Ceará é o primeiro do Nordeste com melhor desempenho na vacinação bivalente contra Covid-19 e o terceiro do País

Foto: Thiago Gaspar

Publicidade

O Ceará atingiu a posição de primeiro do Nordeste com o melhor desempenho na vacinação bivalente contra a covid-19, com 17,72% de cobertura e 1.544.216 doses aplicadas. O estado é o terceiro do País no mesmo ranking, atrás apenas do Distrito Federal e São Paulo, estando ainda à frente da média nacional, que registrou 15,84% de cobertura da bivalente. A vacina bivalente promove a imunização para novas variantes do coronavírus, além da cepa original.

As informações foram divulgadas na “Apresentação dos dados de vacinação e ações para ampliar a cobertura vacinal no Brasil”, realizada pelo pelo Ministério da Saúde (MS), na última terça-feira (19). “Nosso destaque, em relação a bivalente, reflete a intensa mobilização realizada pelo estado e municípios, desde o início de dezembro de 2023, com o alerta do cenário epidemiológico da covid-19 e a identificação das novas variantes”, explica a coordenadora de Imunização da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Ana Karine Borges.

Gráfico da cobertura vacinal bivalente, contidos na Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) e atualizados no dia 20 de dezembro de 2023, às 6h

“Várias estratégias de vacinação foram realizadas pelas equipes de saúde para garantir o aumento dos índices de cobertura vacinal, como os Dias Ds de vacinação, buscas ativas, atividades extramuros. Construímos campanhas de vacinação para cada território do Ceará, considerando o cenário e a realidade de cada região. As ações de vacinação continuarão sendo intensificadas e todos os municípios estarão recebendo novas remessas de doses de vacinas para dar continuidade às atividades programadas”, contextualiza a coordenadora.

Recuperação das coberturas vacinais em crianças

Além da vacinação Covid-19, o Ceará apresentou avanços nos índices de vacinação de rotina de crianças se comparado ao cenário do ano anterior, com destaque para a cobertura vacinal contra febre amarela, tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola), poliomielite, DTP (contra difteria, tétano e coqueluche).

O estado também é destaque, como aquele que mais vacinou contra varicela (89,09% da cobertura vacinal) e a segunda dose da tríplice viral (81,52%). “Obtivemos bons resultados na cobertura de vacinação. Estamos acima da média nacional em praticamente todos os imunizantes do Calendário Nacional de Vacinação. Os resultados apresentados nos alegram, porque revela o esforço do Estado, municípios e profissionais de saúde em retomar as grandes coberturas, que tradicionalmente nós tínhamos. Dessa forma, o Ceará está novamente se aproximando das metas de cobertura”, conclui o secretário Executivo de Vigilância em Saúde, Antônio Lima (Tanta).

Fonte: Ascom Sesa/Levi Aguiar

Publicidade

Leia também