declarou Valter.

População LGBT de Teresina ganha aulas de autodefesa gratuitas a partir desta segunda

Parte da população LGBT de Teresina vai receber a partir desta segunda-feira (16) aulas de autodefesa voltadas para atender a este grupo que, constantemente, é vítima de violência. Inicialmente, segundo o secretário Miguel Rosal, da pasta de esporte e lazer de Teresina, serão atendidas 60 pessoas, mas novas vagas devem ser abertas em breve.

“Abrimos essas vagas, mas temos pelo menos o triplo disso de procura pelas aulas. Em breve vamos conseguir fornecer aulas para todos que nos procurem”, explicou o secretário.

O curso tem duração de três meses e acontece aos finais de semana. As aulas divididas em módulos, com os alunos revezando entre si para que cada pessoa inscrita possa cursar as três modalidades oferecidas. O curso vai acontecer no Complexo Esportivo Sarah Menezes, localizado na avenida Dr. Luís Pires Chaves, bairro Saci.

O objetivo, de acordo com a Semel, é oferecer técnicas de defesa pessoal contra qualquer ato de violência que venha acontecer. As aulas serão ministradas pelas Federações de Judô, Capoeira e Karatê.

Essa é uma ação conjunta entre a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) e o Conselho Municipal de Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CMLGBT).

Fonte: Noticias ao minuto

Família dribla desemprego com ‘drive thru’ de cuscuz na Zona Norte do Recife

Necessidade de sair das estatísticas do desemprego e a experiência na cozinha de quem é craque em pratos típicos nordestinos.Essa união foi o impulso para quatro parentes investirem em uma ideia que oferece comodidade e barriga cheia: um drive thru de cuscuz. Com apenas um mês, o ponto, que fica em Campo Grande, na Zona Norte do Recife, já tem clientes fiéis.

As irmãs Paula e Perla Andrade se uniram à prima, Glícia, e ao marido dela, Eudson, para iniciar o negócio. Todos estavam sem emprego quando decidiram unir os dons para melhorar a situação financeira. A ideia de criar o “Alzira’s Cuscuzeira” foi de Paula, que se inspirou no nome da matriarca para dar o ponta pé no empreendedorismo.

“Pensei na praticidade de quem precisa se alimentar antes de ir para o trabalho. Eu sempre vi muita gente chegando sem comer ou comendo qualquer lanche rápido. O cuscuz é uma opção para comer no ônibus, em qualquer lugar, e todo mundo gosta”, conta.

A ideia de apostar em uma venda que pode ser feita de forma rápida, acessível e apetitosa deu certo. A comida é feita no dia da venda. A família conta que vende cerca de 50 potes de cuscuz, cada um por R$ 5, a cada manhã. O pote menor, de munguzá (conhecido como canjica no Sudeste), também faz parte do negócio.

“Munguzá é uma opção mais barata e, como o cuscuz, vem em um pote térmico. Podem comer a comida na hora ou esquentar no microondas para o lanche da manhã ou no almoço”, diz Paula.

Até agora são oferecidos três recheios de cuscuz: frango, charque e carne moída. O grupo pretende aumentar o cardápio, como pedem os clientes.

Alcançar outros pontos na cidade do Recife e trabalhar sob encomenda também está nos planos. Antes mesmo de dar início às atividades, Paula fez um curso de empreendedorismo para aprimorar a ideia.

Conceição Moraes, analista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), afirma que a família Andrade está no caminho certo. Quem tem uma ideia empreendedora precisa ter coragem para começar.

“Um protótipo é uma estrutura mínima necessária para a operação da sua ideia. Depois de colocar em prática e ver se tem demanda, é hora de galgar novos espaços no mercado”, explica.

Morador é vítima de ataque de raposa em Caxias

Um morador da zona rural de Caxias, a 360 km de São Luís, foi vítima de um ataque de raposa. O homem, que não teve sua identidade revelada, foi mordido na perna no quintal da sua residência.

Segundo o diretor da Unidade de Vigilância de Zoonoses de Caxias (UVZ), Natanael Reis, o ferimento foi muito extenso. “O caso ocorreu de madrugada e a raposa estava pegando um animal dele. Nesse horário é natural que a raposa estivesse buscando o alimento, mas ela agredir não é normal. O ferimento é muito extenso, essa situação nos preocupou”, explicou.

Nos últimos meses foram registrados oito ataques de raposas contra animais e humanos. A principal preocupação da equipe de vigilância de zoonoses é por causa da raiva, que é uma doença transmitida principalmente por alguns animais e se não for tratada pode matar.

Em uma amostra de um dos animais enviada para uma análise em São Luís, a doença foi confirmada. De acordo com o diretor da UVZ/Caxias, o estado e o município fizeram uma força tarefa para identificar as causas da contaminação.

“Nós estamos aguardando que eles cheguem aqui para fazer a capacitação de todos nós, inclusive, reunindo atores dessa regional de saúde”, finalizou.

Fonte: g1.com

25% das entregas e fretes em Fortaleza são feitos com bicicletas, e 50% com motocicletas

De toda a logística urbana de cargas em Fortaleza, desde quem entrega uma pizza às mega cargas que partem em direção ao Porto do Pecém, 25% das entregas e fretes são realizadas com bicicletas, e 50% com motocicletas. Os dados preliminares são da Pesquisa Origem-Destino, que está sendo desenvolvida pela Prefeitura desde fevereiro deste ano para identificar padrões de deslocamento da população da Capital.

“Estamos numa fase preliminar, então qualquer informação de agora pode mudar no futuro, mas essas são informações muito ricas para planejarmos melhor essa questão”, explica o secretário-executivo da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Luiz Alberto Sabóia. Segundo ele, as entregas em questão incluem principalmente alimentos, medicamentos e garrafões de água.

Ciclistas e motociclistas integram, junto com os pedestres, os grupos mais vulneráveis no trânsito. Em 2018, conforme o Relatório Preliminar de Vítimas Fatais no Trânsito, 103 ocupantes de veículos motorizados sobre duas rodas vieram a óbito na Capital. Na categoria dos ciclistas, foram 23 mortos.

“Sabendo onde eles estão, podemos implantar, por exemplo, travessias de pedestres em nível elevado, semáforos para pedestres, mais ciclofaixas, áreas de retenção de motocicletas nos semáforos. Existe um conjunto de instrumentos e políticas muito mais baseados em evidências”, explica Sabóia.

Os resultados parciais da Origem-Destino também indicam que cerca de 84% dos ciclistas de Fortaleza utilizam a bicicleta para se locomover ao trabalho ou a estabelecimentos de ensino, e 88% deles possuem renda que varia de um a dois salários mínimos – de R$ 998 a R$ 1.996.

Até agora, cerca de 70% dos 23 mil domicílios do escopo já foram visitados, principalmente nas Regionais III, IV e V. O levantamento chega em breve aos bairros mais centrais da cidade. A coleta deve ser encerrada em outubro, mas depende da recepção dos pesquisadores, especialmente em condomínios fechados. Os resultados devem ser conhecidos somente no primeiro semestre de 2020.

Fonte : g1.com