Corpo de Bombeiros do Ceará divulga balanço da Operação Férias 2023.2 com 181 vidas salvas

Foto: Divulgação/CBMCE

Publicidade

A Operação Férias 2023.2, realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), foi concluída com um saldo positivo de 181 vidas salvas. A iniciativa, que visou prevenir afogamentos, intensificando as fiscalizações nas praias cearenses, contou com a atuação de 115 guarda-vidas entre 15 de dezembro e 31 de janeiro.

A 1ª Companhia de Salvamento Marítimo na Praia do Futuro se destacou, resgatando 165 vidas. Em Caucaia, a 2ª Companhia de Salvamento Marítimo salvou 12 vidas. No Posto Avançado de Jericoacoara, um resgate quádruplo resultou em quatro vidas salvas.

Além dos salvamentos, cerca de 35 mil prevenções foram realizadas junto aos banhistas em Aracati, Caucaia, Fortaleza e Jijoca de Jericoacoara.

Do total de vidas salvas, 122 são cearenses e de 59 turistas – um do Chile, três da Argentina, 12 do Piauí, 10 de Minas Gerais e sete do Distrito Federal; quatro do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro; três de Mato Grosso do Sul; duas de São Paulo, Goiás, Rio Grande do Norte, Pará, Pernambuco e Rondônia; e um de Roraima, Paraíba e Maranhão.

Estrutura da Operação

A Operação Férias 2023.2 distribuiu o efetivo em 23 postos, entre fixos e móveis, que funcionaram das 9h às 17h.Foram utilizadas seis viaturas 4×4, sete motos aquáticas, quatro botes salva-vidas, seis quadricíclos e duas ambulâncias de resgate.

Os guarda-vidas atuaram no resgate aquático e recuperação de afogados. As ambulâncias realizaram atendimento pré-hospitalar e transporte de vítimas para unidades médicas. Mergulhadores de resgate também ficaram em regime de prontidão para operações subaquáticas.

Dicas de segurança e orientações

Os banhistas devem sempre procurar um posto de guarda-vidas, pois os profissionais podem fornecer informações sobre as condições do mar e realizar resgates;

Nunca se deve arriscar em áreas com correnteza forte ou nadar após consumir bebida alcoólica;

Não tentar realizar um resgate sem o devido treinamento, pois isso pode colocar em risco a vida de outras pessoas;

É fundamental estar atento às “correntes de retorno”, que podem ser perigosas;

O Corpo de Bombeiros sinaliza os locais com placas para alertar os banhistas;

É importante procurar informações sobre o local, profundidade e correnteza;

Nunca deixe crianças desacompanhadas na praia;

Os postos de guarda-vidas oferecem pulseiras para crianças, facilitando a localização dos pais em caso de perda.

A Operação Férias 2023.2 foi considerada um sucesso, demonstrando a importância da atuação preventiva e do trabalho conjunto entre o Corpo de Bombeiros e a comunidade. A conscientização dos banhistas sobre os riscos do mar e a adoção de medidas de segurança são essenciais para evitar afogamentos e garantir um verão seguro para todos.

Fonte: Ascom CBMCE

Publicidade

Leia também