LOGO-NEWS-CARIRI

Em reunião entre os três poderes e representes de entidades, Camilo Santana reafirma postura forte no combate à criminalidade

Publicidade

O presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Gladyson Pontes, também pontuou sugestões para aprimorar o sistema penitenciário. “Todos precisamos estar sintonizados. O que compete a nós, implantamos um sistema de videoconferência, facilitando a realização de audiências à distancia e agilizando o processo de transferência de presos. Tudo dentro da legislação, ganhando em economia e segurança. Sabemos que ainda há muito o que fazer. Há deficiência dentro dos presídios e precisamos construir mais salas para audiências dentro deles”.

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Beto Studart, mostrou valorização do trabalho realizado pelo Governo do Ceará durante este período. “O enfrentamento por parte do governador é digno de aplausos. Não pode existir possibilidade de recuo”.

Já o defensor público Chefe da União no Ceará, Filippe Augusto, sugeriu um maior envolvimento em nível federal num olhar cuidadoso com o Ceará. “Essa é uma situação que transcende as ações normais. Já vi casos semelhantes em outros estados. Talvez fosse o caso de acionar a bancada federal, pois às vezes é preciso alterar a legislação para agilizar as ações”.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará, Erinaldo Dantas, sugeriu reorganização do sistema penitenciário, citando o excesso do número de presos provisórios e a disponibilidade das celas em que presos de menor periculosidade dividem espaço com bandidos.

Além da vice-governadora Izolda Cela e de integrantes do secretariado estadual, participaram do encontro representantes do Tribunal de Justiça, Justiça Federal, Assembleia Legislativa, Ministério Público do Estado, Ministério Público Federal, Prefeitura de Fortaleza, Câmara Municipal de Fortaleza, Tribunal de Contas do Estado, Tribunal Regional do Trabalho, Defensoria, Advocacia Geral da União, órgãos de segurança estadual e federal (PF e PRF), entidades como Fiec, CDL, Fecomércio, OAB, ABIH, Abrasel, Sindionibus, Aprece, Instituto Brasileiro de Executivos e Finanças, Fetraece e CUT, além das universidades estadual e federal.

 Fonte: Governo do Estado do Ceará

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas