Mulher morre após queimadura na perna e família aponta negligência de hospital em Santana do Cariri

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Publicidade

Por Agência News Cariri

Uma mulher de 42 morreu depois de sofrer queimadura em um acidente de moto e ser atendida pelo Hospital Maternidade Senhora Sant’ana, em Santana do Cariri, no domingo (10). 

Familiares de Maria Aldísia Alexandre da Silva acusam a unidade de negligência. Ao site g1, uma testemunha disse que foi aplicada uma pomada na perna, onde a mulher sofreu a queimadura. Depois, deram à Aldísia uma injeção, e foi quando ela começou a passar mal.

Em seguida, uma das técnicas entrou numa discussão com o marido da vítima, pois ele disse que Aldísia estava passando mal e a funcionária afirmou ser mentira. Segundo o hospital, a mulher não relatou ter alergias, mas que tinha diabetes e hipertensão. 

Ainda de acordo com a unidade, a prescrição para a vítima foi de um soro fisiológico e dipirona. Após sair do hospital sem ser liberada pelos médicos, Aldísia teria apresentado náuseas e palidez, voltando ao atendimento. Ela teria sido reanimada, mas não resisitiu.

A Polícia Civil disse que o caso está sendo investigado e todos os procedimentos serão adotados, após a confirmação da causa da morte, pelo laudo pericial.

 

 

Publicidade

Leia também