No dia de celebração dos 172 anos de Castro Alves, casa onde poeta viveu em Salvador é vítima do abandono

Por G1 BA

Publicidade

Uma das construções de grande importância para a história de Salvador e de todo a Bahia está abandonada: o Solar Boa Vista. O imóvel, conhecido por ter sido morada do poeta Castro Alves, foi comprado pelo pai do poeta, o médico Antônio José Alves, em 1858.

O solar, localizado no bairro do Engenho Velho de Brotas, deveria estar em festa, já que nesta quinta-feira (14) é comemorado os 172 anos do nascimento de Castro Alves, entretanto, no local, os vizinhos do casarão lamentam a situação.

“Hoje é o aniversário do maior poeta do Brasil, que foi Castro Alves. É um poeta que é reconhecido no mundo todo e merece respeito. O que podemos comemorar no aniversário de Castro Alves é essa destruição, esse abandono, essa falta de respeito”, disse Jailton Ribeiro.

Apesar do legado histórico, o local, que serviu de inspiração para Castro Alves escrever o poema “A Boa Vista”, além de abandonado, apresenta problemas estruturais na parte interna, com muitos cômodos sem teto e a vegetação tomando conta do imóvel.

Além disso, o espaço, que segundo historiadores tem data de construção desconhecida, mas que já existia no final do século XVIII, têm sido ocupado por pessoas em situação de rua.

“Infelizmente está servindo de morada para moradores de rua. Tem colchão, roupa, tem tudo aqui. A nossa preocupação também é que essa casa possa desabar e as pessoas que passam por aqui podem ser vítimas”, relatou Jailton.

O abandono do Solar Boa Vista começou a partir de 2013, quando um incêndio ocorreu no local. Na época, o espaço era ocupado pela Secretaria Municipal de Educação. Mesmo sendo tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Solar Boa Vista ainda não foi recuperado.

Por meio de nota, o Iphan disse que já recebeu do Governo do Estado, responsável pelo imóvel, um projeto para restauração do casarão, e que toda a documentação precisa ser analisada. Prazos sobre análise desses documentos e início do projeto não foram informadas.

Além de residência de Castro Alves, o casarão abrigou o Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira, a Prefeitura de Salvador e, por último, a Secretaria Municipal da Educação.

O Solar Boa Vista ocupa área do parque de mesmo nome e foi sede de uma fazenda de nome Boa Vista. O prédio, de grande importância arquitetônica, foi construído em alvenaria de pedra. A planta é retangular, quase quadrada. Possui pátio interno, um saguão central com escadaria, em três lances, que conduz ao pavimento principal. A torre funcionava como um mirante.

Fonte: G1.com

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *