LOGO-NEWS-CARIRI

Williams lança carro para tentar sair do fim do pelotão com retorno de Kubica e estreia de Russell

Por GloboEsporte.com — Grove, Inglaterra
Por GloboEsporte.com — Grove, Inglaterra

Publicidade

Devido ao novo patrocinador, tradicional equipe tem nova pintura no modelo FW42 além de alterações aerodinâmicas; em 2018, time ficou na última posição no Mundial de Construtores

A Williams apresentou, na manhã desta segunda-feira, o carro com o qual tentará dar a volta por cima em 2019. Em um lançamento online, direto da fábrica da escuderia, em Grove, na Inglaterra, o FW42 foi mostrado ao mundo juntamente com o novo patrocinador da equipe britânica.

Última colocada no Mundial de Construtores de 2018, a Williams tem o segundo carro sob a gestão do diretor técnico Paddy Lowe, com grandes modificações em relação ao fracassado carro do ano passado. A começar pela pintura, que não tem mais o branco como predominante. O novo modelo perdeu as tradicionais linhas da Martini e agora ganhou mais azul na pintura.

O carro incorpora ainda as modificações impostas pelo novo regulamento, com asa dianteira mais simples e a asa traseira mais alta, defletores laterais menores e dutos de refrigeração de freios reduzidos. No mais, houve alterações internas significativas. O logo “Senna”, como de costume desde 1995, segue estampado no bico do carro.

Em 2019, a Williams terá uma dupla de pilotos totalmente nova. Robert Kubica, que disputou sua última corrida em 2010 e ficou esse tempo todo afastado por causa das lesões sofridas num acidente de rali, está de volta à F1. Ele vai dividir a equipe com o inglês George Russell, campeão da Fórmula 2 no ano passado.

Nesta semana, além da Williams, os fãs da categoria terão a chance de ver o lançamento de outros oito carros. Enquanto a Haas foi apresentada na semana passada, a Alfa Romeo será o único time a revelar seu modelo de 2019 no primeiro dia de testes da pré-temporada, já no Circuito de Barcelona, na Espanha.

Datas de lançamento dos novos carros

7 de fevereiro – Haas
11 de fevereiro – Williams
11 de fevereiro – STR
12 de fevereiro – Renault
13 de fevereiro – RBR, Mercedes (shakedown) e Racing Point
14 de fevereiro – McLaren
15 de fevereiro – Ferrari
18 de fevereiro – Alfa Romeo

Fonte: Globo Esporte.com

Leia também