Ceará abriu mais de 100 mil empresas em 2023

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Publicidade

Com mais de 80 mil registros, MEIs representam 78% das empresas abertas no último ano

O Ceará apresentou 104.640 empresas registradas durante o ano de 2023, sendo 78% delas abertas por Microempreendedores Individuais (MEI), ou seja, 82.258 MEIs abertos, de acordo com o levantamento realizado pela Junta Comercial do Estado do Ceará (Jucec). O saldo de aberturas obtido por meio da diferença entre novos registros e encerramentos foi de 38.298 empresas.

Para a presidente da Jucec, Carolina Monteiro, em 2023 foi possível avançar na expansão do programa Empresa Mais Simples, que facilita a formalização de empresas, e utilizar tecnologia para aprimorar os demais serviços prestados pela Jucec. “A expectativa é que em 2024 a gente possa levar o programa aos demais municípios cearenses e proporcionar ainda mais facilidade e acessibilidade aos procedimentos de abertura de empresas no Ceará”.

Dentre toda extensão do estado, os municípios que mais se destacaram no último ano com o quantitativo de formalização de empresas foram Fortaleza, com 52.749 registros, Caucaia, com 3.923, Juazeiro do Norte, com 3.686, Maracanaú, com 3.160, e Eusébio, com 1.720. Apenas em Fortaleza foram concentradas 50% das aberturas de empresas do estado.

Caucaia e Eusébio, ambos entre os destaques de registros de empresas, foram parte do grupo de municípios que aderiram ao Programa Empresa Mais Simples em 2023, que possibilita a abertura de empresas em até 5 minutos de forma automática e gratuita. O Programa incentiva o desenvolvimento econômico e torna a formalização mais acessível.

O empreendedor Maurício Gomes abriu uma empresa de lavanderia em Fortaleza em 2023, que está há quatro meses em funcionamento. Ele conta que abriu seu novo negócio em apenas um dia, visando atender à necessidade dos turistas que estão a passeio na beira-mar e precisam fazer uma lavagem de roupa durante a hospedagem. “O processo de registro foi super simples, eu mesmo abri. Super fácil, não senti dificuldade nenhuma” conta Maurício sobre sua experiência ao registrar-se como MEI.

Os segmentos mais registrados em 2023 foram de Serviços, em primeiro lugar com 64.946, seguido por Comércio, com 31.413 e Indústria, com 8.281. As atividades mais selecionadas para registro de empresas no último ano foram Comércio Varejista de Artigos do Vestuário e Acessório, com 9.413, Promoções de Vendas, com 7.794 e Comércio Varejista de Cosméticos, Produtos de Perfumaria e de Higiene Pessoal, com 6.830.

Fonte: Ascom Jucec

Publicidade

Leia também