LOGO-NEWS-CARIRI

Polícia prende quadrilha acusada de realizar tráfico de drogas em Fernando de Noronha. A ilha tinha até disck drogas!

Publicidade

A Polícia Civil prendeu seis pessoas acusadas de realizar tráfico de drogas em Fernando de Noronha, cinco homens que estão na ilha,  e uma mulher na cidade de Olinda. O delegado Igor Leite cumpriu os mandados de buscas e de prisão, determinados pela Justiça. As investigações concluíram que a ilha tinha até um disck drogas.

“O nome da operação é Noronha em Paz. A droga vinha do Recife e de Natal por avião e também pelo barco. Quando a droga chegava na ilha essas pessoas faziam a comercialização. Os homens estavam num terreno de um dos acusados, no bairro da Floresta Velha. A entrega era feita por moto para quem solicitava por telefone, uma espécie de disk drogas. Dos presos, três são da Bahia, estavam trazendo da droga de lá”, informou o delegado (foto abaixo).

Delegado Igor Leite

 Na casa de um dos acusados, em Noronha, foram encontradas maconha, cocaína, balança de precisão, aparelhos celulares, material para embalagem e R$ 2.568,00 em espécie. A mulher, presa no continente, estava com um quilo de maconha, que segundo a polícia seria enviada para Fernando de Noronha nesta quarta-feira (25).

drogas Noronha

Dos presos, três são moradores da ilha, dois estavam em Noronha ilegalmente e a mulher mora no bairro de Casa Caiada, em Olinda. Um dos acusados nesta operação já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas.  A polícia acredita que ainda há mais maconha e cocaína escondida.

Segundo o delegado Igor Leite, um dos baianos trabalhava na ilha em um bar como garçom e os outros dois traziam a maconha e a cocaína. “Eu vou ouvir todos os acusados e em seguida eles serão encaminhados para o Cotel (Centro de Observação e Triagem Everaldo Luna), em Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife.  Dois dos acusados serão transferidos para o continente nesta quarta-feira (25).

Combate ao tráfico  

A Polícia Civil está intensificando o trabalho de combate ao tráfico de drogas neste segundo semestre. “A droga chega em maior quantidade na segunda metade do ano em Fernando de Noronha, por conta das festas de Réveillon. Esse é o primeiro passo para coibir, nós temos outras ações em andamento”, finalizou o delegado. G1

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas