Escola Odorina Castelo Branco recebe abertura da Semana Nacional de Conciliação em Juazeiro do Norte

Foto: Brendon Belchior

Publicidade

Estudantes da Escola Municipal Dona Odorina Castelo Branco Sampaio participaram nesta segunda-feira, 6, da solenidade de abertura da 18ª Semana Nacional de Conciliação 2023, que será realizada até o próximo dia 10, com programação especial. O evento, que é organizado pelo Centro Judiciário de solução de conflitos e cidadania do Cariri, e conta com a parceria da Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Educação.

Com a temática “Comunicação assertiva e a inteligência emocional na gestão de conflitos”, o momento tem como objetivo promover a conscientização, sensibilização e fomento aos Métodos Adequados de Solução de Conflitos através da educação. A abertura da cerimônia foi realizada pela fanfarra da unidade escolar, que entoou o Hino do Munícipio.

Durante o encontro foi abordado como a adoção das práticas de Círculos de paz, comunicação assertiva, mediação, através dos métodos adequados de resolução de conflitos e a construção da comunicação não violenta e cultura de paz, são ferramentas pedagógicas capazes de promover a pacificação e construção de uma nova sociedade.

O Prefeito Glêdson Bezerra destacou a fundamental importância da temática para o debate em sociedade, onde sempre o diálogo e o respeito devem prevalecer entre as relações, e não cultuar a violência em suas diferentes formas. “A conciliação de conflitos é uma ação permanente e temos sempre a obrigação de evoluir, buscar a resolução através do diálogo, da comunicação, e isso começa por meio da educação, na conscientização e prevenção”, pontuou.

A secretária de Educação, Pergentina Jardim, pontuou que a iniciativa traz a reflexão sobre condutas não violentas no ambiente escolar, estimulando o diálogo e a escuta ativa.

A juíza Samara de Almeida falou sobre como a cultura da paz deve ser compreendida em um diálogo contínuo e permanente entre família e escola. Ela ressaltou, ainda, o papel transformador que o educador tem na formação de crianças e adolescentes.

O encontro contou com palestras da Profa.Alexsandra Macedo Anastácio e do Dr. Jair Rodrigues, que abordaram temas como a comunicação assertiva e inteligência emocional, bem como Gestão de conflitos e a nova abordagem educacional, respectivamente.

O momento dá início a atuação do Projeto – Escola Modelo Cultura de Paz- Desenvolvimento Humano, Formação de Educadores, Mediadores Judiciais e Construção de Círculos de Paz e Comunicação Não violenta.

Estiveram presentes, também, a Coordenadora do centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania Regional do Cariri, Amanda Anastácio, o presidente da Ordem de Advogados do Brasil – Subsecção Juazeiro, Vavá Lemos, e a chefe de Gabinete, Sandra Cavalcante.

Publicidade

Leia também