LOGO-NEWS-CARIRI

Com maré baixa, populares cercam corpo de baleia encalhada em praia de Salvador; Limpurb inicia remoção

Processo de remoção do corpo da baleia foi inciada na manhã desta sexta-feira (Foto: Hildebrando do Carmo/TV Bahia)

Publicidade

Com a maré baixa em Salvador nesta sexta-feira (22), populares cercam o corpo da baleia jubarte que encalhou na região da Cidade Baixa e acompanham o trabalho de remoção do corpo do animal, que é feito pela Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb).

De acordo com a Limpurb, o serviço de retirada da baleia começou por volta das 9h30, quando a maré ficou baixa e possibilitou o acesso da equipe ao animal, na praia de Pedra Furada. A baleia encalhou na quinta-feira (21).

Conforme a Limpurb, a operação no local deve seguir até a alta da maré, durante a tarde, quando os trabalhadores precisarão parar as atividades no local.

O Projeto Baleia Jubarte, que coleta dados sobre os mamíferos no país, está a caminho da praia para fazer necrópsia do animal. Por volta das 11h, os biólogos da entidade ainda não tinham chegado.

Segundo a Limpurb, a baleia jubarte será desossada, e todo o material recolhido será encaminhado para o Aterro Metropolitano da Capital (AMC), localizado no CIA. Ainda não há previsão de quando a remoção será concluída.

A baleia foi encontrada morta a cerca de 50 metros da faixa de areia da praia da Boa Viagem, em Salvador, no final da manhã da quinta-feira. Ainda não é possível determinar o tamanho e nem o sexo do animal. As causas da morte do animal serão estudadas pelo Projeto Baleia Jubarte.

Temporada de reprodução

De acordo com o Projeto Baleia Jubarte, foram registrados 93 encalhes de baleias jubarte no Brasil até a quinta-feira. Só na Bahia, segundo a entidade, foram 38. O estado lidera o rankig de encalhes dos mamiferos no país.

Conforme especialistas, as baleias migram para o litoral baiano todos os anos para acasalar e dar à luz filhotes. A temporada de reprodução ocorre entre os meses de julho e outubro, no inverno.

Os animais são atraídos para a região por conta das águas quentes, apesar da época do ano. As aparições são mais comuns no sul do estado. Nessas regiões, é normal encontrar empresas de turismo especializadas no passeio de barco para observação de baleias.

Durante os passeios, é possível ver como os mamíferos se comportam. Especialistas dizem que, embora sejam enormes, as baleias têm um excelente senso de localização e, dificilmente, se aproximam dos barcos porque conseguem perceber a presença da embarcação à distância.

Fonte G1

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas