Prefeitura de Juazeiro do Norte entrega Diagnóstico Situacional da Criança e do Adolescente ao Ministério Público

Foto: Divulgação/Prefeitura de Juazeiro do Norte

Publicidade

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho – SEDEST, entregou nessa segunda-feira, 20, ao Ministério Público, o Diagnóstico Situacional da Criança e do Adolescente no município.

O órgão esteve representado pelo Promotor Flávio Côrte Pinheiro de Sousa, da 13ª Promotoria de Justiça do município.

Na ocasião, o representante do Ministério Público comentou sobre as finalidades do documento recebido. “É fundamental um documento dessa natureza, tendo em vista que é feito um levantamento. E como o nome diz, é um diagnóstico da situação atual para que, a partir daí, os gestores possam tomar as melhores decisões visando efetivar os direitos das crianças e dos adolescentes. Então, também é documento muito importante para o Ministério Público, porque aqui se tem um retrato de como está estruturada essa rede no ano de 2023. Para que a gente possa, não só se aprofundar no conhecimento dessa rede, como também, expedir recomendações visando o aprimoramento dos serviços”, avalia.

O Diagnóstico é oriundo de um projeto submetido ao Itaú Social em 2021, executado em 2022 e entregue agora, neste ano. Ao todo, o projeto abrangeu 12 meses de execução, para chegar ao produto final. Esse diagnóstico tem o objetivo de conhecer a realidade para ampliar a garantia de direitos das crianças e adolescentes em Juazeiro do Norte.A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho – SEDEST, entregou nessa segunda-feira, 20, ao Ministério Público, o Diagnóstico Situacional da Criança e do Adolescente no município.

O órgão esteve representado pelo Promotor Flávio Côrte Pinheiro de Sousa, da 13ª Promotoria de Justiça do município.

Na ocasião, o representante do Ministério Público comentou sobre as finalidades do documento recebido. “É fundamental um documento dessa natureza, tendo em vista que é feito um levantamento. E como o nome diz, é um diagnóstico da situação atual para que, a partir daí, os gestores possam tomar as melhores decisões visando efetivar os direitos das crianças e dos adolescentes. Então, também é documento muito importante para o Ministério Público, porque aqui se tem um retrato de como está estruturada essa rede no ano de 2023. Para que a gente possa, não só se aprofundar no conhecimento dessa rede, como também, expedir recomendações visando o aprimoramento dos serviços”, avalia.

O Diagnóstico é oriundo de um projeto submetido ao Itaú Social em 2021, executado em 2022 e entregue agora, neste ano. Ao todo, o projeto abrangeu 12 meses de execução, para chegar ao produto final. Esse diagnóstico tem o objetivo de conhecer a realidade para ampliar a garantia de direitos das crianças e adolescentes em Juazeiro do Norte.

Publicidade

Leia também