Izolda Cela deve deixar MEC para possível candidatura a prefeita de Sobral

Por Leonardo Henrique

A ex-governadora do Ceará, Izolda Cela (PSB), deve deixar em breve o cargo de secretária-executiva do Ministério da Educação (MEC), para uma possível candidatura a prefeita de Sobral, no norte do Ceará.

Segundo a própria Izolda, não há uma definição, mas uma ida à disputa eleitoral está dentro das possibilidades. “Já vivi isso, muitas vezes (…), o partido solicita a desincompatibilização para abrir o leque de opção”, disse.

A ex-governadora do Ceará garante que não tem “aquela deliberada intenção de ser candidata”, mas que compreende a chance como “uma convocação para determinadas tarefas e missões”.

Caso seja candidata em Sobral, Izolda tem até o dia 6 de junho para deixar as funções no MEC. Esse é o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para que ocupantes de vários cargos públicos ou militares se desincompatibilizem.

A disputa em 2024 na cidade de Sobral será pautada pela sucessão do prefeito Ivo Gomes (PSB), que está em seu segundo mandato. O irmão dele, o senador Cid Gomes (PSB), já defendeu que Izolda fosse a candidata do grupo na cidade.

,