LOGO-NEWS-CARIRI

80 ANOS DE DEDICAÇÃO EM EDUCAR E EVANGELIZAR NA TERRA DO PADIM

Publicidade

Salesianos em JUAZEIRO do Norte – CE é comemorado com mesa redonda e presença de pesquisadores renomados da região do Cariri

Na noite desta terça feira (23) aconteceu no auditório do Colégio Salesianos uma Mesa Redonda para debate sobre os 80 anos da presença Salesiana na cidade de Juazeiro do Norte – CE. Estiveram presentes alunos, ex-alunos, professores e ex-professores, diretores e ex diretores, além de padres, noviciados e a equipe da rádio Padre Cícero.

A mesa foi composta pelos pesquisadores Renato Casimiro, Nubia Ferreira, Raimundo Araújo, Renato Dantas, também a irmã Anette e como mediador o professor Ocelio Teixeira de Souza, todos trouxeram boas colocações sobre a chegada dos salesianos mediante a pesquisa realizada por eles.

O pesquisador, escritor e ex alunos Raimundo Araújo, afirmou que amou os cinco anos que passou no colégio e diz ainda “este colégio é um pedaço da minha vida. Eu sou um apaixonado pela obra salesiana. Eu gostaria de ser sepultado aqui.”

Já Renato Dantas qeu também é escritor e pesquisador da cultura no Cariri afirmou que o crescimento na educação e evangelização de Juazeiro deve-se a figura do padre Cícero e na chegada dos salesianos. “Eles têm uma forma diferente de levar não só a palavra, mas os exemplos de Cristo. A educação Salesiana é visível e concreta. O Salesiano sabe unir a cultura com o ensino principalmente com o uso do teatro, da música e de outras áreas.”, disse Renato.

O Salesianos possui o maior acervo pertencente ao padre Cícero e uma das discussões do evento foi a importância deles e a proposta da divulgação destes materiais para os alunos e a comunidade, foi sugerido ainda a formação de um núcleo de pesquisa.

A professora da Universidade Regional do Cariri – URCA, Nubia Ferreira publicou o livro “O colégio Salesiano em Juazeiro do Norte”, dedicou cinco anos de sua vida a pesquisas voltadas sobre o salesianos. Durante seus estudos para conclusão do doutorado afirma que encontrou surpresas pelo percursos, uma delas foi a descoberta de um documento chamado Crônicas da Casa, importante para construção de seu trabalho. Outro documento foi a Constituição Salesiana, “Foi por meio da constituição que entendeu o amor que sua mãe e seus irmãos assim como percebia nos ex alunos tinham pelo colégio.” Compreendeu esse amor por meio da constituição que teve acesso durante a produção do seu trabalho.

E ainda encerrando a fala dos presentes na mesa o professor Renato Casimiro que também foi aluno do colégio falou dos desafios e perspectivas para o Salesianos. “O colégio lhe deu régua e compasso pra traçar seu caminho.”, afirmou Casimiro.” E disse ainda que grandes nomes do Cariri passaram pelo salesianos e quem tem contribuído significativamente para o desenvolvimento da região.

O evento se estende até a quarta feira (24) com a celebração eucarística em ação de graças no Santuário do sagrado Coração de Jesus as 19h.

Um  pouco sobre os Salesianos

A Congregação dos Salesianos de Dom Bosco foi fundada em Turim, no ano de 1874. São João Bosco, reunido com um grupo de sacerdotes e irmãos, decidiram fundar uma família com regras definidas, direcionadas às atividades paroquiais, apostolado, prática de 31 caridade cristã e ensino, inspirados na vida de São Francisco de Sales (1565-1622), daí o nome de salesianos (Sales). Dom Bosco desenvolveu um sistema pedagógico considerado inovador e conseguiu reunir em torno de si um prodigioso movimento de apostolado.

Ser Salesiano de Dom Bosco, portanto, significa entrar numa congregação católica de pessoas que dedicam toda a sua vida a Deus por meio do serviço generoso aos jovens, especialmente os mais pobres e necessitados. Entra-se nesta forma de vida com a profissão dos votos religiosos, vivendo em comunidade, educando e evangelizando os jovens segundo o exemplo de Dom Bosco.

Os Salesianos de Dom Bosco (SDB) formam uma Congregação sem fins lucrativos. Sobre o trabalho dos Salesianos em Juazeiro do Norte existem poucos documentos, principalmente se levarmos em consideração a história controversa de uma cidade mística e a história do seu fundador, principal responsável local, pela vinda dessa Congregação. A vocação é ser salesiano pode ser vivida de duas formas: como irmão leigo ou coadjutor ou como Sacerdote.

Os primeiros personagens história de implantação do Colégio Salesiano em Juazeiro do Norte  são os padres: Guido Barra – Inspetoria; Provincial – padre Antonio de Almeida Agra; diretor do futuro Colégio – padre Davino; e o bispo de Crato, Dom Francisco de Assis Pires, com o intuito de que essa obra fosse elaborada em conformidade com a Diocese de Crato e aceita pela população, que, dessa forma, faria as pazes com a Igreja Católica aceitando obra que era fruto, também, da luta dessa Diocese para benefício da cidade.

Fonte: Nubia Ferreira

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas