Para perseguir o vice, prefeito de Potengi está disposto a perder R$ 280 mil em pavimentação

Publicidade

Edson Viriato e Humberto dos Barreiros estão em fase de rompimento

O prefeito de Potengi, Edson Veriato, deve perder R$ 280 mil em recursos do MAPP (Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários) para pavimentação na zona rural do município. Os recursos expiram nesta sexta-feira, 1º, caso não seja paga taxa de licenciamento ambiental, estipulada em R$ 400 reais pela Semace (Secretaria de Meio Ambiente do Ceará).

Os recursos, oriundos da Secretaria das Cidades, seriam destinados a pavimentação em dois trechos do sítio Carcará. Segundo informações, Edson Veriato estaria disposto a perder o recurso por motivações políticas. Os recursos foram articulados pelo vice-prefeito, Humberto dos Barreiros, com quem Edson estaria em fase de rompimento.

O vice-prefeito avisou que vai reunir a comunidade do sítio Carcará, caso o convênio expire, para explicar os reais motivos do calçamento não vir. A tensão pode ser o estopim para assumirem o rompimento. Sem ter nada com a tensão política, a população do Carcará espera o benefício.

Fonte: CN7

Publicidade

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

3073C881-B9D1-475B-8DB1-34F55FB87061
25AFD2D6-B201-4EB9-AB79-497BD30A6E8B

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas