Evandro Leitão se filia ao PT em grande ato com presença de Elmano, Camilo e diversos aliados

Foto: reprodução

Publicidade

Por Leonardo Henrique

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão, se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT), em ato realizado neste domingo (17), em Fortaleza. O evento teve a presença do governador Elmano de Freitas (PT), do ministro da Educação e senador licenciado, Camilo Santana (PT), além das lideranças partidárias da base aliada do Governo.

Um dos nomes cotados para disputar a prefeitura de Fortaleza, agora no PT, Evandro, no entanto, evitou tratar sobre o assunto. “Pré-candidatura nós vamos discutir num momento posterior, num momento oportuno com nossas lideranças. Não se tem candidatura de uma pessoa, de uma cara, se constrói uma identidade com um grupo de pessoas que tem um pensamento que converge”, declarou.

Atualmente, o partido conta com outras três pré-candidaturas: a da ex-prefeita e deputada federal Luizianne Lins e as dos deputados estaduais Larissa Gaspar e Guilherme Sampaio. 

Os discursos feitos por outros líderes durante o ato de filiação defendiam que o PT marche unido na disputa ao paço municipal fortalezense no ano que vem. A eleição na capital deve entrar para a história como uma das mais acirradas.

Rompidos politicamente em Fortaleza, cuja cisão se firmou ainda mais após as eleições estaduais de 2022, PT e PDT, cujo pré-candidato à reeleição é o atual prefeito, José Sarto, devem protagonizar uma disputa com desdobramentos intensos.

No campo da direita, três nomes já apresentaram suas pré-candidaturas: Capitão Wagner (União), que tentará, pela terceira vez, alcançar a prefeitura de Fortaleza; o deputado federal André Fernandes (PL); e o senador Eduardo Girão (Novo).

Publicidade

Leia também