SDA e FIDA visitam interior do Ceará em nova missão do Projeto Paulo Freire II

Foto: Airama Miranda

Publicidade

Os secretários executivos da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA) receberam a delegação do Fundo Internacional do Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid) para a primeira etapa de elaboração do desenho do Projeto Paulo Freire II, na manhã desta segunda-feira (11), na sede da pasta estadual. Nesta semana, as delegações visitam cidades cearenses com experiências da agricultura familiar.

Até quarta-feira (13), três caravanas visitam os territórios do Sertão de Sobral e Litoral Oeste/Vale do Curu Sertão Central e Crateús/Inhamuns.

Na quinta-feira (14), as comitivas do FIDA e da Aecid, juntamente com integrantes da SDA, à frente o secretário Moisés Braz, serão recebidos pelo governador do Ceará, Elmano de Freitas, para uma audiência no Palácio da Abolição. Na sexta-feira (15), o titular da SDA recebe toda a delegação para o momento de conclusão da missão.

Nota conceitual

Em setembro deste ano, mais uma etapa da missão do FIDA foi concluída na SDA. O evento marcou o encerramento do ciclo de reuniões para elaboração e finalização da nota conceitual da segunda fase do Projeto de Desenvolvimento de Capacidades para Superação da Fome e Mitigação dos Efeitos da Pobreza e Extrema Pobreza Rural – Projeto Paulo Freire II (PPF II).

Para a segunda edição do Paulo Freire II, o investimento total previsto é de €125 milhões de euros, sendo €100 milhões de co-financiamento do FIDA (€8 milhões) / Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid) (€92 milhões) e €25 milhões de euros de contrapartida do Estado.

Agência especializada das Nações Unidas (ONU), o FIDA atua para promover o aumento dos investimentos públicos e privados na agricultura e no desenvolvimento de empreendimentos do campo com foco exclusivo na convivência com o semiárido.

Projeto Paulo Freire II

O Projeto Paulo Freire II (PPF II) é uma política pública do Governo do Estado do Ceará por meio do Acordo de empréstimo com o (FIDA) e (Aecid, executado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).

Ação de Assessoria Técnica Contínua do Estado do Ceará, executada por entidades da sociedade civil (ONGs), o projeto busca fortalecer as estratégias de convivência com o semiárido, agroecologia, segurança alimentar e nutricional, promoção da igualdade de gênero e raça/etnia e o protagonismo e expressão das juventudes rurais. Além de um intenso processo de mobilização das famílias, de valorização dos saberes dos agricultores buscando se consolidar como forma de enfrentar as causas que geram a fome e as desigualdades das populações do semiárido.

Mais detalhes do Projeto Paulo Freire II AQUI

Fonte: Ascom SDA/Glauber Sobral

Publicidade

Leia também