Prefeito de Assaré, Libório Leite, é recebido por Izolda Cela no Abolição

O prefeito de Assaré Libório Leite foi recebido, nesta quinta-feira (12), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, pela governadora Izolda Cela (PDT). Na ocasião, o gestor esteve ladeado do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Fernando Santana (PT).

“Conversamos sobre políticas públicas e melhorias para Assaré. O diálogo com o Governo do Estado é um importante alicerce da nossa gestão, e é por meio dele que seguimos fortes pelo desenvolvimento do nosso município”, escreveu Libório Leite, em publicação nas redes sociais.

Além do encontro com Izolda e Fernando, Libório conversou com os prefeitos de Crato (Zé Ailton Brazil), Barbalha (Guilherme Saraiva) e de Mauriti (João Paulo).

Lei que amplia prevenção de câncer em mulheres pelo SUS é sancionada

Foi sancionada, nesta semana, a Lei nº 14.335 que amplia a prevenção, a detecção e o tratamento dos cânceres de colo uterino, de mama e colorretal em mulheres.

Mulheres a partir da puberdade terão direito a fazer os exames mamografia, citopatologia e colonoscopia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Antes, esses procedimentos eram oferecidos para mulheres a partir de 40 anos.

A publicação ocorreu no Diário Oficial da União (DOU), na terça-feira (10), e a lei entra em vigor em 180 dias.

A lei anterior garantia para as mulheres com deficiência as condições e os equipamentos adequados para o atendimento em relação a essas doenças. Com as mudanças, esse direito fica estendido às mulheres idosas.

O texto amplia o rol de procedimentos que devem ser ofertados para diagnóstico dos cânceres e deixa de fazer referência especificamente aos exames citopatológicos e mamográficos. O exame para detectar o câncer colorretal não estava entre as ações de prevenção para mulheres, no SUS e,  agora, será incluído.

A lei dá ao médico a permissão de solicitar a substituição ou complementação dos exames.

Fonte: Agência Brasil/EBC

‘Ninguém e nada vai interferir na Justiça Eleitoral’, afirma Fachin

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Edson Fachin, afirmou, nesta quinta-feira (12), que “ninguém e nada” vai interferir nas eleições presidenciais deste ano. O magistrado destacou, também, que o pleito eleitoral diz respeito à “população civil” e “forças desarmadas”.

“O Brasil terá eleições limpas e seguras, com paz e segurança, no dia 2 de outubro. Ninguém e nada interferirá na Justiça Eleitoral. Nós não admitiremos, do ponto de vista da Justiça Eleitoral, qualquer circunstância que óbice a manifestação da vontade soberana do povo brasileiro de escolher seus representantes”, disse Fachin.

As eleições presidenciais deste ano têm como principais candidatos Jair Bolsonaro (PL), o atual chefe do Executivo, que buscará a reeleição, e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O primeiro turno está marcado para 2 de outubro. Um eventual segundo turno ocorrerá no dia 30 do mesmo mês. O eleito será diplomado até 19 de dezembro. Segundo Fachin, “quem vai ganhar as eleições 2022 no Brasil é a democracia”.

As declarações foram feitas pelo presidente do TSE durante visita ao local em que estão sendo feitos os testes de ataques às urnas eletrônicas. Recentemente, as Forças Armadas enviaram uma série de sugestões para contribuir com o sistema eleitoral, que é constantemente atacado pelo presidente Bolsonaro.

“A contribuição que se pode fazer é de acompanhamento do processo eleitoral. Quem trata de eleições são forças desarmadas. Portanto, as eleições dizem respeito à população civil, que de maneira livre e consciente escolhe seus representantes”, relatou.

“Diálogo, sim. Colaboração, sim. Na Justiça Eleitoral, quem dá a palavra final é a Justiça Eleitoral. A Justiça Eleitoral está aberta a ouvir, mas jamais estará aberta a se dobrar, a quem quer que seja”, completou.

Questionado sobre a declaração de que quem põe em xeque o sistema eleitoral não confia na democracia ser uma indireta a Bolsonaro, Fachin disse que “não manda e não recebe recado de ninguém”.

“Quem investe contra o processo eleitoral investe contra a Constituição e a democracia. Isso é um fato, e fatos falam por si só. Quem defende ou incita intervenção militar está praticando ato que afronta a Constituição e democracia”, disse.

Testes

Como o R7 mostrou, os investigadores vão repetir os planos de ataque do último Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação, feito em novembro de 2021. Na ocasião, 26 investigadores realizaram 29 planos contra as urnas eletrônicas. Somente cinco deles tiveram algum tipo de “achado”. As tentativas mais comuns foram de alteração do software da urna, mudança do resultado da eleição ou violação do sigilo do voto.

O TSE realiza agora a nova fase, chamada de Teste de Confirmação, para avaliar as soluções apresentadas pelos técnicos para sanar as vulnerabilidades identificadas. Segundo a Corte, “nenhum dos achados conseguiu atingir potencial para uma modificação de voto”.

No primeiro dia do teste, os investigadores se prepararam para analisar as soluções inseridas no sistema para resolver as questões verificadas em cinco dos 29 planos de ataques feitos em 2021.

A avaliação sobre possíveis ataques às urnas ocorre em meio aos comentários feitos por Bolsonaro contra o sistema eleitoral. Durante live, o presidente disse que o equipamento é “penetrável”, apesar de não apresentar provas e de reconhecer que não é “perito em informática”. Recentemente, o chefe do Executivo tem usado as Forças Armadas na discussão eleitoral.

Em 2021, o TSE criou a Comissão de Transparência das Eleições, um colegiado formado por membros da Câmara dos Deputados, do Senado, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), de outros órgãos públicos e da sociedade civil e também das Forças Armadas, que enviaram uma série de sugestões para contribuir com o aperfeiçoamento da segurança e da transparência das eleições. As recomendações foram rejeitadas pelo TSE.

Em relatório técnico, a Corte aponta erros de cálculo no documento enviado pelos militares para questionar a segurança das urnas e afirma que várias das medidas indicadas como necessárias para ampliar a integridade do pleito já são adotadas.

Fonte: R7

Programa da Guarda Municipal promove segurança aos estudantes em Juazeiro

Os estudantes da rede municipal de ensino de Juazeiro do Norte contam com o mais novo programa de proteção executado pela Guarda Civil Metropolitana. O programa Ronda Operacionais de Prevenção Escolar-ROPE, desenvolvido pela Secretaria de Segurança Pública e Cidadania – SESP, atua com palestras educativas e com rodas ostensivas no entorno das unidades escolares.

Já as rondas no entorno das escolas, estão relacionadas à proteção dos estudantes, evitando abordagens indevidas, furtos e roubos, e até mesmo o oferecimento de drogas.

A intenção, conforme o comandante da GCM, Josimar Correia, é promover a aproximação e conscientização dos estudantes. Os diretores e coordenadores das escolas podem solicitar a atividade junto ao comando da Guarda.

O trabalho ocorre de forma contínua e a intenção é abranger todas as unidades escolares de Juazeiro.

Três categorias de ingresso do festival Expocrato já estão esgotadas

Em pouco mais de 12h após o início das vendas, o Passaporte do Camarote Premium, o individual do Camarote Premium do sábado (16/07) e o individual do Camarote do Rei do mesmo dia viraram o lote. A partir das 15h desta quinta-feira, 12, os ingressos passam a ser adquiridos já pelo valor do segundo lote.

Para garantir os demais dias no valor promocional do primeiro lote, assim como os dias citados ainda no segundo lote, o público deve correr! As vendas são de forma online e presencial nas cidades de Crato e Juazeiro do Norte.

INFORMACÕES IMPORTANTES

– Como forma de garantir a segurança de todos, será cobrado o comprovante de vacinação na entrada do festival para todos os setores.
Será possível adquirir até 08 ingressos, por dia ou 8 passaportes por CPF/compra.

PONTOS DE VENDA OFICIAIS

Online – Bilheteriavirtual.com

Lojas Físicas

– Crato: rua Dr. João Pessoa, Mandacaru Center n° 494 com funcionamento de segunda a sexta das 10h às 18h e aos sábados das 10h às 13h.

– Juazeiro do Norte: Cariri Garden Shopping Loja 41 – com funcionamento de segunda a sexta das 10h às 22h e aos domingos das 13h às 20h

Informações sobre ingressos e lotes: festivalexpocrato.com.br e @festivalexpocrato

 

FORMAS DE PAGAMENTO

– Lojas Físicas – cartão de débito, cartão de crédito e pix
– Online – cartão de crédito e pix

*Paras as compras no site é cobrada uma taxa conveniência é de 5%.
*Parcelamento em até 6x sem juros no cartão de crédito, sem restrição de bandeira.

Mais de 2.700 bebês cearenses foram registrados apenas com o nome da mãe em 4 meses

De janeiro a abril deste ano, mais de 2.700 bebês foram registrados apenas com o nome da mãe na certidão de nascimento no Ceará, conforme dados divulgados na terça-feira (10) pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil).

Das mais de 37.300 crianças nascidas este ano no Estado até o mês passado, 2.713 foram registradas sem o nome do pai. O número é o maior dos últimos cinco anos e representa um aumento de 16,8% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 2.322 recém-nascidos foram registrados apenas com o nome da mãe.

O aumento é ainda maior se comparado com janeiro a abril de 2018, que teve 2.197 crianças com o nome do pai ausente. Um crescimento de 23,4% este ano em relação ao período.

VEJA OS DADOS DO CEARÁ DE JANEIRO A ABRIL DOS ÚLTIMOS CINCO ANOS:

  • 2022: 2.713 recém-nascidos apenas com o nome da mãe na certidão
  • 2021: 2.322
  • 2020: 2.232
  • 2019: 2.575
  • 2018: 2.197

 

O crescimento acompanha a tendência nacional deste ano, com quase 57 mil brasileiros recém-nascidos registrados somente pela mãe nos quatro primeiros meses deste ano. O número representa 6,6% do total de registros, o maior percentual de pais ausentes no registro de nascimento comparado ao mesmo período de anos anteriores.

‘Ele quer ser registrado no nome do pai’

A dona de casa Daniele Araújo passa pela situação com dois dos quatro filhos, que possuem apenas o nome dela no registro.

“O meu primeiro, o mais velho, foi pelo fato do pai dele na época não ter o registro aqui e tinha uma dificuldade dele ir para o interior para poder pegar. Acabou que ele é registrado só no meu nome, até hoje”, relata Daniele.

A mulher está em busca resolver a situação após a cobrança do filho, que quer ter o sobrenome do genitor. “No nosso ver é só um documento, só que para ele não, para ele está fazendo diferença. Ele quer ser registrado no nome do pai dele. Aí a gente vai correr atrás por causa dessa cobrança dele”, disse a dona de casa.

Para a subdefensora pública geral do Ceará, Sâmia Farias, os motivos para a falta do nome do pai nos registros de nascimento são os mais diversos.

“A própria pandemia, os momentos de lockdown, que as crianças recém-nascidas estavam ali com as mães em estado puerperal e o pai não tinha o contato direto com aquela genitora e eles não se dirigiam aos cartórios ou as instituições, como a Defensoria Pública, para efetuar também essa regularização da certidão de nascimento”, disse Sâmia Farias.

A subdefensora ressalta que em qualquer momento da vida um pai pode reconhecer um filho e registrá-lo, mas nos casos dos homens que se negam, a mãe da criança pode acionar a Justiça e abrir um processo de investigação da paternidade.

“A Defensoria Pública, através de seus núcleos de peticionamento inicial, faz esse pré-atendimento para entender toda aquela relação familiar envolvida e, a partir daí, ver todos os encaminhamentos possíveis. Se é possível uma audiência de acordo, se é necessário a realização de um exame de DNA ou se não é possível. Se necessário o ajuizamento de ações a gente aciona o judiciário e após todo processo finda com o reconhecimento ou a investigação de paternidade”, afirma Sâmia.

Fonte: G1

Fiocruz alerta para aumento de síndromes respiratórias graves no Ceará

Novo Boletim do InfoGripe, divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nesta quinta-feira, 12, aponta para possível alta de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Ceará e em Fortaleza. Os indícios de crescimento entre a população adulta vinham sendo apontados pela instituição para outras unidades federativas e agora chegam ao Estado.

Além do Ceará, a atualização do monitoramento indica sinal de crescimento nos casos de SRAG em outros 16 estados: AC, AL, AM, AP, MA, MS, MT, PA, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC e TO. Em Minas Gerais, há sinal de crescimento apenas na tendência das últimas três semanas. Os demais apresentam tendência de estabilidade ou queda.

Referente à Semana Epidemiológica 18 (período de 1º a 7 de maio), o estudo tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 9 de maio.

Vírus e faixa etárias

No agregado nacional, observa-se cenário inicial de crescimento no número de casos semanais em todas as faixas etárias da população adulta. Nas crianças e adolescentes observa-se manutenção do sinal de queda nos grupos de 5 a 11 e 12 a 17 anos. Já entre as crianças de zero a 4 anos há “estabilização em patamar elevado”.

Dados laboratoriais apontam que, no grupo de zero a 4 anos, os casos seguem sendo fundamentalmente associados ao vírus sincicial respiratório (VSR). O vírus é responsável por 41,2% dos casos diagnosticados em toda a população e por 8,5% dos óbitos.

Na população adulta o predomínio entre os resultados positivos continua sendo do coronavírus. Em todo o País, 37% dos casos diagnosticados em laboratório foram Covid-19. A doença é responsável por 81,6% das mortes.

Os vírus Influenza A e Influenza B também circulam no Brasil, mas em proporção menor. São responsáveis, respectivamente, por 2,9% e 0,5% dos casos.

O pesquisador Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe, aponta que diante do cenário recomenda-se atenção especial na rede laboratorial a fim identificar quais vírus estão associados a essa mudança de tendência, em particular para diferenciação entre casos de Sars-CoV-2 (Covid-19) e Influenza A (gripe). “No momento, os casos de Covid-19 seguem sendo a principal causa entre os casos com identificação laboratorial na população adulta”, afirma. A estimativa é de cinco mil casos de SRAG em todo o Brasil na primeira semana de maio.

Fonte: O POVO

Facebook terá centro de operações para acompanhar eleições no Brasil

A Meta, empresa que gerencia o Facebook, Instagram e WhatsApp, informou que vai montar um centro de operações com especialistas para monitorar as eleições no Brasil em outubro deste ano. De acordo com a companhia, o foco será no combate a eventuais ataques contra o pleito, na remoção de contas robóticas e na remoção de conteúdo com informações falsas.

O centro contará com profissionais da empresa que atuam no Brasil e na sede, nos Estados Unidos. A Meta informou que atua em conjunto com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e que também receberá denúncias sobre violações de regras por parte da Justiça Eleitoral, por meio de um canal exclusivo.

A agente do Programas de Resposta Estratégica da Meta América Latina, Debs Delbart, afirmou que ainda não existe uma data para que o centro de operações comece a funcionar, mas que isso vai ocorrer perto do dia da votação.

“Quando se tem maior proximidade nas eleições, montamos o centro de operações. Será um time grande de especialistas que ficam tanto nos EUA, na nossa sede, quanto uma parte aqui no Brasil, trabalhando em tempo real”, disse.

“Já existe um grupo bem grande trabalhando nas eleições de 2022 há meses. Contamos com o apoio de outros especialistas que trabalharam em outras eleições. Por exemplo, tivemos agora as eleições nas Filipinas”, disse Debs, em um comunicado à imprensa encaminhado nesta quinta-feira (12).

O centro de operações também foi montado nas eleições de 2018, sendo a primeira inciativa do tipo. No entanto, a parceria para com a Justiça Eleitoral para receber denúncias sobre irregularidades é uma iniciativa inédita.

“Pela primeira vez, com Facebook e Intagram, teremos um canal de denúncias com o TSE. O TSE vai nos mandar conteúdos que eventualmente violam nossa políticas de qualidade. Se tiver alguma violação, vamos remover esse conteúdo”, completou.

“As nossas políticas valem para todas as pessoas. Se a gente tiver uma figura pública violando nossas regras, vamos remover. Não temos nenhuma preferência”, declarou Debs. O Facebook afirma que 75% das contas inautênticas (autônomas), que não representam pessoas reais, são derrubadas sem que ocorram denúncias.

Dario Durigan, head de políticas públicas do WhatsApp, afirmou que “75% das contas autônomas são excluídas sem a necessidade de denúncia”. A equipe de segurança, para aplicação das políticas da Meta, em todo o mundo, envolve 40 mil pessoas. Atualmente, 3,7 bilhões de pessoas utilizam as plataformas da empresa todos os meses – são 2,9 bilhões por dia, diz a empresa.

Fonte: R7

Juazeiro assina termo de adesão ao Projeto Educar PRF

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Educação, e em parceria com a Polícia Rodoviária Federal realizou nesta quarta-feira, 11, a assinatura do termo de adesão ao Projeto Educar PRF, que será desenvolvido em sete escolas da Rede Municipal de Ensino.

O Projeto tem como objetivo orientar e conscientizar sobre a importância do papel de todos na difusão de boas práticas no trânsito, visando o respeito, a segurança e a cidadania. O Educar PRF estimula as ações educativas para enfrentar a violência no trânsito buscando promover a discussão da temática no ambiente escolar, junto aos alunos e núcleo gestor.

Diretores administrativos das unidades escolares pactuadas com o projeto receberam as primeiras orientações e palestra ministrada por policiais rodoviários federais, a fim de dialogar como o projeto será executado na rotina escolar.

Izolda Cela anuncia pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais para o próximo mês

Por meio de uma transmissão ao vivo nas redes sociais, a governadora do Ceará, Izolda Cela, anunciou que será paga a primeira parcela do 13º salário dos servidores do Estado, tanto para os que estão em atividade, quanto aos aposentados.

“Temos um compromisso fundamental com os nossos servidores, e é com imensa satisfação que anunciamos a liberação do pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais para o dia 17 de junho”. Segundo ela, a medida beneficia mais de 160 mil servidores, tanto os que estão em atividade, quanto os aposentados, de todos os poderes e órgãos. A folha do Estado representa cerca de R$ 1,33 bilhão, conforme Izolda. Com o acréscimo superior e R$ 500 mil, a repercussão financeira chega quase a R$ 2 bilhões circulando na economia em junho.

“É uma medida importante para as pessoas poderem fazer seu planejamento, se organizarem em seus orçamentos. E é essencial para a economia, pois é mais dinheiro circulando sendo utilizado em serviços, em comércios, e esse é um circuito que precisa estar sempre ativo para promover esse vigor econômico que tanto desejamos”, pontuou a chefe do Executivo estadual.

Equilíbrio

A governadora ressaltou que essa boa notícia é resultado de reuniões que teve com a sua equipe de Governo nos últimos dias, envolvendo as secretarias da Fazenda e do Planejamento e Gestão, responsáveis pelo equilíbrio fiscal e boa organização das contas do Estado. “Por isso somos capazes de cumprir os nossos compromissos, nossas obrigações, investindo e fazendo chegar para as pessoas os serviços importantes que a população precisa. E sempre mantendo nossos pagamentos em dia, sem turbulência”, finalizou.

Fonte: Governo do Ceará