América Latina vai crescer em 2017, mas Venezuela cairá 8%

Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe) estimou nesta quinta-feira (12) que a região crescerá 1,2% em 2017 e 2,2% em 2018, impulsionada pela produção de matérias-primas.

A economia venezuelana, no entanto, deve ter uma contração de 8% neste ano e cair 4% em 2018. Bolívia e Paraguai liderarão o crescimento na América do Sul neste e no próximo ano com 4%, seguidos pelos Uruguai (3% e 3,2%, respectivamente). O Peru também melhorará no próximo ano para 3,5%, em comparação com os 2,5% esperados em 2017.

Brasil e México, as maiores economias da região, crescerão 0,7% e 2,2% este ano, respectivamente, e 2% e 2,4% em 2018.

O PIB (Produto Interno Bruto) da Argentina registrará alta de 2,4% em 2017 e de 2,7% no próximo ano, enquanto a Colômbia crescerá 1,8% e 2,6%, respectivamente.

Os danos causados pelos furacões Irma e Maria levaram a uma revisão descendente da estimativa do PIB para o Caribe de língua inglesa ou holandesa, que crescerá em média 0,3% até 2017.

Até 2018, no entanto, espera-se aumento, com uma taxa de crescimento de 1,9%, influenciada, em alguns casos, pela reconstrução das regiões, bem como por um contexto global mais dinâmico em termos de comércio internacional.

A Cepal afirma que a capacidade dos países da América Latina e do Caribe de gerar um crescimento sustentado depende dos “espaços para adotar políticas que apoiem o investimento”, a fim de reduzir “os efeitos de choques externos e evitar consequências significativas no desempenho das economias no médio e longo prazo.”

Nesse contexto, a instituição defende impulsionar o investimento público e privado e diversificar a estrutura produtiva para gerar “maior valor agregado e incorporar tecnologia e conhecimento.” Com informações da Folhapress.

Caixa começa a pagar cotas do PIS nesta terça-feira (17)

primeira fase de pagamento das Cotas do PIS, para maiores de 70 anos, têm início na próxima terça-feira (17) para titulares de conta corrente ou poupança individual Caixa, e a partir de quinta-feira (19), para os demais beneficiários. Serão disponibilizados R$ 6,7 bilhões para 3,6 milhões de beneficiários. O valor representa 60% do total de R$ 11,2 bilhões disponível na ação especial de pagamento Cotas do PIS.

Da mesma maneira que na ação especial de pagamento das Contas Inativas do FGTS, os sistemas operacionais precisam processar um grande volume de contas e valores, havendo a necessidade de preparação para pagamento dias antes do início de cada calendário.

Entre esta quinta-feira, feriado de 12 de outubro a domingo, os pagamentos do Abono Salaria, Rendimentos e Cotas do PIS permanecerão suspensos em todos os canais, inclusive na agência na sexta-feira, em virtude da preparação dos sistemas operacionais para pagamento das Cotas do PIS por idade e aposentadoria, que inicia o calendário na próxima semana.

“A Caixa está se preparando da melhor maneira, na estratégia de atendimento e na parte operacional e tecnológica, para que os beneficiários possam ter agilidade ao procurar os canais de saque”, disse o superintendente nacional de Benefícios Sociais da Caixa, Rogério Saab. “Temos certeza que mais uma vez a Caixa irá entregar um excelente trabalho aos cidadãos”.

A Medida Provisória 797/2017 reduziu a idade para saque das Cotas PIS para 62 anos, no caso das mulheres, e 65 anos para homens. Antes pago exclusivamente por solicitação do titular em agência para aposentados, maiores de 70 anos ou herdeiros, o saldo de Cotas do PIS foi liberado para pagamento automaticamente em diferentes canais para os motivos de idade e aposentadoria.

Na terça-feira (17), cerca de 300 mil beneficiários que possuem conta corrente ou conta poupança individual no banco receberão o crédito automaticamente. Os demais cotistas com valor até R$ 1.500 poderão sacar no Autoatendimento da Caixa apenas com a Senha Cidadão, ou com Cartão Cidadão, Senha e documento de identificação nas unidades lotéricas e Caixa Aqui. Os saques de valores até R$ 3.000 podem ser feitos da mesma forma nas lotéricas, Caixa Aqui e terminais de autoatendimento.

Os valores acima de R$ 3.000 devem ser sacados nas agências, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto. O banco orienta que os trabalhadores consultem o site caixa.gov.br/cotaspis para serem direcionados à melhor opção de pagamento, antes de se dirigirem a um dos canais oferecidos.

O site exclusivo caixa.gov.br/cotaspis e o aplicativo Caixa Trabalhador funcionarão normalmente no período do feriado e final de semana. Com informações da Agência Caixa de Notícias.