Mais de 7 mil empresas são abertas no Ceará em novembro

Foto: iStock

Publicidade

O Ceará encerrou o mês de novembro com saldo positivo após o registro de 7.586 empresas apenas no último mês, o que resultou no saldo de mais de dois mil novos empreendimentos, de acordo com os dados levantados pela Junta Comercial do Estado do Ceará (Jucec).

O tempo médio para abertura de empresas em novembro foi de três horas e 18 minutos, o que representa um número 38% menor do que o mesmo mês em 2022. O valor é calculado a partir da média aritmética ponderada, considerando a data da última entrada do processo na Jucec até a sua aprovação.

A presidente da Jucec, Carolina Monteiro, comenta que a Autarquia vem trabalhando no sentido de simplificar o modelo de abertura de empresas, tirando a carga burocrática do empreendedor e convidando a investir no Ceará. “Agora, no mês de novembro, além do saldo positivo, temos também a redução ainda mais acentuada no tempo de abertura”.

Os municípios que mais se destacaram no registro de novos negócios em novembro foram Fortaleza, com 3.748, seguido por Caucaia, com 288 e Juazeiro do Norte, com 275. Caucaia, por sua vez, implementou em agosto o Empresa Mais Simples, programa que garante a desburocratização no processo de constituição de empresas.

Sobre o avanço do Programa pelo Estado, Carolina explica que a Jucec vem trabalhando em processos de simplificação desde 2017. “Este ano estamos consolidando e ampliando o Empresa Mais Simples para todos os municípios do Ceará. Aqui tem um ambiente de negócios favorável ao investimento, e acreditamos que esses números podem melhorar cada vez mais”.

As principais atividades registradas durante o mês de novembro foram a de Promoção de Vendas, registrada 641 vezes, seguida pela de Comércio Varejista de Artigos do Vestuário e Acessórios, com 633 registros, e em terceiro, Comércio Varejista de Cosméticos, Produtos de Perfumaria e de Higiene Pessoal, com 466.

Fonte: Ascom Jucec

Publicidade

Leia também